Entrevista com a cantora VICKA sobre o lançamento do seu novo álbum “De Cabeça Pra Baixo”

A cantora Vicka lançou o seu novo álbum “De Cabeça Pra Baixo”, pelo selo Midas Music. E não podíamos deixar de conversar com ela, que inclusive participou ano passado do Boomerang Music Live e foi demais. Na entrevista ela contou um pouquinho sobre o seu novo álbum, sobre o seu projeto Sarau da Vicka e muito mais.

 

Release

 

Depois de impactar a internet com seu estilo leve e filosófico, Vicka apresenta ao mundo seu primeiro trabalho completo. O disco conta com 15 faixas que são uma jornada pelo olhar da jovem cantora e compositora tentando decodificar o mundo através de sua poesia. O timbre gentil e convidativo da vocalista leva o ouvinte numa viagem, muitas vezes nostálgica, contada com a ajuda do fiel violão de Vicka.

 

Ouça aqui.

 

Em “Roda Gigante”, atual single da cantora, pode-se entender um pouco mais de sua relação com o passado. O clipe traz uma perspectiva que expande o universo da música e apresenta a artista interagindo com a pequena Eva (filha de Rick Bonadio), que interpreta o seu “eu mais jovem”. Num cenário divertido e cheio de cor, Vicka canta: “Da lembrança que me resta, a memória que ficou é que tudo era festa, tudo tinha muita cor”. É nessa atmosfera lúdica que a mensagem da música segue seu curso e a jovem conclui: “Depois que a gente fica grande, quer que a vida passe devagar”.

 

“O roteiro, criado e dirigido pelas meninas Az Brunas, teve como ideia criar uma interação entre presente e passado, mostrando como ainda carregamos a essência de quando éramos crianças. A vibe retro da filmagem e o cenário do clipe trazem caraterísticas da minha meninice: banho de mangueira, telefone de lata, brincadeiras no quintal e muita imaginação. Espero que o clipe de `Roda Gigante’ possa trazer boas memórias a quem assistir e, para as crianças, ainda mais diversão. ”, Vicka explica com animação.

 

Assista ao vídeo aqui.

 

Vicka é a principal compositora de todas as músicas do álbum que conta com produção de Rick Bonadio e Renato Patriarca. Explorando principalmente elementos acústicos, a sonoridade em “De Cabeça Pra Baixo” é uma paisagem de texturas que colaboram para comunicar a mensagem das letras de Vicka. Seja lembrando dos “bons tempos”, ou pensando nas incertezas do futuro, a jovem compositora consegue trazer questionamentos de forma graciosa. Em uma das faixas, Vicka canta: “Será que alguém sabe dizer onde tudo se perdeu? Perguntei, mas ninguém respondeu”.

 

Das 15 músicas, 8 são composições inteiramente de Vicka, sendo essas “Roda Gigante”, “Pra Você Que Vai Chegar”, “Parece Pressa”, “Pausa, Ela É Dela”, “A Canção Mais Bonita”, “Perigo” e “Você Acredita? ”.  A jovem também colaborou com artistas como Leo Grazz, Rodrigo Castanho, Jéf, Nathan Carvalho e Miguel Cabral nas outras faixas do álbum, trazendo diferentes nuances para a narrativa de amor e paz que a artista trouxe para o projeto.

 

Refletindo sobre o processo criativo do álbum, Vicka comenta: “Desde que comecei a morar em São Paulo e fazer parte do casting da gravadora Midas Music, muita coisa aconteceu e quase tudo mudou. Descobri que muitos dos planos e ideias que temos e fazemos não acontecem como a gente espera. A vida é uma surpresa, incerta e inesperada e, assim como o mundo se transforma, nós e nossas expectativas também vão se adaptando ao longo do tempo. São 15 faixas que contam minhas histórias e reflexões dos últimos 2 anos. ”

 

 

De Cabeça Pra Baixo

 

  1. Roda Gigante
  2. De Cabeça Pra Baixo
  3. Amor da Sua Vida
  4. Cafeína
  5. Pra Você Que Vai Chegar
  6. Parece Pressa
  7. Nosso Quintal
  8. A Vida Não Erra
  9. Pausa #Omundoprecisadepausa
  10. Dançando No Escuro
  11. Ela é Dela
  12. Lado Esquerdo
  13. A Canção Mais Bonita
  14. Perigo
  15. Você Acredita?

 

Através da assessoria de imprensa da Vicka, fizemos uma entrevista bem legal com a cantora, confere ai abaixo:

 

 

Conte para nós um pouco sobre o seu álbum de estreia pela Midas Music, “De Cabeça Pra Baixo”, sobre as músicas inéditas e como foi a escolha para o repertório das 15 faixas.

 

 

 

Você lançou muitas canções durante a pandemia, “Pausa”, ”Cafeína”, “Ela é dela”, “A vida não erra”, para você como foi trazer canções que trazem tranquilidade e paz para os nossos ouvidos?

 

 

 

Em 2018, você lançou um álbum independente chamado “Concreto”, que mudança podemos perceber na Vicka de lá para cá?

 

 

 

Seu álbum tem o título de ““De Cabeça Pra Baixo”, você acha que o mundo também está virado pós pandemia?

 

 

 

Além do single “Roda Gigante”, você pretende gravar mais clipes?

 

 

 

Há a possibilidade do seu novo álbum além das plataformas, sair em físico?

 

 

 

Você criou o Sarau da Vicka e fez algumas apresentações, você pretende continuar com esse projeto?

 

 

 

Ficou muito bacana sua versão de Flagra da Rita Lee, você pretende futuramente gravar músicas de autores que você se identifica?

 

 

 

O que atualmente você está ouvindo na sua playlist musical?

 

 

 

Com a volta aos shows, muitos espaços se abrem, você pretende cair na estrada com sua música?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agradecimentos: Assessoria de Imprensa PERFEXX / VICKA