Ithamara Koorax celebra 30 anos de carreira e lança seu 25º disco, “All Around The World” em turnê pelas unidades do SESC em São Paulo

Eleita uma das três melhores cantoras de jazz do mundo – ao lado de Diana Krall e Casandra Wilson – pela revista DownBeat, Ithamara Koorax celebra 30 anos de carreira com um novo show e o lançamento do seu 25º CD, “All Around The World”. Com direção musical e arranjos de Arnaldo DeSouteiro (que trabalhou por duas décadas com João Gilberto), o piano de Paula Faour, o baixo de Jorge Pescara e a bateria de Cesar Machado, irá também comemorar os 60 anos da Bossa Nova relembrando suas colaborações com os maiores expoentes do estilo: Tom Jobim (que fez sua última gravação ao lado de Ithamara, em 1994), Luiz Bonfá (que dividiu um álbum com a cantora em 1996), João Gilberto (de quem gravou a obra completa em 2009, em CD aclamado pelo jornal The New York Times e lançado em dois concertos lotados no Auditório Ibirapuera), Marcos Valle (que já participou de três discos de Ithamara e com quem excursionou por dois anos), Dom Um Romão (seu baterista durante cinco anos, inclusive em memoráveis shows no SESC-SP) e João Donato (parceiro em shows no Bourbon Street, Blue Note-RJ e também no SESC-SP). Além deles, Ithamara também trabalhou com Edu Lobo, Baden Powell, Milton Banana, Paulo Moura, Eumir Deodato, Raul de Souza, João Palma, o grupo Os Cariocas e outros grandes mestres da Bossa Nova.

 

Tudo isso acontecerá em três únicas datas no mês de Setembro, marcando o retorno de Ithamara Koorax ao circuito SESC-SP depois de três anos de negociações. Dia 4 no SESC 24 de Maio, Dia 5 no SESC Campinas e Dia 7 no SESC Santo André. “Será uma alegria voltar a cantar nessas cidades, lembrando que São Paulo é uma cidade muito especial na minha vida, onde fiz meu primeiro show (!!!) há exatos 30 anos, ao lado de Guinga & Paulo Cesar Pinheiro, e que sempre me recebe com tanto carinho”, comenta Ithamara.  Os últimos concertos de Ithamara em SP foram em 2012, no Auditório Ibirapuera, ao lado da Orquestra Jazz Sinfônica. “Somente a visão empreendedora da fantástica equipe do SESC, comandada por Danilo Miranda, poderia viabilizar esse meu retorno para apresentar o mesmo show que faço no exterior, sem concessões de qualquer espécie”.

 

Eleita já 12 vezes uma das melhores cantoras de jazz do mundo pela DownBeat e outras revistas, Ithamara gravou 10 temas para trilhas sonoras da TV Globo, 5 trilhas para filmes, e trabalhou com os maiores nomes da MPB (Tom Jobim, Elizeth Cardoso, Tim Maia, Tito Madi, Guinga, Martinho da Vila, Hermeto Pascoal, Paulo Cesar Pinheiro) e do jazz mundial -Ron Carter, Larry Coryell, Dave Brubeck, John McLaughlin, Gonzalo Rubalcaba, Claus Ogerman, Sadao Watanabe, Jay Berliner, Eumir Deodato, o grupo Azymuth e muitos outros. Já se apresentou em mais de 20 países: EUA, França, Inglaterra, Suiça, Alemanha, Japão, Coréia do Sul, Sérvia, Bulgaria, Portugal, Chipre, República Tcheca, Finlândia etc.

 

Iniciou a carreira fazendo backing vocal para Tim Maia e Bebeto, e dividindo o palco em shows com Tito Madi. Logo depois começou a trabalhar com a dupla Guinga e Aldir Blanc. Amadrinhada por Elizeth Cardoso, que a assistiu num show em 1989 com Guinga & Paulo Cesar Pinheiro na casa noturna “Vou Vivendo” em São Paulo, partiu em 1990 para a carreira-solo. Naquele ano, emplacou seu primeiro sucesso nas rádios: “Iluminada”, tema da série Riacho Doce, da TV Globo, e recebeu o Prêmio da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). Em seguida viajou para shows no Japão (a primeira de sete turnês) e gravações nos Estados Unidos. O primeiro CD, “Ithamara Koorax Ao Vivo”, ganhou o Prêmio Sharp (hoje Prêmio da Música Brasileira) em 1994.

 

A cantora já se apresentou em alguns dos principais palcos do planeta em mais de 20 países – do Teatro Municipal (Rio) ao Jazz Café (Londres), do Auditório Ibirapuera (São Paulo) ao Carreau du Temple (Paris), passando também pelo Blue Note, CUNY – City University of New York (NY), Martinus Concert Hall (Helsinki), EBS Space (Seoul), Sanyo Hall (Tokyo), U Stare Pani (Praga), Mahoganny Hall (Berna), Moods (Zurich), Unterfahrt (Munich), além de festivais de jazz em toda a Europa, e sete excursões pela Ásia. O show incluirá músicas de João Gilberto, Tom Jobim, Miles Davis, Cole Porter e Johann Sebastian Bach, entre outros mestres.

 

04/09/19, quarta-feira, 21h

 

Teatro SESC 24 de Maio (216 lugares)

Rua 24 de Maio, 109, Centro, 01041-001, São Paulo

Ingressos: R$40,00 / R$20,00 / R$12,00

Classificação Livre

 

05/09/19, quinta-feira, 20h30

 

Teatro Sesc Campinas (155 lugares)

Rua Dom José I, 270/333, Bonfim, 13070-741, Campinas

Ingressos: R$17,00 / R$8,50 / R$5,00

Ingressos a venda a partir do dia 27/08.

Classificação Livre

 

07/09/19, sábado, 20hs

 

Teatro Sesc Santo André

Rua Tamarutaca, 302, Vila Guiomar, 09071-130, Santo André

Classificação Livre

 

 

Com informações: Miriam Martinez – Assessoria de Imprensa