Lukinhas lança “Confissões de um Tralha Romântico”, primeiro álbum de estúdio de carreira

Projeto chega às plataformas pelo selo Inbraza e traz feats com Rebecca, Ruxell, YOÙN e Thiago Pantaleão, entre outros

  

Lukinhas lançou nesta quinta-feira (07) pelo selo Inbraza o seu primeiro álbum de estúdio. Intitulado “Confissões de um Tralha Romântico”, o artista revelação da música nacional – que já colaborou com nomes como Emicida, Gloria Groove e Iza – traz neste novo trabalho a mistura perfeita entre pop, r&b, pagode, com pitadas de música urbana e elementos do funk e do trap – https://ffm.to/confissoesdeumtralharomantico (OUÇA AQUI).

 

Além do álbum, Lukinhas lançará o clipe de “Pirraça”, na sexta-feira (8), às 12h, faixa-foco do projeto – assista aqui. Para esta nova etapa profissional, o artista faz uma autoavaliação: “Me vejo um pouco mais sério, mais maduro nas letras, mas o humor estará sempre presente no meu trabalho. O público vai ouvir muitas coisas engraçadas também”.

 

“Confissões de um Tralha Romântico” tem a presença da dupla Ruxell Pablo Bispo, produtores do Inbraza – selo pop da Som Livre em parceria com a Liga Entretenimento – e mentes por trás de grandes sucessos da indústria fonográfica brasileira como “A Queda”, “Fé” e “Triste com T”.

 

O projeto conta com 10 faixas e chega recheado de participações especiais como Rebecca (dona dos hits “Deslizo e Jogo”, “Ao Som do 150” e “Sento com Talento”), Thiago PantaleãoMultiRuxellCastilholFraga e o duo YOÙN, este último um dos principais nomes do jazz nacional contemporâneo. Além do single “Posturada” e “Pirraça”, nova música de trabalho do artista, completam o álbum as tracks: “Onda Maluca”, “Na Janela”, “Desejo”, “Band”, “Beijinho, Balão e Vrau”, “Nuvem de Algodão”, “Não Foi Vacilação” e “Amor Bandido”.

 

A ideia para o título do álbum, por sua vez, surgiu de uma característica marcante da personalidade de Lukinhas. “Eu sou um cara pegador, mas que ao mesmo tempo sofre muito por amor. Por isso, são as confissões de um tralha romântico”.

 

Sobre o novo trabalho, Lukinhas aconselha de forma divertida: “Não ouve bêbado. Você vai chorar. Eu tenho amigos que choraram ouvindo esse álbum (risos)”, conclui o artista.

 

Link do ÁLBUM: https://ffm.to/confissoesdeumtralharomantico

 

Álbum “Confissões de um Tralha Romântico” – Lukinhas

Lançamento Inbraza/Som Livre 

 

Tracklist:

 

1 – Onda Maluca

2 – Posturada 

3 – Pirraça 

4 – Na Janela (feat. Fraga)

5 – Desejo

6 – Band (feat. Rebecca) 

7 – Beijinho, Balão e Vrau (feat. Ruxell)

8 – Nuvem de Algodão (feat. Thiago Pantaleão & Multi) 

9 – Não foi Vacilação (feat. Castilhol)

10 – Amor Bandido (feat. YOÙN) 

 

Faixa a Faixa

 

Onda Maluca

“Essa música surgiu na mesma vibe de escrever para outras pessoas e tal, e o Pablo chegou e falou: ‘Por que você não faz uma música pra você?’. E comecei a escrever sobre um toco que levei de uma menina. Ela ficava falando pra mim que só me via na TV, no TVZ e eu fui botando tudo isso na música. Foi assim que fiz ‘Onda Maluca’, numa tour de pagode”. 

 

Posturada

“A versão pop dessa música não poderia ficar de fora desse álbum”.

