Carol Dytz mescla MPB, soul e bossa em EP de estreia, “Elo”

Trabalho reúne singles e a inédita “Nem Freud Explica”, que ganha clipe

 

Um cotidiano poético e climático surge no EP “Elo”, estreia da cantora e compositora Carol Dytz. Oferecendo um olhar moderno para a música brasileira, a MPB e a bossa nova com influências do neo-soul, a artista propõe uma reflexão que passa por questões internas até dialogar com as inquietudes modernas de toda uma geração. O álbum chega às plataformas de streaming acompanhado do clipe para a faixa “Nem Freud Explica”.

 

Assista ao clipe “Nem Freud Explica”: https://youtu.be/62KMNN8389E

 

Ouça “Elo”: https://smarturl.it/CarolDytzElo

 

“Elo” faz jus ao nome: o trabalho representa a junção das experiências vividas nas diferentes facetas da vida de Carol Dytz, transformando reflexões sobre identidade, saúde mental e nostalgia em música. O trabalho resgata três singles já lançados somados à inédita “Nem Freud Explica”, completando essa narrativa.

 

“Bem Te Vi” fala sobre a necessidade de resgate de si mesma e de autocuidado, enquanto “Sobre Nós Dois” retrata o cotidiano e os pequenos detalhes da vida de um casal. A recém-lançada “Marapendi”, que também acompanha um clipe, conta sobre parque de mesmo nome, lugar de memórias e afetos para a artista. Por fim, a canção inédita encerra o EP com um relato intimista sobre a experiência de conviver com questões mentais.

 

Assista ao clipe “Marapendi”: https://youtu.be/0PB6G9efv0s

 

“Nem Freud Explica” ganha destaque no vídeo. O objetivo é mostrar um outro lado da vida humana, muitas vezes abafado pela sociedade: os desafios com a saúde mental. A música retrata o sentimento de solidão vivenciado por Carol ao lidar com a ansiedade, principalmente no ínicio da pandemia, época em que a música foi escrita. Ao relatar suas dores e inseguranças, a artista cria uma nova forma de ligação com o ouvinte, subvertendo expectativas. Surge, aí, o “Elo”.

 

“A mensagem central do EP é que tudo o que somos são registros de passos e fragmentos de memórias. O Elo que me torna eu”, resume Carol.

 

Dytz é uma das representantes da nova cena carioca de MPB, onde a música brasileira ganha destaque e é temperada com elementos variados. Trazendo um olhar multifacetado para essa sonoridade, ela explora diferentes nuances. Mergulhando em um resgate de memórias, Carol Dytz faz de suas canções um livro aberto sobre encontrar o próprio lugar no mundo.

 

O EP “Elo” já está disponível para streaming e o clipe de “Nem Freud Explica” está no canal de YouTube oficial.

 

Ficha técnica

 

Letra e composição: Carol Dytz

Vocal: Carol Dytz

Guitarra: Lucas Vale

Baixo: Davi Vale

Bateria: Davi Vale

Produção musical: Estúdio Carlotinha

Mixagem e Masterização: Davi Vale

 

Direção de vídeo e fotografia: Juliana Colinas

Direção de arte: Carol Dytz e Juliana Colinas

Produção executiva: Lucas Bastti

Design: Débora Calabró

Dança: Sofia Selles

Beleza: Nathalia Amorim

Local: Fábrica Bhering

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: BUILD UP MEDIA