Em parceria inédita, Gustavo Bertoni e Apeles lançam faixa "Ricochet"

Canção, que tem produção musical assinada por Lucas Mayer e percussão de Kabé Pinheiro, é fruto de afinidades entre os artistas

 

Os músicos, cantores e compositores Gustavo Bertoni e Apeles estreiam hoje “Ricochet”, uma canção inédita composta por ambos que já disponível nas principais plataformas digitais – ouça aqui. A faixa é um lançamento do slap, selo da Som Livre. A música chega ainda com um clipe, já disponível no canal de Bertoni no Youtube – assista aqui.

 

“Ricochet” surgiu de afinidades sonoras – e de vida – entre os dois artistas que, antes de parceiros musicais, são amigos desde 2017, quando se conheceram nos bastidores do festival espanhol Primavera Sound.

 

“Lembro desse primeiro encontro rapidamente em Barcelona, na época eu já conhecia e gostava do trabalho do Gustavo. Depois, quando soube que ele curtia ‘ Obsessivo ’, da minha antiga banda Quarto Negro, fiquei muito feliz e honrado“, revela Apeles. A partir daí, a amizade se desenvolveu e segundo Gustavo, “como já havia a admiração mútua, quando sacamos nossas afinidades não tinha o porquê de não fazermos algo juntos. Ao surgir o esqueleto de ‘Ricochet’, pensei no Apeles na hora“, aponta o músico, que além da carreira solo também integra a banda Scalene.

 

Melancólica, a letra de “Ricochet” abre reflexão para o conceito de sombra, aquele “aspectos da nossa psique que se reprimimos ou negamos, de alguma forma ricocheteiam“, destrincha Gustavo sobre o fundo temático da canção. “Integrar esses pontos da sombra no caminho de nos conhecermos melhor e, consequentemente, de convivermos melhor em sociedade, eu acho algo fascinante e inspirador“, completa o compositor.

 

Sobre o processo de gravação, Apeles conta que ele e Gustavo compartilharam uma pré bem adiantada para auxiliar no direcionamento estético de “Ricochet”. Isso acabou gerando um campo fértil para a exploração percussiva do músico convidado Kabé Pinheiro e na elaboração de ideias por parte do produtor musical Lucas Mayer.

 

Lembro quando fomos pro estúdio ouvir os arranjos que o Lucas havia gravado e foi uma sensação linda. Camadas e mais camadas de um sintetizador analógico feito sob encomenda por ele e que deram um toque único para a música“, continua Apeles. “Tudo fluiu com naturalidade e química, praticamente não voltamos a mexer em nenhum dos arranjos que foram gravados“, ele comenta.

 

Dessa parceria, Gustavo destaca a experiência do Apeles, “não só na riqueza de referências e capacidade de abstração, mas em como soubemos respeitar o tempo um do outro, sem pular etapas ou apressar nenhum momento do processo“, celebra o cantor. Já para Apeles, o que chamou a atenção foi a capacidade melódica do Gustavo. “Uma base no violão é o suficiente para uma grande faixa e nisso o Gustavo é especialista. Arrisco dizer que a minha relação com a música ganhou novas e empolgantes visões após essa parceria“, vibra o artista de volta.

 

“Ricochet” – Gustavo Bertoni e Apeles

Lançamento slap/Som Livre – 29 de janeiro/2021

 

Letra
(Gustavo Bertoni / Apeles)

Your eyes,
Cherishing the bottom.
In due time, figure out the x and the ys.

Reaching for the stars,
Pleasing cards.

Your lies,
Wrecking in a stone place.
In your time,
Batching for a last cursed song.

Looking in your eyes,
Bleeding cards.

Faithful signs,
Loyal advice.

Our lust.
Ricochets like fire.
And from dust,
Rises up a brand new sun.

Branches growing old,
In fiery little points.

Faithful signs,
Loyal advice.
These tinders, they come and go.
But fade out when shadows collide.

 

Ficha Técnica:

 

– Música
Vocals: Gustavo Bertoni e Eduardo Praça
Acoustic Guitar: Gustavo Bertoni
Guitar: Eduardo Praça
Synths and Bass: Lucas Mayer
Piano and Synths: Eduardo Praça
Drums and Percussion: Kabe Pinheiro
Trombone: Diego Calderoni Nogueira

Musical Production: Lucas Mayer
Mixing: Rodrigo Deltoro
Mastering: Brian Lucey @ Magic Garden Mastering
Editing: Lucas Mayer

 

– DOC:
Direção, edição e filmagem: Daniel Barosa

 

Sobre o slap

 

O slap faz parte da vida de quem busca novas experiências musicais e orgulha-se de, desde 2007, fomentar a cena indie e abrir as portas do mercado para novos artistas. Sua missão é potencializar e empoderar a cena musical independente do país, incentivando o midstream e fazendo com que novos sons, originais e arrojados, cheguem a cada vez mais pessoas. O slap carrega em sua história grandes lançamentos de nomes como Maria Gadú e Scalene. Seus representantes têm todos a autenticidade como característica, e entre eles estão Céu, Luthuly, Marcelo Jeneci, Maria Gadú, Gustavo Bertoni e Scalene.

 

@slapmusica

 

 

Assessoria de comunicação Slap – InPress Porter Novelli

Le traitement médicamenteux des troubles de l’érection ne se conçoit que lorsque les causes curables de l’ impuissance ont été recherchées. Les impuissances d’origines psychologiques peuvent être améliorées ou guéries par des thérapies spécifiques. https://www.cialispascherfr24.com/ La reprise d’une activité sexuelle chez un homme fragilisé par l’âge ou une maladie chronique peut être à l’origine d’un accident cardiovasculaire.