 

Pirraça

“Tem muito tempo que eu estudo essa música. Parece que a música estava esperando o momento certo pra sair. Tipo, não tinha momento melhor. Porque esse álbum tem mistura de pagode com pop e essa música é justamente pagode com pop”. 

 

Na Janela (feat. Fraga)

“Foi a primeira música que eu escrevi com o Fraga e no mesmo dia que a gente se conheceu. A música é inspirada na história do tio dele, que quando se apaixonou pela tia, ele ficava olhando ela pela janela. Sempre que ela passava, ele ficava observando ela pela janela. Até que ele tomou coragem de falar com ela e estão juntos até hoje”. 

 

Desejo

“Foi a primeira música do álbum. Eu escrevi para um outro artista, mas quando mostrei pro Pablo ele disse ‘Pô mano, acho maneiro você mandar pra artista, mas você tá dando um sucesso seu para outra pessoa’. Aí mostrei para o Ruxell, que ouviu, gostou à beça e concordou com o Pablo, E ainda disse ‘Mano, acho que é por aí que tu tem que ir’. E foi através dessa música que surgiu o álbum”. 

 

Band (feat. Rebecca)

“Foi mais uma desilusão amorosa. Ao mesmo tempo que o cara é tralha, ele também sofre de amor. Sou canceriano, não tem como. ‘Band’ é de uma menina que passou pela minha vida. Estávamos ficando juntos e eu comecei a perceber que ela estava me usando, acho que ela queria alguma coisa de mim e não queria tipo tanto amor, ela queria mais a parte do prazer”. 

 

Beijinho, Balão e Vrau (feat. Ruxell)

“Por mais que seja o nome, a música não é sobre isso, tá ligado? Dizendo que não quero só isso pra pessoa, entendeu? Não é só beijinho, balão e vrau. Eu tô dizendo que quero dar rolé pelo Rio de Janeiro com a menina, ter algum lance sério. Eu não quero só beijinho, balão e vrau”. 

 

Nuvem de Algodão (feat. Thiago Pantaleão e Multi)  

“É a música mais vintage do álbum. Um feat com o Thiago Pantaleão inspirado em Bruno Mars e Anderson Paak. A música é para marolar durante o álbum. Não é uma música de trabalho, é diferente, mas o resultado ficou maneiro e vocês vão gostar”. 

 

Não foi Vacilação (feat. Castilhol)

“É um feat com o Castilhol, com quem fiz meu primeiro trabalho como produtor. Ele trabalha com a Ludmilla e eu resolvi chamá-lo para essa música. É sobre um momento meio íntimo que todo casal passa. É sobre uma mulher que está ligando pro cara, que não atende enquanto ele a está ‘homenageando’ no banheiro.”

 

Amor Bandido (feat. YOÙN)

“Você não pode ouvir bêbado, ainda mais se tiver uma desilusão amorosa. Você vai chorar. É sobre quando eu estava gostando de uma pessoa e quando me declarei, ela disse que ia voltar para o ex-namorado dela”. 

 

Sobre Lukinhas:

 

Lukinhas é mais uma aposta do Inbraza, selo pop da Som Livre em parceria com a Liga Entretenimento e os produtores Pablo Bispo e Ruxell. O cantor cresceu na comunidade de Asa Branca, no Rio de Janeiro, e levanta a força da comunidade, o antirracismo e a igualdade social como suas principais bandeiras. Sua sonoridade é composta pelo melhor da música urbana, através de um mix de pop, R&B, hip-hop, pagode e funk melody.

 

O ano de 2020 marcou a estreia de Lukinhas profissionalmente na cena musical. Seu primeiro lançamento foi “100 Neurose”, que deu nome a um EP com 4 faixas, sendo complementadas com “Luan Santana”, “Seu Corpo” e “Insegurança”. Em seguida, o carioca fez parte do sucesso “Pipa Voada”, em parceria com Rashid e Emicida, que acumula mais de 90 milhões de plays nas plataformas e mais 12 milhões de visualizações no YouTube (e em 2022 será trilha sonora de nova série da Netflix). Ao lado de MC Jotappê, o artista misturou pop e funk no single “Tão Bom” e em parceria com o rapper Pelé MilFlows, Lukinhas lançou “Sol da Favela” no Dia da Consciência Negra, uma releitura do clássico Garota de Ipanema, retratando a beleza da mulher preta da favela.

