Aos 77 anos, Cátia de França lança disco que traduz sua relevância para a música brasileira

Cantora celebra meio século de carreira e mantém forte influência sobre artistas de diversas gerações.

 

OUÇA AQUI “No Rastro de Catarina”: https://tratore.ffm.to/norastrodecatarina

 

Um disco que une o passado e o presente, que resgata memórias e perspectivas ao longo de 77 anos bem vividos. Em 12 faixas inéditas, músicas que revelam desde os sentimentos juvenis até às incertezas da censura imposta aos artistas brasileiros. ‘No Rastro de Catarina’, novo disco da multiartista paraibana Cátia de França, chega no próximo dia 19 de abril às plataformas digitais com toda força e vitalidade de uma artista com influências em diversas gerações da música brasileira.

 

O lançamento do disco será em São Paulo, com dois shows no SESC Pompeia, nos dias 19 e 20. Os ingressos começam a ser vendidos no dia 9.

 

Meio século de carreira musical é um marco emblemático na vida de qualquer artista do ramo. Com seis discos lançados entre 1979 e 2016, Cátia de França ultrapassa gerações e transita entre palcos e parceiros musicais dos quatro cantos do país. Sua história envolve evolução de ritmos, experimentações e parcerias com artistas como Zé Ramalho, Dominguinhos, Sivuca, Lulu Santos, Chico César, Elba Ramalho e Bezerra da Silva em seus discos.

 

Poética e sonoridade

 

A faixa que dá nome ao disco é um jogo de palavras a partir do trecho “No Raso da Catarina/ O que vejo é nossa sina/ Enxergo a caatinga/ Branco hospital”, presente na canção autoral ‘Quem Vai, Quem Vem’, do disco ‘20 Palavras ao redor do Sol’ (1979).

 

‘No Rastro de Catarina’ é uma obra completa que expõe a poética e sonoridade múltipla de Cátia de França em mais de meio século de carreira. Abrindo com “Fênix”, um manifesto sobre si mesma e de seu regresso depois do apagamento, o disco percorre toda a história da artista, desde ‘Indecisão’, um poema de amor escrito quando Cátia tinha 14 anos e só agora musicado, ao mergulho em seu envelhecimento com ‘Malakuyawa’, cantando sobre seus cabelos brancos, veias aparentes e sorriso sem dentes.

 

Faixas como ‘Espelho de Oloxá’, ‘Bósnia’ e ‘Negritude’ abordam entre outras temáticas sua veia política e a identidade negra, além da forte característica da referência literária em sua arte (a faixa ‘Eu’, por exemplo, traz um poema da portuguesa Florbela Espanca), apresentando canções que, como crônicas, contam o mundo através das lentes da compositora. Entre as doze canções estão parcerias com Khrystal, Regina Limeira e Socorro Lira.

 

Uma volta ao início de tudo

 

O disco ‘No Rastro de Catarina’ foi integralmente gravado ao vivo em João Pessoa, terra natal da cantora, no Estúdio Peixeboi. O disco foi produzido pelo selo fonográfico Tuim discos, também da Paraíba, e tem o lançamento assinado pela Tratore distribuidora digital.

 

A banda também foi composta só por músicos paraibanos, o que Cátia de França classifica como “uma fórmula que dá certo”. “Chegou um momento em que percebi uma cobrança por um novo trabalho, que vinha sempre acompanhada do questionamento se eu havia parado de compor. Esse disco foi regado por sentimentos de entrega, vontade e confiança. Por isso, eu apostei numa fórmula que deu certo, que é fazer disco novo com músicos paraibanos”, contou.

 

 

A banda é formada por Cristiano Oliveira (viola, violão e violão de aço), Marcelo Macêdo (guitarra e violão de aço), Elma Virgínia (baixo acústico, baixo elétrico e fretless), Beto Preah (bateria e percussões) e Chico Correa (sintetizadores e samplers), que também assina a produção musical do disco ao lado de Marcelo Macêdo. ‘No Rastro de Catarina’ conta ainda com participação de Gláucia Lima no vocal, Dina Faria na direção artística e Felipe Tichauer na masterização, vencedor do Grammy Latino em 16 oportunidades.

 

50 Anos de carreira

 

Alfabetizada por sua mãe Adélia de França, a primeira educadora negra do estado da Paraíba, por meio de canções, Cátia de França, ou Catarina Maria de França Carneiro (João Pessoa, Paraíba, 1947), costuma contar que em sua casa “podia faltar manteiga, mas jamais faltaria um livro”.

 

Apadrinhada pelo compositor e produtor Zé Ramalho, gravou ‘20 Palavras ao Redor do Sol’ (1979), seu primeiro trabalho pela CBS, que conta com a participação de Sivuca, Dominguinhos, Sérgio Boré, Chico Batera, Lulu Santos e Bezerra da Silva. Em 1980, lança o álbum ‘Estilhaços’.

 

Cátia também gravou o LP ‘Feliz Demais’ (1985) e ‘Olinda’ (1986), que teve a participação da Banda Azymuth. Já em 1998, lança o CD ‘Avatar’ (1998) pelo selo CPC Umes, do qual participam Chico César (1964-), Xangai (1948-) e Quinteto de Cordas da Paraíba.

