A cantora e compositora CORINNE BAILEY RAE COMPARTILHA seu novo álbum BLACK RAINBOWS, via Thirty Tigers

OUÇA AGORA

 

A cantora e compositora vencedora do Grammy, Corinne Bailey Rae, lança seu altamente aguardado novo álbum, Black Rainbows, via Thirty Tigers. Ouça/Compartilhe aqui.

 

Em conjunto com o lançamento do álbum, um livro, REFLECTIONS/REFRACTIONS AT THE STONY ISLAND ARTS BANK, fotografado por Koto Bolofo, também está disponível. Encomende/Compartilhe aqui.

 

Abordando uma ampla variedade de temas, os assuntos de Black Rainbows são inspirados em encontros com objetos no Stony Island Arts Bank, uma coleção curada de arquivos negros que incluem livros, esculturas, discos, móveis e objetos problemáticos do passado dos Estados Unidos. Desde as igrejas esculpidas em pedra da Etiópia até as jornadas dos pioneiros negros em direção ao oeste, desde Miss New York Transit 1957 até como o pôr do sol aparece da janela de Harriet Jacobs, Black Rainbows explora a feminilidade negra, magia, espaço interior/espaço exterior, colapso temporal, ancestrais e música como um veículo para a transcendência.

 

Inspirado por sua experiência transcendente no Stony Island Arts Bank em Chicago, o projeto marca uma nova direção para a artista. Ela observa: “Eu sabia quando passei por aquelas portas que minha vida tinha mudado para sempre.”

 

Os singles “New York Transit Queen” e “Peach Velvet Sky” foram lançados com aclamação da crítica antes do álbum. Sobre a justaposição das faixas, Bailey Rae explica: “A efervescência alegre do grupo feminino em “New York City Transit Queen” – com palmas e vocais alegres – contrasta com a simplicidade da balada de piano em “Peach Velvet Sky”.”

 

Para celebrar o novo projeto, Bailey Rae levará seu show ao vivo para cidades selecionadas nos Estados Unidos neste outono, incluindo o Schwarzman Center da Universidade de Yale, o Museu Nacional de Jazz de Harlem em Nova York, e a Capela Memorial Rockefeller da Universidade de Chicago. Além disso, Corinne fará uma aparição no 35º Annual Chinati Weekend em Marfa, TX. Veja aqui o roteiro completo da turnê.

 

 

SOBRE CORINNE BAILEY RAE

 

A cantora, compositora e musicista inglesa Corinne Bailey Rae chegou ao estrelato com seu álbum de estreia autointitulado nº 1    do Reino Unido em 2006, com os sucessos globais “Put Your Records On” e “Like A Star”. Ao longo de sua carreira, ela lançou três álbuns de estúdio aclamados pela crítica – Corinne Bailey Rae, The Sea e The Heart Speaks in Whispers – e ganhou dois prêmios Grammy, dois MOBOS e foi indicada a vários prêmios, incluindo o BRIT Awards, o Mercury Music Prize e o BET Awards. Seu trabalho para o cinema e a televisão inclui o tema de Lucky Man (SKY1) de Stan Lee, “The Scientist” para o título de abertura e a trilha sonora de Fifty Shades Darker da Universal Pictures, que alcançou as paradas mundiais e, em 2020, sua música “New to Me” foi apresentada no filme The High Note por Tracee Ellis Ross. Bailey Rae colaborou com uma grande variedade de artistas, incluindo Mary J. Blige, Al Green, Herbie Hancock, KING, Paul McCartney, Kele Okereke (Bloc Party), Preservation Hall Jazz Band, Questlove, Salaam Rami, RZA, Tyler The Creator, Paul Weller, Richard Hawley, Stevie Wonder, Tracey Thorn, Pharrell, Logic, Mick Jenkins e muitos outros.

