Abrindo o ano, Táia se apresenta em múltiplas camadas artísticas em álbum visual “Renasço”

Indo da MPB ao alternativo, artista sergipana lança seu primeiro disco cheio

 

Compositora, cantora, atriz, bailarina. A sergipana Táia é multiartista por definição e agora abre um novo ciclo com seu primeiro disco cheio, o álbum visual “Renasço”. Trazendo MPB e alternativo com olhar pop, o projeto marca um processo de reconstrução como criadora e pessoa e está disponível em todas as plataformas de música e no canal de Táia no YouTube.

 

Ouça “Renasço”: https://tratore.ffm.to/renasco-

 

Assista “Renasço”: https://youtu.be/8CP5c4lDWTI

 

“No meu trabalho autoral, que leva meu apelido de Infância, trago minhas angústias, desejos, frustrações e sonhos, mas penso que o que escrevo pode e deve ir além da música, além de composição, harmonia e arranjo. Venho da dança e do teatro, sou formada em arquitetura, e entendo que é necessário incorporar todos os universos possíveis da arte em um só”, conta ela.

 

Táia começou sua carreira em 2016 e abriu sua discografia com o EP “Tormento” (2019) e o single “Tipo Iansã Encontrando Obaluaê” (2020). Habituada aos palcos e movimentando a cena de seu estado, ela fez de seu projeto solo uma construção que partiu do coletivo.

 

“As músicas de ‘Renasço’ foram surgindo paralelamente à minha vivência em cima dos palcos, à frente de uma banda, onde os olhares se voltam para mim e me perguntavam sem perguntar ‘quem é você?’. Até ali não me assumia enquanto artista, tinha dificuldade em dizer ‘eu SOU’. Talvez esperasse que alguém ainda me dissesse. Decidi assumir as rédeas da minha carreira artística. Sou compositora, cantora, bailarina, atriz, arquiteta, mãe, mulher, artista a, ao mesmo tempo, nada disso me define, sou fluida, ‘re-existo’ como as águas de um rio que contornam as pedras de um rio, que, ao contrário, ‘resistem’ e não mudar de lugar”, continua.

 

Com produção musical de Fabrício Rossini e direção audiovisual da própria artista, o trabalho foi realizado através do EDITAL DE PREMIAÇÃO PARA GRAVAÇÃO MUSICAL, VIDEOCLIPES, EP´s, CD´s, E DVD´s proposto pelo Governo de Sergipe, através da Fundação de Cultura e Arte Aperipê – FUNCAP com recursos da Lei Aldir Blanc.

 

“Esse é meu despertar pra mim mesma, é meu renascimento enquanto detentora da minha arte. Renasci enquanto artista, cantora e compositora, enquanto mulher. Entendo que na vida vivemos constantes renascimentos e que sejam necessárias diversas mortes e fechamento de ciclos. Enquanto alguns se preocupam se eu chovo no molhado, apagando/reduzindo minhas vivências, em ‘Renasço’ valido minha história e a ‘sofrência’ como algo pertinente na vida de todos”, conclui ela.

 

Ouça “Renasço”: https://tratore.ffm.to/renasco-

 

Assista “Renasço”: https://youtu.be/8CP5c4lDWTI

 

Crédito: Júlia Cajé

 

FICHA TÉCNICA 

 

ÁUDIO

 

Produção Executiva: Táia

Produção Musical: Fabrício Rossini

Direção vocal: Mary Barreto

Captação/Mixagem/Masterização: Fabrício Rossini

Gravado no Maca Records

Projeto Gráfico: Julia Bezerra, Gabriel Barreto e Táia

 

VÍDEO

 

Roteiro/Direção Geral: Táia

 

Direção/Adaptação de roteiros:

Jéssica Dias – “Renasço” e “Dose de Amor”

Julia Bezerra – “Não é o Caso” e “Vem Cá”

Letícia Negalê “Não Sei” e “Ser”

Laura Tourinho “A.Lago”

Mary Barreto – “Trago” e “Talvez”

Nicole Donato – “Preciso Ir Embora”

Táia – “De Colher”

 

Direção de Fotografia/Assistente de Câmera: Thiago Leite

Produção Executiva: Julia Bezerra

Direção de Produção: Gabriela Melo

Assistente de Produção: Michael Roan

Direção de Arte/Figurino: Mayra Alves

Produtor de Objeto: Matheus Martins

Assistente de Figurino: Ana Carolina Vieira

 

Maquiagem: Jéssica Preta AfroMake e Táia

Cabelo: Marina Marques e Táia

Gaffer: Annelisa Feitoza e Thiago Leite

Still: Julia Cajé e Mayra Alves

Participações: Nicole Donato, Dry, Cael Benício, Lume, Quésia, Tanit Bezerra, Laino Goes, Danyel Nanume, Paulo Antônio, Rafael Ramos, Dami Narayana, Ana Carolina Vieira, Isaac Alves, Michael Roan, Julia Cajé, Marina Marques, Gabriela Melo, Mayra Alves, Matheus Martins, Annelisa Feitoza, Thiago Leite, Jéssica Preta AfroMake, Julia Bezerra, Mary Barreto, Nicole Donato, Jéssica Dias, Laura Tourinho, Letícia Negalê, Lu Silva, Moiras, Gabriela Melo, Matheus Martins, Ana Carolina Vieira, Julia Bezerra, Jéssica Preta AfroMake, Mayra Alves

 

Preparação de Elenco: Diane Veloso

Coreografias: Andréa Souza e Táia

Montagem e edição: Lu Silva, edt.

Edição de Som: Fabrício Rossini

Arte-finalista: Gabriel Barreto

Transporte: Brisamar Turismo

Agradecimentos: Accervo, Allan Menezes, Andrezza Coutinho, Annelisa Feitoza, Antônio da Cruz, Crismara Guerra, Doca Centro, Dominique Mangueira, Dona Graça Marmitaria, Dora Cruz, Espaço D’Época, Estúdio Inculca, Eugênio Sobral, Gildevan Martins, Heitor Pereira, Iate Clube de Aracaju, Isaac Alves, Jeca Mó, João Bosco Cruz, João Pedro Guerra, Joseh Guerra, Joubert Moraes, Luigi Devides, Maca Records, Marcel Azuma, Maria Guerra, Mariana Fontes, Ofélia Cruz, Otacílio Melo, Plácido Lira, Prefeitura de Laranjeiras, Régis, Restaurante Pantanal, Rolê 10, Sayonara Viana, Seu Regino, Tanit Bezerra, Thais Bezerra, Tina Nascimento, Ulisses Santos, Valdenilson

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações:   Nathália Pandeló Corrêa –  Build Up Media  –  http://www.buildupmedia.com.br