Andrea Martins aborda solidão e ansiedade em ‘Silêncio Selvagem’

Single tem participação de banda pernambucana Bule

 

Uma música com temas sérios e delicados, embalados em ritmo dançante. Esta é a gênese de “Selvagem Silêncio”, novo single da cantora e compositora Andrea Martins, que aborda dilemas da vida adulta, como solidão e ansiedade.

 

Ouça “Selvagem Silêncio” aqui: https://links.altafonte.com/AndreaMartins_bule_SelvagemSilencio.

 

A canção, que chega ao streaming pelo selo Toca Discos, tem participação da banda de synth pop psicodélico Bule, de Pernambuco, e que também é do cast da gravadora capitaneada pelos renomados produtores Felipe Rodarte e Constança Scofield.

 

“Selvagem Silêncio” explora um estado reflexivo e introspectivo. Com um synth pop dançante inspirado por Marina Lima e uma estética dos anos 80 por meio do feat com a Bule, a faixa traz um interessante contraste entre melancolia e expansão, convidando os ouvintes a dançar suas emoções.

 

A composição é de Andrea Martins, com produção da artista em parceria com a Bule e Felipe Rodarte, que além da Toca Discos, é o produtor do mítico estúdio Toca do Bandido, no Rio de Janeiro.

 

“A música tem uma inquietação que se expressa também no corpo. É como se a angústia virasse a expressão do corpo e, por isso, ele precisa se mexer. Ou seja, a ideia é colocar corpos inquietos para dançar”, conta Andrea.

 

Andrea também comenta sobre o feat com a Bule. “Foi sugestão do Rodarte. Mandei a música para pensarmos em uma parceria neste momento da minha carreira. Era uma vontade minha e adorei a Bule. Começamos a conversar e imediatamente a referência de todos foi unânime: Marina, essa coisa meio anos 80 e o caminho foi certeiro”.

 

O lançamento de “Selvagem Silêncio” é mais um passo concreto e maduro de Andrea rumo ao lançamento do seu primeiro disco solo.

 

“Estou em um momento de experimentação. Para quem vem de banda e parte para a carreira solo, como é meu caso, tem esse momento de se colocar mais livre e experimentar. Afinal de contas, embora queira amarrar um conceito estético sonoro, este (a carreira artística) é um lugar de liberdade, de mostrar um pouco mais das suas influencias”.

 

A banda Bule também comenta sobre a participação na faixa: “Foi um trabalho muito interessante de se fazer. Nunca tínhamos gravado uma música de outro artista em estúdio. Foi muito engrandecedor poder fazer os arranjos da música com a própria Andrea, colocando nossa cara ali, mas também deixando bastante espaço para a estética dela fluir bem. Por isso foi uma tarefa desafiadora, por vezes esbarramos em escolhas em que se dividiam entre os dois estilos diferentes de arranjo”.

 

O lançamento anterior de Andrea Martins foi o single “Bolero”, uma espécie de MPB indie com elementos eletrônicos sobre um romance que uma das partes ainda teima em ceder à paixão, provocando situações de espera e ansiedade pela entrega.

 

Ouça aqui: https://links.altafonte.com/Bolero.

 

Acompanhe mais novidades em instagram.com/andreamartins.

 

Andrea Martins

 

Andrea Martins é cantora, compositora e produtora musical. Iniciou na música como vocalista e compositora da banda de rock Canto dos Malditos na Terra do Nunca que teve seu primeiro disco lançado pela gravadora Warner com produção de Miranda e Tomás Magno. Nesse período o CMTN esteve entre as mais pedidas do Top 20 MTV e recebeu indicação ao VMB. Andrea também participou do “Luau MTV Nando Reis” cantando a música “Luz dos olhos”.

 

No universo do áudio, Andrea começou trabalhando em uma produtora em São Paulo, onde expandiu os horizontes para a sonoplastia e trilha sonora.

 

De volta a Salvador participou do coletivo “Nossos Baianos” em homenagem aos Novos Baianos onde cantou com Baby do Brasil, Paulinho Boca, Galvão e Pepeu Gomes junto aos conterrâneos Kalu, Renata Bastos, Pietro Leal, Lahiri Galvão, Pedro Pondé, entre outros.

