Deigo Torres lança novo álbum, “Atlántico a Pie”, com participações de Ivete Sangalo e Natiruts

Novo álbum traz os singles de sucesso “Un Poquito”, “Esa Mujer”, “Amanece” e “Este Corazón

  

“Atlántico a Pie” é o primeiro álbum de estúdio de Diego Torres desde seu disco indicado ao GRAMMY®, Buena Vida (2015). Esta produção de 13 faixas inclui sete novas canções; bem como quatro de seus singles de sucesso lançados desde 2018, “Un Poquito”, “Esa Mujer”, “Amanece” e “Este Corazón”; além de uma versão acústica solo de “Amanece” e um remix urbano de “Un Poquito”.

 

Atlántico a Pie é uma viagem por diferentes canções e, com elas, várias paisagens musicais. É a soma de muitas vozes, de grandes colegas que me acompanharam, deixando sua própria marca. Com letras do dia a dia e simples, mas ao mesmo tempo profundas. Este álbum é uma companhia para este momento do mundo, é o que significa para mim e por isso espero que seja para todos o apreciem”, afirma Diego Torres sobre “Atlántico a Pie”, o seu novo trabalho.

 

Diego trabalha como autor, compositor e produtor de todas as canções junto com Miguel “Yadam” González. As colaborações internacionais abundam neste álbum, dando ao cantor, compositor e ator argentino a oportunidade de convidar artistas/amigos e colegas, com quem mantém uma relação especial, para fazer parte desta jornada musical. O álbum começa com “Para Sentirme Libre”, uma doce colaboração espanhol-português-inglês com a banda brasileira de reggae Natiruts e o rapper cubano-americano Rayko B. co-escrita pelo cantor e compositor Kany García.

 

Uma fusão ainda mais incomum pode ser encontrada em “El Rinconcito”, uma romântica canção de jazz / cabaré em espanhol e francês, contendo belos arranjos de acordeão e trompete e apresentando o renomado cantor e compositor francês Florent Pagny para os amantes da música latina.

 

De volta à Espanha, Diego se junta à afro-espanhola e vencedora Latin GRAMMY® Buika na canção “Veneno”, cuja letra sedutora sugere uma aventura proibida: “Ay veneno, aquele que sabe bem, quero conquistar seu coração, mesmo que seja estrangeiro”/ “Ay veneno, el que sabe bueno, me quiero adueñar tu corazón, aunque sea ajeno”.

 

Em “Hoy”, Diego se aproxima mais uma vez do vizinho Brasil, fazendo um dueto (inteiramente em espanhol) com a vencedora de vários Latin GRAMMY® Ivete Sangalo nesta canção dançante que mostra seu dom para as letras motivadoras: “hoje você acordou com vontade de voar … Procure, nada é impossível nem está longe ”/ “hoy has despertado con las ganas de volar… Búscalo, nada es imposible ni lejano”.

 

Mesmo em sua música solo “Puedo Ser Yo”, Diego mantém a sensação internacional com um arranjo influenciado pelo vallenato, junto com a coautoria do artista colombiano Gusi, que fez um dueto com Diego em seu recente álbum ao vivo, Sinfónico. A canção que dá nome ao álbum também invoca a terras longínquas e características geográficas, e Diego jura atravessar montanhas e oceanos pela sua amada: “Se tivesse que cruzar o mundo, juro e coloco fé que por você faria tudo para te encontrar, cruzaria o atlântico a pé”/ “Si tuvieras que cruzar el mundo, juro y doy fe que tú lo harías, para encontrarnos me cruzo el Atlántico a pie.”

 

Para quem está com o coração partido, Diego oferece “Del Otro Lado”, uma canção pop urbana que nos dá a oportunidade de fugir da dor dançando. “Atlántico a Pie” também reúne seus quatro singles de sucesso mais recentes que geraram grandes expectativas para este álbum. “Un Poquito”, com a lenda colombiana Carlos Vives, ultrapassou 202 milhões de visualizações no YouTube desde seu lançamento em julho de 2018. “Esa Mujer” (2019) apresentou um videoclipe que faz uso de suas conhecidas habilidades de atuação, Diego representa a Stephanie Cayo da série Club de Cuervos.

 

“Amanece” (2020), com o cantor espanhol Macaco, o cantor e compositor colombiano Jorge Villamizar e a artista colombiana Catalina García compartilharam uma mensagem de esperança durante a pandemia. Seu single mais recente, “Este Corazón”, com o artista colombiano Fonseca, foi lançado em março de 2021 e encantou os fãs com suas letras apaixonadas sobre um relacionamento em perigo.

 

Em seu nono álbum de estúdio, Diego Torres colocou seu coração e alma em seu trabalho. Ele nos oferece a empatia e a percepção pelas quais é famoso, enquanto nos leva para o outro lado do Atlântico e além com uma variedade diversificada de ritmos e colaboradores.

 

Repertório de “Atlántico a Pie” 

 

1. Para Sentirme Libre (com Natiruts feat. Rayko B)
2. Puedo Ser Yo
3. Este Corazón (com Fonseca)
4. Amanece (com Macaco y Jorge Villamizar feat. Catalina García)
5. Atlántico a Pie
6. El Rinconcito (com Florent Pagny)
7. Veneno (com Buika)
8. Un Poquito (com Carlos Vives)
9. Hoy (com Ivete Sangalo)
10. Del Otro Lado
11. Esa Mujer
12. Amanece (versão acústica)
13. Un Poquito Remix (com Rayko B. y GAIYA)

 

 

 

 

 

 

Com informações: Assessoria de Imprensa – Sony Music – Perfexx Assessoria –www.perfexx.com.br