LAURA JANNUZZI LANÇA CLIPE E MÚSICA “SEDE DA MANHÔ, COM A PARTICIPAÇÃO DE CÉSAR LACERDA

A canção dá nome ao segundo álbum da cantora e compositora mineira, que tem lançamento previsto para novembro.

 

Ouça aqui “Sede da Manhã” (Selo Sensorial Centro de Cultura): https://onerpm.link/SedeDaManha

 

Assista ao clipe:  https://youtu.be/51NTc8TbdhY

 

 Laura Jannuzzi começa uma nova fase em sua carreira com o lançamento do single “Sede da Manhã”, com a participação do cantor e compositor César Lacerda. A música, que será disponibilizada em todas as plataformas digitais no dia 24 de setembro, é a faixa-título do segundo álbum da cantora e compositora mineira, reconhecida por sua voz marcante e pelas suas composições poéticas.

 

Com uma levada de MPB moderna, que cresce com a intensidade do som do piano e a força do cello, “Sede da Manhã” evoca uma necessidade vital, instintiva, tal qual a sede de todas as manhãs por algo. Neste caso, sede de um novo dia, de uma nova história. “Essa música representa a ruptura com uma fase de escuridão e a conexão com uma nova era, onde o lema é ‘quero mesmo é me fazer feliz’, um dos versos da faixa. ”, conta Laura Jannuzzi. Além de César Lacerda, a cantora é acompanhada pelos músicos Lautaro Michaux (piano), Federico Puppi (cello) e Raul Misturada (produção musical).

 

A canção ganhou um vídeo que revela uma diversidade de linguagens, ilustrações e técnicas de animação, como a rotoscopia e a tradicional. Segundo a diretora do clipe, Amanda Pomar, esse trabalho foi construído e filmado durante a pandemia, o que gerou grandes desafios para a equipe. “Acho que conseguimos costurar as várias narrativas possíveis que a música pode falar. É uma animação sobre essa ânsia da incerteza, essa sede daquilo que se quer ficar e voltar, mas não se consegue. E o único caminho é o futuro, por mais apreensível que seja nesse momento. ”, explica.

 

Assinam a animação do vídeo o coletivo Inhamis (Lucas Borges, João Pedro Castanheira, Fernanda Roque, Amanda Pomar e Francisco Franco). A direção é de Amanda Pomar, codireção de Mia Mozart e fotografia de Caio Deziderio. Assista aqui: https://youtu.be/51NTc8TbdhY.

 

Em seu novo álbum, “Sede da Manhã” (Selo Sensorial Centro de Cultura), Laura Jannuzzi pretende apresentar ao público um trabalho mais denso e maduro, evidenciado por canções potentes em subjetividade e qualidade estética e poética, que geram identificação e sensação de pertencimento em quem as escuta. “Espero que minha música toque as pessoas, emocione, que elas se sintam reviradas com as histórias e se vejam como os personagens principais de cada canção. ”, revela a cantora.

 

Sobre Laura Jannuzzi: 

 

Nascida em Palma, no interior de Minas Gerais, Laura construiu sua carreira guiada pelos encontros. Através de parcerias com compositores, artistas e instrumentistas de diversas gerações, foi reunindo ao longo dos anos um considerável repertório autoral, que se destaca pela originalidade e versatilidade de suas composições. Alguns artistas que gravaram suas músicas: Clara Castro, Carol Serdeira, Imbapê, Nêga Lucas, Alice Santiago, Tata Chama e as Inflamáveis, entre outros.

 

Desde 2004, a cantora mora em Juiz de Fora (MG), cidade que começou a trabalhar profissionalmente com música. Foi no “Encontro de Compositores”, evento mensal que reúne artistas para exposições curtas de suas canções, que Laura conheceu boa parte da cena autoral da cidade. Acompanhada por guitarra, bateria, teclados e percussão, ou sozinha com seu violão, a artista oferece um show sutil e profundo, no qual poesia e musicalidade são igualmente primordiais.

 

Laura participou de diversos festivais e ganhou prêmios como Melhor Canção, no Festival de Música Popular Livre (Barbacena, MG, 2016), foi selecionada entre milhares de artistas para Fenac – Festival Nacional da Canção (2013) e Fun Music Festival (Uberlândia, MG, 2013 e 2016), para a Mostra FEMUCIC (Maringá, PR, 2016), para o Web FestValda (Rio de Janeiro, Fundição Progresso, 2016), recebendo menção honrosa na lista do Prêmio Melhores da Música Brasileira ed. 2017 do Embrulhador e ficando entre os semifinalistas do Prêmio Profissionais da Música 2017 (PPM), na categoria autora/compositora.

 

Sua estreia no mercado fonográfico foi em 2016, com o lançamento de seu primeiro disco, “Ondes” (Tratore), álbum que registra os primeiros passos de uma história perpassada por muitos lugares. Iniciando um novo ciclo, atualmente a cantora se prepara para apresentar o amadurecimento de seu trabalho em “Sede da Manhã”, registro do que se vê além nesse caminho.

 

Letra da música – “Sede da Manhã” / Laura Jannuzzi e Pablo Quaresma 

 

Bom lugar

À margem do seu peito

Onde estou me sinto importante

 

Procurei desesperadamente

Encontrei motivos pra seguir

 

Pra matar a sede da manhã

Pra perder o medo do futuro

E ir de coração

 

Despejar a alma e passear

Agora o meu segredo vou contar

Quero mesmo é me fazer feliz

 

A pressa atrapalha o caminhar

O grito apavora a multidão

Te ver feliz

Te ter em mim

No mundo algo melhor não há

 

 

Capa single “Sede da Manhã” (crédito: Amanda Pomar) – Laura Jannuzzi (crédito: Thiago Britto)

 

Links para a artista:

 

Facebook: https://www.facebook.com/laurajannuzzioficial

Instagram: https://www.instagram.com/laura_jannuzzi/

YouTube: https://www.youtube.com/user/ljannuzzi

 

 

 

 

Com informações: Luana Ribeiro Assessoria de Imprensa