Art Popular lança segunda parte de “Artpopuloucos”

Com faixa inédita, o álbum chega às plataformas digitais nesta sexta-feira (24)

 

Chega às plataformas digitais nesta sexta-feira (24), “Artpopuloucos #2”, o novo álbum do grupo Art Popular. O primeiro volume do projeto “Artpopuloucos” mexeu com o coração do público, trazendo músicas românticas e consagradas dos anos 90.

 

Ouça “Artpopuloucos #2”

 

Criado na zona norte de São Paulo, no fim da primeira metade da década de 1980, o Art Popular se consolidou como um dos melhores grupos de pagode, se tornando um sucesso de críticas na mídia.

 

Com visual noventista, “Artpopuloucos #2” promete não deixar ninguém parado. O álbum traz canções como “Teu Cheiro”, “O Canto da Razão”, “Amarelinha”, “Fricote”, “Bombocado”, “Pimpolho”, “Agamamou”, além do mais recente sucesso do grupo, “Parabrisa”, e a inédita “Solidão”.

 

Art Popular soma mais de 13 milhões de visualizações no YouTube, com sucessos como “Temporal” e “Pimpolho”. O novo álbum de Art Popular, “Artpopuloucos #2”, está disponível nas plataformas digitais via ONErpm e o videoclipe de “Agamamou”, faixa foco do projeto, está disponível no YouTube.

 

Assista “Agamamou”

 

Sobre a ONErpm: Considerada uma potência na redefinição da nova indústria da música, a ONErpm é uma das empresas do ramo que mais crescem no mercado global. Com mais de 3 mil canais do YouTube que geram coletivamente mais de 8,5 bilhões de views por mês, a ONErpm é também a maior network de música da América Latina e uma das maiores do mundo.

 

Com escritórios e estúdios em Nova York, Nashville, Miami, Atlanta, Los Angeles, São Francisco, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Lima, Santiago do Chile, Buenos Aires, Bogotá, Cidade do México, Kingston, Madrid, Kiev, Abuja e Moscou, a ONErpm ocupa um espaço único entre gravadora tradicional e distribuidora, aproveitando de sua própria tecnologia, marketing, análise e suporte local para fornecer soluções de negócios para mais de mais de 100.000 artistas, gravadoras e criadores de vídeos em todo o mundo.

 

Com informações: Mateus Aléo – ONErpm