Gustavo Bertoni faz de seu novo EP “A More Translucent Haze” epílogo de sua própria sonoridade

Produção musical traz as assinaturas de Lucas Mayer e Apeles e chega às plataformas de áudio nesta sexta (25)

 

O músico, cantor e compositor Gustavo Bertoni (slap) divulga hoje e por completo seu mais novo EP “A More Translucent Haze”ouça aqui . O projeto traz quatro faixas: as já conhecidas “Ricochet” e “Old Ghosts, New Skin”, e as inéditas “Moon Bath” e “River Dry”. O lançamento do EP sai pelo slap, selo da Som Livre, e a produção musical é de Lucas Mayer – com exceção de “Old Ghosts, New Skin”, que leva a assinatura de Apeles (Balaclava Records).

 

A More Translucent Haze” é um registro transitório de Gustavo e, talvez como nos sugere o clipe de “Old Ghosts, New Skin”, de um contexto também mais coletivo. Contemplativo, o EP traz momentos de melancolia, mas também de otimismo, como um abrir de olhos depois de muito tempo mirando o escuro. São cores suaves e contornos não identificáveis que marcam um novo cenário, repleto de diferentes possibilidades – ou seriam novas perspectivas?

 

“É um projeto mais fragmentado, eu diria até desconfigurado. Este EP funciona como um epílogo da sonoridade que eu trouxe até aqui, sobretudo em relação ao meu último disco, mas atualizado com ideias mais recentes e que estavam represadas”, explica Gustavo. “Atualmente me sinto ativo, buscando por mais liberdade, vigor, tanto na rotina, com mais exercícios e novos hábitos, quanto na produção musical em si. Posso dizer que nessa toada o EP acabou ganhando movimentos novos e que, possivelmente, também dão pistas do que eventualmente poderá vir pela frente”, ele completa. E estas nuances destacadas por Gustavo em “A More Translucent Haze” podem facilmente ser creditadas também pelas colaborações de Apeles e Lucas Mayer no processo de gravação.

 

“O Lucas tem muita experiência. É um ótimo produtor e arranjador, além de ser um cara bastante sensível. Temos algumas afinidades musicais e trabalhar com ele sempre rola muito bem. E com o Apeles aconteceu igual. Desde as primeiras demos ele já trouxe muita coisa. O Apeles é um músico com muito vocabulário, ele foi me conduzindo em muitas ideias. Quando vi já estava tirando a música do violão e levando pro piano, só isso já deu outra cara para o som. Com certeza os dois me trouxeram bastante coisa nova, aprendi bastante neste processo todo”, reflete Gustavo.

 

Vale lembrar que os três já haviam trabalhado juntos em “Ricochet”, primeiro single do EP, feito em parceria entre Gustavo Bertoni e Apeles, com produção de Lucas Mayer. A canção ganhou um clipe tocante dirigido por José Menezes. “Old Ghosts, New Skin”, por sua vez, foi o segundo single, lançado semanas atrás e que também ganhou clipe próprio , com direção do duo Cinza.

 

“Moon Bath” quase entrou no álbum anterior de Gustavo Bertoni, ” The Fine Line Between Loneliness and Solitude (2020) “. A versão dela participante no EP é exatamente a mesma captada e produzida por Lucas Mayer na época do disco. “River Dry” é um audio note inédito de Gustavo, feito num contexto mais caseiro e pautado no protagonismo do cantor e de seu violão, conferindo aos fãs uma audição ainda mais fresca e íntima dentro do repertório do novo trabalho.

 

EP “A More Translucent Haze” – Gustavo Bertoni

Lançamento slap/Som Livre – 25 de junho/2021

 

Ficha técnica – EP A More Translucent Haze (2021), por Gustavo Bertoni

“Moon Bath”

 

Produção musical: Lucas Mayer

Voz e violão: Gustavo Bertoni

Sintetizadores: Lucas Mayer e Max Van Dusen

Zhongruan: Lucas Mayer

Tablas: Raimund Engelhardt

Beat: Max Van Dusen

Violino: Luiz Amaro

Violino: Amanda Martins

Viola: Ricardo Kubala

Violoncelo: Adriana Holtz

Arranjo de Cordas: Eduardo Canavezes
Mixado por Ricardo Ponte

Masterizado por Erwin Mass

 

“Old Ghosts, New Skin”

 

Produção musical: Apeles

Voz e violão: Gustavo Bertoni

Baixo: Gustavo Bertoni

Piano: Gustavo Bertoni

Guitarra: Gustavo Bertoni

Sintetizadores: Apeles, Lucas Mayer e Gustavo Bertoni

Teclados: Apeles

Bateria: Kabé Pinheiro

Violino: Felipe Pacheco Ventura

Viola: Felipe Pacheco Ventura

Arranjo de cordas: Eduardo Canavezes
Mixado por Ricardo Ponte

Masterizado por Erwin Mass

 

“Ricochet”

 

Produção Musical: Lucas Mayer
Vocais: Gustavo Bertoni e Apeles

Violão: Gustavo Bertoni

Guitarra: Apeles

Sintetizadores e Baixo: Lucas Mayer

Piano e Sintetizadores: Apeles

Bateria e Percussão: Kabé Pinheiro

Trombone: Diego Calderoni Nogueira

Musical Production: Lucas Mayer

Mixado por Rodrigo Deltoro

Masterizado por Brian Lucey no Magic Garden Mastering

 

“River Dry”

 

Voz e violão: Gustavo Bertoni
Mixado por Ricardo Ponte

Masterizado por Erwin Mass

 

Instagram

Spotify

YouTube

 

Sobre Gustavo Bertoni

 

A trajetória solo de Gustavo remonta de 2015, com o lançamento do disco The Pilgrim . Na sequência vieram mais dois: Where Lights Pours In (2018) e The Fine Line Between Loneliness and Solitude (2020) . “Old Ghosts, New Skin” é a primeira canção dele totalmente solo e inédita este ano. Em Janeiro, num feat. com Apeles (Balaclava Records), Gustavo nos mostrou “Ricochet” e ao lado de Giovanna Moraes (independente) disponibilizou “Como Queria Te Deixar Entrar” em Abril. No mês de Junho de 2021, Gustavo divulgou o single “Old Ghosts, New Skin” convocando na sequência o seu EP mais recente, “A More Translucent Haze”. Paralelamente, Gustavo também segue como integrante fixo da banda de rock Scalene.

 

Sobre o slap

 

O slap faz parte da vida de quem busca novas experiências musicais e orgulha-se de, desde 2007, fomentar a cena indie e abrir as portas do mercado para novos artistas. Sua missão é potencializar e empoderar a cena musical independente do país, incentivando o midstream e fazendo com que novos sons, originais e arrojados, cheguem a cada vez mais pessoas. O slap carrega em sua história grandes lançamentos de nomes como Maria Gadú e Scalene. Seus representantes têm todos a autenticidade como característica, e entre eles estão Céu, Luthuly, Marcelo Jeneci, Maria Gadú, Gustavo Bertoni e Scalene.

 

@slapmusica

 

 

 

 

 

 

 

Com informações:  Assessoria de comunicação slap – InPress Porter Novelli