50 anos de Fatal – Gal a todo vapor: Assucena homenageia álbum com o show “Rio e também posso chorar” no Sesc Belenzinho

A cantora, compositora e intérprete Assucena apresenta na próxima sexta-feira, 03 de junho, às 20h30Rio e também posso chorar no Sesc Belenzinho, em São Paulo. No show que marca a estreia de sua carreira solo, a artista celebra os 50 anos de lançamento do álbum Fatal – Gal A Todo Vapor com releituras e versões criadas especialmente para o espetáculo. Os ingressos para o show estão à venda no Portal do Sesc São Paulo.

 

Inspirada tanto pela poesia e beleza das canções que compõem o álbum quanto pela postura política que Gal, Jards Macalé e Waly Salomão imprimem em FatalAssucena apresenta ao público um show emocionante e provocativo. “A obra homenageada emerge de um dos períodos mais sombrios da história brasileira e que ainda se faz contemporânea, pelo teor de autoritarismo e obscurantismo que ainda  nos assombra. Esse projeto é sobre a composição de um canto e de um corpo livre de uma mulher-trans em tempos de ataque à dignidade humana e à democracia. É uma releitura na qual vou imprimir meus traços e minhas pesquisas sonoras também”, conta a artista.

 

Fatal – Gal A Todo Vapor foi um dos primeiros discos duplos da discografia brasileira. Gravado ao vivo no Teatro Tereza Raquel (Rio de Janeiro), sob recursos limitados de captação, Fatal apresenta tropeços e microfonias como um retrato acurado de uma rebeldia magistral. Não à toa, é tido como um dos marcos musicais da contracultura brasileira durante o regime militar.

 

“Quando eu me encontrei com essa obra, eu me reencontrei como cantora e como artista. Meu coração vagabundo finalmente achou morada numa expressão sincera e arrojada de uma de nossas maiores intérpretes. ‘Gal sempre me trata com choques elétricos…’, como bem disse Tom Zé. Ali, naquele ‘Vapor Barato’ eu pude aprender a ser visceral e ser delicada; pude ser guitarra e violão sincopado; pude ser a ‘Falsa Baiana’ de Geraldo Pereira, embora seja verdadeiramente uma baianíssima de um sertão que ainda espera ser mar”, celebra Assucena.

 

“Quero ter o prazer de homenagear Gal e Fatal, por eu ter feito de mim, uma mulher que medita a respeito de minha época, de meu corpo, de minha voz e que deseja cantar um Brasil com o propósito da memória, da formação da consciência e do reencontro com suas raízes, mas também de sua contemporaneidade”, revela a artista.

 

Acompanham a cantora os músicos Rafael Acerbi (direção musical, guitarra e violão); Bianca Predieri (bateria e programação) e Beatriz Lima (baixo).

 

Sobre Assucena 

 

A cantora, compositora e intérprete ficou conhecida pelo trabalho desenvolvido durante seis anos com a banda “As Baías”, projeto com o qual foi indicada duas vezes ao Grammy Latino (2019 e 2020) e conquistou duas categorias no 29º Prêmio da Música Brasileira. Neste ano de 2022, Assucena lançou os primeiros singles da carreira solo: a canção autoral “Parti do Alto” e uma releitura-homenagem de “Ela”, gravada por Elis Regina há 50 anos. Seus primeiros trabalhos nesta nova fase têm sido muito bem recebidos pelo público e pela crítica especializada. Nascida e crescida no sertão da Bahia, Assucena constrói sua identidade artística a partir das influências da música baiana – em especial o Tropicalismo -, assim como das mais variadas vertentes da música popular brasileira, em composições e interpretações que dialogam com ritmos diversos como o samba, o rock e a música pop contemporânea. 

***

ASSUCENA
Dia 3 de junho de 2022. Sexta 20h30

 

Local: Comedoria (160 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Plena do Sesc)
Recomendação etária: 18 anos
Duração: 75 minutos

 

SESC BELENZINHO


Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700
sescsp.org.br/Belenzinho

 

Estacionamento
De terça a sábado, das 9h às 21h. Domingos e feriados, das 9h às 18h.

 

Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional.

 

Para espetáculos pagos, após as 17h: R$ 7,50 (Credencial Plena do Sesc – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo). R$ 15,00 (não credenciados).

 

Transporte Público


Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m)

 

Sesc Belenzinho nas redes

Facebook | Instagram | YouTube: @sescbelenzinho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: Assessoria de Imprensa Sesc Belenzinho

#SIGA NO INSTAGRAM
Hoje (09/07), é aniversário do brilhante ator e produtor Tom Hanks @tomhanks que completa 68 anos.

#tomhanks #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (09/07), é aniversário do cantor e compositor Jack White @officialjackwhite que completa 49 anos.

Fundador das bandas The White Stripes e The Raconteurs

#jackwhite #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (09/07), é aniversário do cantor, compositor e vocalista da banda Siimple Minds @simplemindsmusic Mr. Jim Kerr @jim_kerr_official_  que completa 65 anos.

#jimkerr #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (09/07), é aniversário do apresentador e ex-baterista das bandas Titãs e IRA!, Charles Gavin @charles_gavin que completa 64 anos.

#charlesgavin #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (30/06), é aniversário do cantor e compositor Phil Anselmo que completa 56 anos.

Vocalista da banda Pantera @panteraofficial

#philanselmo #happybirthday #Pantera #boomerangmusic
Hoje (30/06), é aniversário do guitarrista, compositor e escritor Tony Bellotto @tonybellottooficial dos Titãs @titasoficial que completa 64 anos.

#titas #boomerangmusic #happybirthday
Hoje (29/06), é aniversário do cantor e compositor Colin Hay @colinhay da banda Men At Work @menatwork que completa 71 anos.

#colinhay #boomerangmusic #happybirthday
Hoje (29/06), é aniversário do guitarrista, compositor de trilhas e integrante da Legião Urbana Dado Villa-Lobos @dadovillalobos que completa 59 anos.

#dadovillalobos #happybirthday #boomerangmusic