Badauí, do CPM22, faz show surpresa na estação General Osório em ação do Rock in Rio

Cantor tocou com a banda Vidal Trio que participa da “Festa no Metrô”, na contagem regressiva para a venda do Rock in Rio Card, dia 12 deste mês

 

Rio de Janeiro, 7 de novembro de 2018 – Se ontem, terça-feira, a produção do Rock in Rio levou a banda Capital Inicial para o Metrô de São Paulo, hoje a surpresa foi para o público carioca. Quem passava pela estação General Osório, em Ipanema, no início da noite, assistiu um pocket show do cantor Badauí, vocalista do CPM22. O presente para os passageiros é mais uma ação do esquenta para a venda do Rock in Rio Card, que equivale a um ingresso antecipado e garante a entrada ao evento antes mesmo da confirmação de todas as bandas e atrações, e será feita no dia 12 de novembro, a partir das 19h, no site rockinrio.ingresso.com.

 

Badauí se apresentou com a banda Vidal Trio que participa da “Festa do Metrô” e cantou os hinos  do Ramones “Rockaway Beach” e “Sheena is a Punk Rocker”, fechando com o sucesso “Um minuto para o fim do mundo” do CPM22.  Até o dia 12, com exceção do domingo, quatro shows de 50 minutos que acontecem diariamente, das 17h às 21h, nas estações Antero de Quental, General Osório, Jardim Oceânico, Maria da Graça, Saens Pena e Siqueira Campos, do MetrôRio, e no terminal Alvorada, do BRT. Os artistas que se apresentam na “Festa no Metrô” foram selecionados pela curadoria do Rock in Rio. São eles: A Coisa Toda, Caio Barreto, Cecelo, Daniel Lopes, Ge Fonseca, João Pedro Bonfá, Jorge Ailton, Os Roquistas e Adal Fonseca, Rodrigo Sha, Tritony Trio e Vidal Trio.

 

Badauí falou sobre o convite da organização do Rock in Rio e da oportunidade de tocar para o público do metrô carioca. “Eu achei muito inusitado! O Rock vem do povo, do olho no olho. Então tocar para o trabalhador que está voltando para casa é um retorno para a essência do Punk rock. Foi demais!”, resumiu o vocalista da CPM22.

 

Fernanda Estrella, diretora de marketing do Rock in Rio, ressaltou que as ações promovidas têm o intuito de antecipar o clima contagiante do festival. “O Rock in Rio é isso! Música, entretenimento e alegria por todos os lugares. Queremos todos conosco em 2019 e a melhor forma de garantir presença é com o Rock in Rio Card, já no dia 12. Sabemos que os ingressos esgotam em poucas horas e o pessoal precisa estar no site às 19h”, alerta Estrella. O maior festival de música e entretenimento do mundo acontece nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 03, 04, 05 e 06 de outubro, na Cidade do Rock, no Rio de Janeiro.

 

Sobre o Rock in Rio

 

O Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo. Criado em 1985, nasceu para dar voz a uma juventude e unir pessoas, de raças e credos diferentes, em paz e harmonia por meio da música. Após 33 anos, o evento é parte relevante da história da música mundial e uma plataforma de comunicação que amplifica discursos e usa o poder de sua marca como força motriz para atingir seu compromisso na construção de um mundo melhor.

 

O poder de alcance do Rock in Rio tem números impactantes. O evento já soma 19 edições, 112 dias e 2.038 atrações musicais. Ao longo destes anos, mais de 9,5 milhões de pessoas passaram pelas Cidades do Rock. Em 2017, 143 milhões de pessoas foram alcançadas por conversas espontâneas sobre o Rock in Rio e, somente durante os dias de evento, foram 41,9 milhões de visualizações de vídeos nas redes. Nascido no Rio de Janeiro, o Rock in Rio conquistou não só o Brasil como, também, Portugal, Espanha e Estados Unidos, sempre com a ambição de levar todos os estilos de música aos mais variados públicos.

 

Consciente do poder disseminador da marca, o Rock in Rio pauta-se por ser um evento com o propósito de construir um mundo melhor para pessoas mais felizes, confiantes e empáticas em um planeta mais saudável.   Em 2001, reafirmou o compromisso de mostrar às pessoas que pequenas atitudes no dia a dia são o caminho para fazer do mundo um lugar melhor para todos. Em 2013, o Rock in Rio foi reconhecido por seu poder realizador ao receber a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis. Gerou 212,5 mil empregos diretos e indiretos em todas edições, mais de R$ 97 milhões investidos – provenientes da organização do evento e de parceiros – em diferentes projetos passando por temas como sustentabilidade, educação, música, florestas e etc.

 

Em 2016, foi a vez de anunciar o Amazonia Live, projeto do Rock in Rio que já garantiu mais de 73 milhões de árvores para a Amazônia, com doações individuais e de parcerias, por meio de projetos de restauração e plantação. O Amazonia Live traz a importância das florestas para o equilíbrio climático mundial como tema para todas as edições do evento, pelo menos até 2019. O Rock in Rio também desenvolve um plano de sustentabilidade em que são definidas medidas para a redução de emissões e inclui uma correta gestão de resíduos, eficiência energética, compensação de emissões e correto consumo de recursos, entre outros. Este plano é desenhado para a organização, patrocinadores e fornecedores e vem sendo aperfeiçoado a cada edição, além de ser utilizado, até hoje, em todos os países onde o Rock in Rio é realizado.

 

Informações para imprensa

 

PR Rock in Rio

Approach Comunicação