Fernando Salem, da Banda Vexame, lança lyric video de “B.Ó.” e anuncia novo álbum solo

Assista ao lyric video

 

Ouça o single

 

O cantor, músico e compositor paulistano Fernando Salem lança lançou o lyric video do single “B.Ó.”, primeira amostra de seu novo álbum, “Trilhas do Amor”, programado para chegar às plataformas digitais no dia 8 de abril.

 

Em seu quinto registro solo, Fernando Salem, acostumado a gravar suas próprias canções, surpreende como intérprete dos seus ídolos e apresenta duas inéditas. O disco é recheado de composições românticas de Caetano Veloso, Reginaldo Rossi, Tom Jobim, Johnny Alf e Erasmo Carlos, entre outros. Das doze músicas que compõem o repertório, as duas novidades de Salem são o samba “Pro Nelson, Pro Cezinho, Pro João” e “B.Ó.”, um brega pop bem-humorado, escolhido como single inaugural desse novo trabalho.

 

“Para batizar esta música, me apropriei da expressão que se refere à abreviatura de boletim de ocorrência e se tornou gíria corrente. Ela fala das queixas de um amor romântico e expressa toda a minha paixão por Reginaldo Rossi, Odair José e Fernando Mendes. A sonoridade típica do Norte do Brasil com pegada ska está presente nela” – comenta Fernando.

 

“B.Ó.”, assim como todas as outras faixas do álbum, foi gravada no estúdio Vidal Records (São Paulo). A produção é do  próprio Salem, que além de cantar, tocou violão, guitarra, cavaquinho, baixo e fez as programações. Parar a gravação, ele contou com o apoio do super-time formado por Swami Jr. (violão, violão 7 cordas e requinto), Marcelo Freitas (sax e clarinete), Adriano Busko (percussão) e Joel Timoner (bandolim). A mixagem e a masterização foram realizadas por Sérgio Soffiatti. Quem assina a capa é o artista plástico Paulo Monteiro.

 

Sobre o artista

 

Fernando Salem é músico, compositor, cantor, instrumentista, diretor musical e roteirista. Sua carreira começou aos 20 anos, excursionando pela Europa ao lado de artistas como Swami Jr. e Skowa. De volta ao Brasil, no auge da onda pop dos anos 80, juntou-se a Paulo Miklos e realizou diversos shows por todo o país. Em 1986, gravou com a banda Clínica um álbum homônimo, produzido por Liminha. O disco trazia o hit “Trauma”, que entrou na trilha sonora da novela Sassaricando (TV Globo).

 

Nos anos 90, idealizou e fundou a Banda Vexame junto com Marisa Orth. Ao lado de André Abujamra, Salem produziu o álbum “Vexame” (Sony Music), que fez estrondoso sucesso e transformou o grupo numa sensação nacional. Em 2002, se lançou em carreira solo com o álbum “Disco”, que foi sucedido pelo premiado e celebrado “Rugas na Pele do Samba” (2010), com participações especiais de Caetano Veloso, Arnaldo Antunes e Paulo Miklos.

 

Salem participou da edição histórica da série Grêmio Recreativo MTV, em 2011, ao lado de Arnaldo Antunes, Augusto de Campos e Péricles Cavalcanti, entre outros. Em 2018, lançou o álbum e o cine-show “Eu Segundo Eu”, com direção de Tadeu Jungle e participações de Arnaldo Antunes, Caetano Veloso, Marisa Orth e Paulo Miklos. Em 2020, foi a vez do super autoral “Dentro”, álbum com repertório íntimo e confessional, e os convidados Marcos Suzano, Swami Jr., André Abujamra e Verônica Ferriani.

 

Fernando Salem se destaca também pela criação de canções e trilhas para séries infantis, como Castelo Rá-Tim-Bum, Cocoricó, Vila Sésamo e Rádio Zoo. Foi responsável pelo roteiro e trilha sonora do programa Incluir Brincando (TV Cultura), indicado ao Emmy Awards, em 2015.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: BATUCADA Comunicação