 

Lançou o segundo disco da CMTN em 2017 depois de um longo hiato da banda. “Travessia” teve produção de André T e Tadeu Mascarenhas e direção musical sua e de Leonardo Bittencourt. Com o “Travessia” recebeu prêmio de melhor música no Festival Educadora de 2017 com composição de sua autoria “Contra – Maré”.

 

Também participa de coletivos com foco no protagonismo feminino. Co-fundou o Minavu, coletivo feminino que realizou o festival “Isso é arte de mulher” em 2016, participou do “Rock de Mulher” em 2019 com foco no empreendedorismo musical feminino, realizado em Natal, Recife e João Pessoa c/ apoio da Natura. Onde também realizou oficina de produção musical em home studio para mulheres.

 

Dos trabalhos de produção musical e sonoplastia destacam-se a coprodução do disco “Irmã”, o mais novo trabalho de Ronei Jorge, onde assinou a produção musical junto à Livia Nery, e as trilhas para o longa premiado de Cecília Amado “Onde dormem os sonhos”, também em parceria com Ronei Jorge com quem dividiu a produção de diversas trilhas desde 2011. Ainda participou da produção do espetáculo “Obsessiva Dantesca” e fez a sonoplastia da série “Drag Me As A Queen” do canal E!, entre outras.

 

Dos mais recentes trabalhos da sua carreira artística estão os singles “Espelho da Sereia” e “Asma”, ambos compostos e produzidos pela artista. O primeiro tem co-produção de Atila Santana e Dj Fino e foi lançado pelo selo “Dosol”(2019) o segundo co-produção de Felipe Rodarte lançado pelo selo “Toca discos” (2021).

 

E o mais recente EP visual “Pequenos Grandes Universos”, em colaboração com a artista multimidia e também sua namorada Rana Tosto. O registro traz 4 canções compostas, gravadas e produzidas por Andrea em seu home studio.

 

Lançado em março de 2022 pelo selo Toca Discos, o EP conta com a co-produção de Felipe Rodarte e a colaboração dos músicos Manoel Tosto e Atila Sanntana.

 

Andrea segue gravando seu disco solo com produção musical sua e do músico e produtor Atila Santana e com outras colaborações como João Meirelles, Rafa Munoz, e outros. O disco, ainda sem data de lançamento, também contará com a co-produção de Felipe Rodarte e lançamento pelo selo Toca Discos.

 

Andrea ao vivo

 

No seu show atual, Andrea conta com os músicos Atila Santana, que toca guitarra, baixo e programações eletrônicas e Ricardo Flocos na bateria.

 

No repertório, músicas do disco solo que vem aí, junto aos singles já apresentados ao público, as músicas do EP “Pequenos Grandes Universos” e algumas músicas do Canto dos Malditos na Terra do Nunca.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: TEDESCO Comunicação

#SIGA NO INSTAGRAM
Hoje (20/05), é aniversário do cantor, compositor e pintor Bryan Behr @bryanbehroficial que completa 28 anos.

#bryanbehr #boomerangmusic #happybirthday
Hoje (15/05), é aniversário do músico e produtor Brian Eno @brianeno que completa 76 anos.

Foi integrante da banda Roxy Music, mas produziu dezenas de artistas como U2, David Bowie, entre muitos.

#brianeno #happybirthday
#boomerangmusic
Hoje (15/05), é aniversário do cantor e compositor Andrew Eldritch @andrew_eldritch que completa 65 anos.

Vocalista e fundador da banda The Sisters Of Mercy

#thesistersofmercy #andreweldritch #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (15/05), é aniversário do cantor, compositor, ator e multiinstrumentista André Abujamra @andre_abujamra que completa 59 anos.

#andreabujamra #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (13/05), é aniversário do cantor e compositor Sebastião Reis @sebastiao.reis13 que completa 29 anos.

#sebastiaoreis #boomerangmusic #happybirthday
Hoje (13/05), é aniversário do mágico cantor, compositor, pianista e multiinstrumentista Stevie Wonder que completa 74 anos.

#steviewonder #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (12/05), é aniversário do baterista e multiinstrumentista André Jung @andrejung61 que completa 63 anos.

Foi baterista dos Titãs e da banda IRA!

#Andrejung #boomerangmusic #happybirthday
Hoje (12/05), é aniversário do cantor, compositor e guitarrista Clemente @clementetadeu das bandas Plebe Rude e Inocentes.

#Clemente #happybirthday #boomerangmusic