 

Lukinhas viveu um 2021 de ascensão artística e afirmação no cenário musical brasileiro. Dentre os seus trabalhos, o cantor lançou o primeiro single criado no Clubhouse, “Bala na Bolsa”, um pop urbano com participação das artistas Cammie, Jenni Rocha, Safí e NYNA, colocando o poder feminino em destaque, o single “Passo Mal”, com beat criado pelo próprio artista, “Vem Ni Mim”, hit com de NOG e MC 2Jhow, e fechou o ano com chave de ouro ao apresentar seu novo EP, “Melhor Forma Vol. 1”, com três faixas inéditas e participações de Kiaz, Ana K e Ryan Realcria. Destaque também para a apresentação de Lukinhas no palco do prêmio ‘’Sim à Igualdade Racial’’, ao lado de nomes como Ludmilla, Gloria Groove e Xamã. Lukinhas abriu 2022 com o single “Posturada” – que posteriormente ganhou nova versão em pagode ao vivo, em parceria com Mumuzinho -, e se apresentou no festival Rock The Mountain, em Itaipava/RJ. No segundo semestre, o artista apresenta seu primeiro álbum de estúdio da carreira, “Confissões de um Tralha Romântico”, com participações de nomes como Rebecca, Ruxell, Thiago Pantaleão e o duo YOÚN.

 

Acompanhe Lukinhas nas redes:

 

https://www.instagram.com/eulukinhas

https://www.youtube.com/c/Inbraza1

https://twitter.com/eulukinhass

 

Sobre Inbraza

 

O selo pop é uma parceria da Som Livre com a Liga Entretenimento e os produtores Pablo Bispo e Ruxell. O objetivo é apostar em novos nomes com diferentes sonoridades e formatos. Entre os artistas que fazem parte do cast inicial estão nomes como Lukinhas, Kynnie, Dada Yute, Ana K, Carol Bambo e o próprio Ruxell.

 

instagram.com/inbraza/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: Nove Letras Assessoria de Comunicação

#SIGA NO INSTAGRAM
Hoje (20/05), é aniversário do cantor, compositor e pintor Bryan Behr @bryanbehroficial que completa 28 anos.

#bryanbehr #boomerangmusic #happybirthday
Hoje (15/05), é aniversário do músico e produtor Brian Eno @brianeno que completa 76 anos.

Foi integrante da banda Roxy Music, mas produziu dezenas de artistas como U2, David Bowie, entre muitos.

#brianeno #happybirthday
#boomerangmusic
Hoje (15/05), é aniversário do cantor e compositor Andrew Eldritch @andrew_eldritch que completa 65 anos.

Vocalista e fundador da banda The Sisters Of Mercy

#thesistersofmercy #andreweldritch #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (15/05), é aniversário do cantor, compositor, ator e multiinstrumentista André Abujamra @andre_abujamra que completa 59 anos.

#andreabujamra #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (13/05), é aniversário do cantor e compositor Sebastião Reis @sebastiao.reis13 que completa 29 anos.

#sebastiaoreis #boomerangmusic #happybirthday
Hoje (13/05), é aniversário do mágico cantor, compositor, pianista e multiinstrumentista Stevie Wonder que completa 74 anos.

#steviewonder #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (12/05), é aniversário do baterista e multiinstrumentista André Jung @andrejung61 que completa 63 anos.

Foi baterista dos Titãs e da banda IRA!

#Andrejung #boomerangmusic #happybirthday
Hoje (12/05), é aniversário do cantor, compositor e guitarrista Clemente @clementetadeu das bandas Plebe Rude e Inocentes.

#Clemente #happybirthday #boomerangmusic