 

Em 2005, grava o CD ‘Cátia de França Canta Pedro Osmar’, interpretando músicas do cantor, compositor e instrumentista paraibano. Em 2012, lança o CD independente ‘No Bagaço da Cana / um Brasil Adormecido’, com a Camerata Arte Mulher, formada por musicistas eruditas da Paraíba e inspirado em textos de José Lins do Rego.

 

Com o patrocínio da Natura Musical, Cátia de França apresenta a seus fãs o CD ‘Hóspede da Natureza (2016)’, inspirado na obra do escritor Henry David Thoreau (1817-1862) e com uma musicalidade que transita do reggae ao blues, passando por bossa nova, rock e bumba meu boi.

 

Redes sociais:

 

IG: https://www.instagram.com/catiadefrancaoficial/

X: https://twitter.com/eucatiadefranca

Soundcloud: https://soundcloud.com/catiadefranca

Spotify: https://open.spotify.com/intl-pt/artist/0Pn49e9KBqcekfXpSAGgAM?si=LlmgXzhxQtqBTuMNZVpNpQ

Youtube: https://www.youtube.com/@catiadefranca4055

Linktree: https://linktr.ee/catiadefranca

 

‘No Rastro de Catarina’ – Ficha Técnica

 

Voz e violão de nylon: Cátia de França

Viola, violão de nylon e violão de aço: Cristiano Oliveira

Guitarra e violão de aço: Marcelo Macêdo

Baixo acústico, baixo elétrico e fretless: Elma Virgínia

Bateria e percussão: Beto Preah

Sintetizadores e samplers: Chico Correa

Vocais: Gláucia Lima

Composições: Cátia de França (todas), Khrystal e Regina Limeira (“Espelho de Oloxá”), Socorro Lira (“Em Resposta”) e Florbela Espanca (“Eu”)

Direção Artística: Dina Faria

Produção Musical: Chico Correa e Marcelo Macêdo

Arranjos: Cátia de França, Marcelo Macêdo e Cristiano Oliveira, exceto: Cátia de França e Daniel Cahon (“Bósnia” e “Negritude”), Cátia de França, Cristiano Oliveira e Daniel Cahon (“Espelho de Oloxá”)

Gravação: Peixe Boi Estúdio (João Pessoa – PB)

Técnicos de Som: Hugo Limeira e Teo Filho

Mixagem: Chico Correa e Marcelo Macêdo

Masterização: Felipe Tichauer (Red Traxx Mastering)

Editora e Selo: Tuim Discos

Direção de Produção: Atua Comunicação Criativa

Produção Executiva: Dina Faria

Produção e Edição de Conteúdo: Gi Ismael

Assistência de Produção: Michele Vasconcelos

Design: Luyse Costa

Fotografia e Direção Artística (foto de capa): Murilo Alvesso

Figurino (foto de capa): João Pimenta

Produção Fotográfica (foto capa): Ester Dias

Assistência de Fotografia (foto capa): Jéssica Murta

Fotografia (estúdio): Fabi Vellôso

Vídeos e edição: Gi Ismael

Assessoria de Imprensa Regional: Lide Comunicação

Assessoria de Imprensa Nacional: Bebel Prates

Agradecimentos: Daniel Cahon, Wiliam Belle e Coquinho

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: Lide Comunicação

#SIGA NO INSTAGRAM
Hoje (18/06), é aniversário do cantor, compositor e multiinstrumentista Paul McCartney @paulmccartney que completa 82 anos.

Simplesmente o artista do século. 

#paulmccartney #boomerangmusic #happybirthday
Hoje (18/06), é aniversário da cantora e compositora Maria Bethânia @mariabethaniaoficial que completa 78 anos.

#MPB #mariabethania #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (18/06), é aniversário do baterista, compositor e DJ Fê Lemos @felemos que completa 62 anos.

Fundador das bandas Aborto Elétrico @abortoeletricooficial e Capital Inicial @capitalinicial 

#felemos #boomerangmusic
#happybirthday #capitalinicial
#abortoeletrico
A banda Nenhum de Nós @nenhumdenosoficial se apresentou na sexta (14/06), com ingressos esgotados no Teatro B32 @teatrob32 em SP.

Fotos 📷  Marco Antônio V. Cunha 

#nenhumdenos #teatrob32 #boomerangmusic
Hoje (16/06), é aniversário do guitarrista Kiko Loureiro @kikoloureiro que completa 52 anos.

#kikoloureiro #boomerangmusic #happybirthday
Hoje (16/06), é aniversário do cantor e compositor Ivan Lins @ivanlinsoficial que completa 79 anos.

#ivanlins #MPB #boomerangmusic #happybirthday
Muito triste a partida do músico Skowa do Trio Mocotó e ex integrante das bandas Sossega Leão e Skowa e a Mafia.

O artista faleceu nesta quinta 13 aos 68 anos.

Nossos sentimentos aos seus familiares e companheiros do Trio Mocotó @triomocotooficial

Foto 📷  @leandroalmeidashow 

#skowa #triomocoto #boomerangmusic
Hoje (14/06), é aniversário do cantor e compositor João Suplicy @joaosuplicy que completa 50 anos.

Além de sua carreira, participa do projeto Brothers of Brazil @brothersofbrazil com seu irmão Supla.

#joaosuplicy #happybirthday #boomerangmusic