 

 SOBRE THEASTER GATES

 

Theaster Gates vive e trabalha em Chicago. Ele cria obras que se concentram na teoria do espaço e no desenvolvimento de terras, escultura e performance. Com base em seu interesse e formação em planejamento urbano e preservação, Gates resgata espaços que foram deixados para trás. Conhecido por recircular o capital do mundo da arte, ele cria obras que se concentram na possibilidade da “vida dentro das coisas”. Gates inteligentemente subverte os valores artísticos, os valores das terras e os valores humanos. Em todos os aspectos de seu trabalho, ele lida com a noção de espaço negro como um exercício formal – definido pelo desejo coletivo, agência artística e táticas de um pragmatista. Gates já expôs e se apresentou no Palais de Tokyo, em Paris, França; Sprengel Museum Hannover, na Alemanha (2018); Kunstmuseum Basel, na Suíça (2018); National Gallery of Art, em Washington D.C., EUA (2017); Art Gallery of Ontario, no Canadá (2016); Fondazione Prada, em Milão, Itália (2016); Whitechapel Gallery, em Londres, Reino Unido (2013); Punta della Dogana, em Veneza, Itália (2013) e dOCUMENTA (13), em Kassel, Alemanha (2012). Ele foi vencedor do prêmio Artes Mundi 6 e recebeu a Légion d’Honneur em 2017. Ele recebeu o Nasher Prize for Sculpture em 2018, bem como o Urban Land Institute, J.C. Nichols Prize for Visionaries in Urban Development. Gates é professor na Universidade de Chicago, no Departamento de Artes Visuais e também atua como Assessor Sênior para Inovação Cultural e Assessor do Decano. Gates é Diretor de Iniciativas Artísticas no Lunder Institute for American Art, no Colby College Museum of Art, e foi Artista Residente no Getty Research Institute (GRI) em 2018/2019.

 

SOBRE STONY ISLAND ARTS BANK

 

Projetado por William Gibbons Uffendell e construído em 1923, o banco na 68ª e Stony Island era antigamente uma vibrante cooperativa de poupança e empréstimo da comunidade. Hoje, o restaurado Stony Island Arts Bank oferece à região sul de Chicago 17.000 pés quadrados de espaço para inovação em arte contemporânea e prática arquivística. Na época de sua construção, o banco era um símbolo da crescente prosperidade da região sul, que estava passando por um boom de construção nas primeiras décadas do século XX. Em 1979, o banco foi fechado e caiu em estado de abandono. Em 2012, diante da ameaça de demolição, o artista Theaster Gates comprou o prédio da Cidade de Chicago por US$1. Gates, cuja prática aproveita o poder do espaço, dos objetos e do espírito dentro deles, salvou o marco da destruição. Gates vendeu o mármore do prédio original do banco como “títulos bancários” no mercado de arte comercial para financiar a renovação e remediação do prédio. Hoje, o Stony Island Arts Bank é um centro vibrante de atividade artística, arquivística e cultural na região sul de Chicago. Além de servir como galeria, instituição e espaço cultural, o Arts Bank também hospeda uma variedade de eventos, incluindo exposições, performances, exibições de filmes e palestras.

 

BLACK RAINBOWS

 

  1. A Spell, A Prayer
  2. Black Rainbows
  3. Erasure
  4. Earthlings
  5. Red Horse
  6. New York Transit Queen
  7. He Will Follow You With His Eyes
  8. Put It Down
  9. Peach Velvet Sky
  10. Before The Throne of Invisible God

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações:  Atti Comunicação

#SIGA NO INSTAGRAM
Hoje (22/06), é aniversário do cantor e compositor Péricles @pericles que completa 55 anos.

Foto 📷  @duzitos 

#pericles #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (22/06), é aniversário da cantora, compositora e atriz Cyndi Lauper @cyndilauper que completa 71 anos.

Logo mais a artista vem ao Brasil para se apresentar no Rock In Rio @rockinrio 

#cyndilauper #boomerangmusic #happybirthday
Em junho de 1986, há exatamente 38 anos atrás era lançado o clássico "Karatê Kid - A Hora da Verdade continua", segundo filme da trilogia.

Também foi um grande sucesso de bilheteria. 

Novamente Pat Morita e Ralph Macchio são os grandes protagonistas nessa nova aventura. 

#karatekidii #38years #boomerangmusic
Em junho de 1984, nos EUA, era lançado o clássico filme "Karatê Kid - A Hora da Verdade".

O filme foi um enorme sucesso no mundo inteiro, principalmente no Brasil. 

No elenco do primeiro filme além de Ralph Macchio @ralph_macchio e Pat Morita @morethanmiyagi, Elisabeth Shue @elisabthshue e William Zabka @william_zabka

#karatekid #40years #boomerangmusic
Hoje (21/06), é aniversário da cantora, compositora e atriz Juliette Lewis @juliettelewis que completa 51 anos.

#juliettelewis #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (21/06), é aniversário do Joey Kramer, baterista da banda Aerosmith @aerosmith que completa 74 anos.

#joeykramer #aerosmith #happybirthday #boomerangmusic