AO LADO DE LEANDRO CAÇOILO E FELIPE MACHADO, DO VIPER, VAL SANTOS LANÇA NOVO SINGLE “DEAD WORDS”

Faixa é a quarta amostra de 1986, primeiro disco solo do guitarrista e produtor que chega no dia 28 de maio

 

OUÇA AGORA “DEAD WORDS”!

 

Após os explosivos singles “Fire”, “Cross The Line”, e “Warriors Of Metal”, o guitarrista e produtor Val Santos compartilhou  “Dead Words”, faixa que conta com colaboração com os vocais de Leandro Caçoilo e o solo de guitarra de Felipe Machado, do VIPER. A novidade marca o quarto single do primeiro disco solo do artista, 1986, que chega no dia 28 de maio, via Wikimetal Music.

 

“Uma das músicas mais pesadas do álbum, também traz a afinação mais baixa, em dó”, explica Santos sobre o single, que teve a capa assinada pelo talentoso Vini Dias, indicação da companheira do artista, e que também será o responsável pelo lyric video da faixa. “Compus essa música a princípio pensando em Black Sabbath, mas ela já foi para o lado meio Metallica, mas com a voz do Leandro [Caçoilo], ela foi para o lado mais hard rock. Então na minha opinião é algo que mistura Black Sabbath com Metallica e Alice In Chains. Felipe Machado, por sua vez, fez um solo maravilhoso de guitarra usando o pedal Wah Wah.”

 

Demonstrando sua experiência como um grande músico, Val Santos admite que “Dead Words” não segue a sonoridade oitentista que o projeto celebra e tem como foco, no entanto, tendo em vista a qualidade da canção, sua intuição como artista resultou em contar com a música no disco e como quarto single do lançamento. “Eu sou muito eclético em relação a isso, mesmo dentro do heavy metal eu não gosto de seguir alguma regra, gosto de todas as ramificações que o estilo proporciona, vou do hard ao thrash facilmente, passando pelo tradicional”, revela.

 

1986, álbum que chega no dia 28 de maio, é uma homenagem de Val aos anos 1980, década em que começou a ouvir heavy metal e a conviver e trabalhar com bandas que despontavam no cenário brasileiro, como VIPER, Vodu e Volkana. Nessa época, ele fundou sua primeira banda, Zuris, mas logo depois passou a ser baterista do VIPER, sendo responsável por muitos dos arranjos que podem ser ouvidos no álbum mais clássico da banda, Theatre of Fate (1989).

 

Mais tarde passou a tocar guitarra e formou o Toyshop com o baterista Guilherme Martin e o guitarrista Gabriel Weinberg. A banda ficou popular nos anos 1990 ao combinar o som pesado e influenciado por Ramones com a linha melódica mais pop da vocalista Natacha, tendo sucessos como “Run Away” e “Everybody Crazy”, que fizeram parte da trilha sonora do sucesso de Hollywood Holiday in the Sun (2001). Ao lado do VIPER e do Toyshop, Val conheceu palcos de diferentes partes do mundo, fazendo turnês pelo Brasil, América Latina e Estados Unidos ao longo das últimas 4 décadas.

 

Agora, o músico e produtor buscou inspiração nestes anos para produzir materiais com renomados e novos nomes da cena do metal brasileiro. É uma homenagem aos anos de ouro, mas também uma prova de que o gênero se mantém poderoso e mais vivo do que nunca.

 

 

SIGA VAL SANTOS NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK | INSTAGRAM | SPOTIFY

 


SIGA O WIKIMETAL NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | YOUTUBE

 

 

 

 

 

 

Com informações: Catto Comunicação