Brasil une The Quiet Ones (ING) e Lenna Bahule (MOÇ) na faixa “Tina”

Ouça nas plataformas digitais: https://tratore.ffm.to/tina

 

Recentemente, o duo inglês The Quiet Ones lançou o single “Tina”, primeira amostra do novo trabalho do grupo formado por Chris Franck and Marc Brown. A faixa é uma parceria da dupla com a cantora e compositora Lenna Bahule, nascida em Moçambique e que viveu no Brasil entre 2012 e 2020. O lançamento no Brasil é do selo Pequeno Imprevisto e da Humble Recs no resto do mundo.

 

Lenna também canta e assina a letra deste single gravado e composto à distância no ano passado, eles de Londres, ela de Maputo – o trio ainda não se encontrou pessoalmente. “Lenna nos foi apresentada pelo Eduardo Lemos, do selo Pequeno Imprevisto. Perguntei a ele se conhecia alguma vocalista interessante e Lenna foi um dos nomes que ele sugeriu”, relembra Chris. Segundo ele, a admiração pela artista foi instantânea. “Nós sempre estamos procurando trabalhar com pessoas que são inspiradoras e originais, e Lenna claramente combinava muito com a gente. O fato de ela ser de Moçambique e ter passado muitos anos vivendo no Brasil dá a ela uma riqueza musical muito interessante. Ainda que ela tenha influências que vão do jazz ao samba, passando pelas raízes moçambicanas, a Lenna faz dessa combinação algo único. É uma artista brilhante”.

 

“Tina” também marca a volta do duo aos streamings depois do elogiadíssimo álbum de estreia, homônimo, lançado em 2020. “O primeiro álbum foi mesmo para apresentar o Quiet Ones. Simplesmente decidimos escrever músicas, e isso se tornou o disco. Uma coisa legal sobre nós é que a gente compõe juntos de uma maneira muito fácil. A gente se entende sem ter que explicar as coisas o tempo todo. Nós conseguimos dedicar tempo para este projeto e nos comprometer com este tempo, ainda que fosse só 2 horas por semana. Sempre saía algo novo”, conta Chris. Para o projeto atual, eles decidiram lançar apenas singles ao invés de um álbum.

 

Influências brasileiras

 

Chris e Marc são amigos e colaboradores musicais desde o final dos anos 90, quando os dois faziam parte do grupo Smoke City, que estourou globalmente com sua mistura de trip hop e música brasileira. Depois do fim da banda, eles trabalharam juntos em diversos projetos musicais, como Da Lata (liderado por Chris) e KV5 (comandado por Marc), e em 2018 decidiram criar um projeto juntos. É assim que nasceu o Quiet Ones. Isso aconteceu muito naturalmente, num dia em que saíram pra tomar café. Chris disse “vamos fazer música juntos!” e pronto, foi assim.

 

Ainda que Inglaterra e Moçambique sejam as bases atuais do The Quiet Ones e de Lenna Bahule, a união dos dois passa obrigatoriamente pelo Brasil. Primeiro, porque Chris e Marc são dois dos músicos ingleses que mais conhecem a música brasileira, seja por estudá-la, seja pelas diversas colaborações que eles já fizeram com artistas do país. Hoje, Chris também lidera o grupo Da Lata, que já gravou com Marina Sena e Chico César, e toca o selo Da Lata Music, que lançou na Europa os últimos trabalhos do mineiro Luiz Gabriel Lopes.

 

Do lado de Lenna, o Brasil faz parte da história de sua história tanto em forma de inspiração – ela conta que ouvia Barbatuques quando ainda morava em Moçambique, no final da década de 2000 -, quanto em forma de endereço: ela se mudou para São Paulo em 2012, tornou-se protagonista da cena independente local, gravou seus próprios, participou de dezenas de outros trabalhos e só deixou o país recentemente.

 

“Antes de nos conhecermos já tinham ambos trabalhado com música brasileira de uma forma ou de outra. Isso teve papel decisivo quando decidimos nos unir. Trocar conhecimentos de música e cultura brasileira foi um fator importante na nossa dinâmica. Ao fazer contato com Eduardo Lemos, em 2020, houve uma grande inspiração tanto para o Da Lata quanto para o Quiet Ones, já que Edu começou a nos apresentar artistas incríveis da nova geração brasileira”, diz Chris.

 

The Quiet Ones feat. Lenna Bahule – Tina

 

Composição: Chris Franck, Marc Brown e Lenna Bahule

Letra: Lenna Bahule

Guitarra, baixo, percussão e teclado: Chris Franck

Bateria e programação: Marc Brown

Trompete: Finn Peters

Congas: Tristan Banks

Produção: Chris Franck e Marc Brown (The Quiet Ones)

 

Lançamento no Brasil: Pequeno Imprevisto

A&R Pequeno Imprevisto: Eduardo Lemos e Otávio Carvalho

Comunicação Brasil: Eduardo Lemos e Camila Soares

Distribuição: Tratore

 

Lançamento resto do mundo: Humble Recs

 

A&R Humble Recs: Marc Brown

 

FICHA TÉCNICA

 

captação de som: eduardo maglione
mix: otavio carvalho e eduardo maglione
masterização: otavio carvalho
capa: adelita ahmad
assessoria: eduardo lemos
som: gongon, ota, tomás oliveira, lucas gonçalves, cuca ferreira
a&r pequeno imprevisto: eduardo lemos e otavio carvalho
distribuição: tratore

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: NAVEGAR COMUNICAÇÃO