Luna Vitrolira lança álbum de estreia

 Ouça o álbum

 

Assista ao curta-metragem

 

A pernambucana Luna Vitrolira estreia na música com o álbum “Aquenda – o amor às vezes é isso”, trabalho homônimo ao primeiro livro de poemas da multiartista, finalista do prêmio Jabuti 2019. O lançamento traz também um curta-metragem com o mesmo nome, dirigido por Gi Vatroi e Aida Polimeni.

 

O projeto artístico é resultado de um período de 3 anos de imersão de Vitrolira em estudo e criação. A poesia, ponto de partida da narrativa, se une às influências musicais e cênicas da artista para levar o público a uma reflexão sobre temas urgentes da contemporaneidade.

 

“’Aquenda – o amor às vezes é isso’ aborda questões que são profundas e exigem cuidado no trato, na entrega. Essas músicas vão dialogar com a vida das pessoas e com suas experiências nesse mundo. Minha intenção é expor esses temas para falar da nossa liberdade, do nosso autopertencimento, do nosso poder e autonomia sobre nossos corpos, vidas, trajetórias, escolhas como um caminho para cura”, contou Luna Vitrolira.

 

O álbum é composto por 10 faixas autorais que trazem uma diversidade sonora com base na corporeidade da voz de Luna e na estética e rítmica de seus poemas. As músicas apresentam uma fusão de piano, sintetizadores, beats eletrônicos e percussões que dão origem a harmonias e polifonias não convencionais dentro da estrutura pop contemporânea. Esse resultado dialoga com várias influências musicais da multiartista, como jazz, swingueira, brega-funk, rap, maracatu, coco e outros ritmos insurgentes.

 

Em sua narrativa, o disco “Aquenda – o amor às vezes é isso” fala sobre o amor e questiona o modelo romântico ocidental, discutindo temas que envolvem a relação histórica da mulher com a sociedade e o sagrado ancestral. O álbum conta uma história e traz à tona os paradoxos desse sentimento, suas faces e farsas, nas relações afetivas, que implicam violências.

 

O amor é exposto como fato opressor para dizer sobre cura e liberdade. O trajeto discursivo vai desde a densidade de temáticas como abuso, estupro e feminicídio à leveza da abordagem sobre autopertencimento e consciência da ancestralidade. Desse modo, existe tanto uma atmosfera de mistério, intensa e tempestuosa, quanto uma vibração que incita o desejo de dançar.

 

Para participar do disco foram convidadas as poetas Roberta Estrela D’Alva, Mel Duarte, Cristal, Tatiana Nascimento, Bell Puã e Bione; a cantora Xênia França e o poeta e cantor José Paes de Lira. Os arranjos receberam a ciência ancestral e catártica das percussões de Lucas dos Prazeres, a bateria hipnótica de Hugo Medeiros, a leveza do beat eletrônico de Pupillo, a sinergia dos beats eletrônicos de Junior Cabral, o piano virtuoso, ancestral e epifânico de Amaro Freitas, que assina a produção musical, os arranjos, sintetizadores e os beats eletrônicos, e a perspicácia de Bruno Giorgi na mixagem e masterização.

 

“Sei que o trabalho causará impacto, mas a gente pode imergir e afundar sem se afogar. Quero abraçar a história, a sensibilidade e a consciência das pessoas como uma forma de acolhimento. Precisamos falar de um outro Amor que não é esse produto que está no mercado, que não é essa realidade de mentira que nos mata. Podemos construir coletivamente outra versão para o Amor” – dispara Vitrolira.

 

A multiartista pernambucana Luna Vitrolira tem 28 anos. É escritora, poeta, atriz, performer, apresentadora, Mestra em Teoria da Literatura, pesquisadora da poética das vozes e da poesia de improviso do Sertão do Pajeú/PE. Idealizadora dos projetos “De Repente uma Glosa”, “Mulheres de Repente” e “Estados em Poesia”, iniciou sua trajetória aos 15 anos como declamadora de poemas no universo da literatura oral e de Cordel. Ao completar 10 anos de carreira publicou seu primeiro livro de poemas, “Aquenda – o amor às vezes é isso”, finalista do prêmio Jabuti 2019, que tem recebido destaque da crítica nacional.

 

“Aquenda – o amor às vezes é isso” é um lançamento da gravadora Deck e já está disponível em todos os aplicativos de música.

 

 

 

 


Com informações:
Batucada Comunicação

#SIGA NO INSTAGRAM
Há exatamente 13 anos, em 23/07/2011, falecia a cantora Amy Winehouse @amywinehouse aos 27 anos de idade.

#amywinehouse #boomerangmusic
Hoje (23/07), é aniversário do guitarrista e compositor Saul Hudson mais conhecido como Slash @slash que completa 59 anos.

Integrante do Guns n' Roses @gunsnroses 

Foto 📷 @rosshalfin 

#slash #happybirthday #boomerangmusic
The Blues Brothers Live
Hoje (16/07), é aniversário do brilhante cantor e compositor Ed Kowalczky @edkowalczyk da banda Live @livetheband que completa 53 anos.

#edkowalczyk #happybirthday #Live #boomerangmusic
Hoje (16/07), é aniversário do brilhante baterista Stewart Coperland @stewart_copeland da banda The Police @thepolicebandofficial que completa 72 anos.

#thepolice #boomerangmusic #stewartcopeland
A banda MR. BIG FINALIZA SUA CARREIRA COM ‘THE BIG FINISH LIVE’ com dois lançamentos

MR. BIG formada por Eric Martin (vocal principal), Paul Gilbert (guitarra, vocal), Billy Sheehan (baixo, vocal), Nick D'Virgilio (bateria, vocal) - está encerrando sua carreira de 35 anos em GRANDE… com não um, mas dois lançamentos de álbuns. 

O primeiro é o décimo álbum de estúdio, TEN, lançado em 12 de julho. O último álbum ao vivo lançado será The BIG Finish Live, que será lançado em 6 de setembro.

 Lista de músicas 
 
1. Addicted To That Rush
2. Take Cover
3. Undertow
4. Daddy, Brother, Lover, Little Boy (The Electric Drill Song)
5. Alive And Kickin'
6. Green-Tinted Sixties Mind
7. CDFF- Lucky This Time
8. Voodoo Kiss
9. Never Say Never
10. Just Take My Heart
11. My Kinda Woman
12. A Little Too Loose
13. Road To Ruin
14. To Be With You
15. Big Love
16. The Chain
17. Promise Her The Moon
18. Where Do I Fit In
19. Wild World
20. Paul Gilbert Guitar Solo
21. Colorado Bulldog
22. Billy Sheehan Bass Solo
23. Shy Boy
24. 30 Days in the hole
25. Good Lovin'
26. Baba O' Riley

The BIG Finish Live é um novo álbum ao vivo e filme-concerto da turnê de despedida “The BIG Finish” do MR.BIG, onde a banda tocou seu álbum LEAN INTO IT, que vendeu um milhão de cópias, na íntegra, além de clássicos adicionais do MR.BIG. 

Filmado em 4K no Budokan em Tóquio, Japão, em 26 de agosto de 2023, esta performance histórica estará disponível em diversos formatos de alta qualidade: Vinil Preto 180g (3 LP), SACDs Estéreo Híbrido Multicanal (2), MQA -CDs (2), CDs MQA + Blu-Ray (2), Blu-ray 4K Ultra HD (apresentando bastidores e filmagens de entrevistas) e cassete (2). 

Todos esses formatos virão com um livreto/inserção que inclui fotos inéditas de sua apresentação no Budokan, bem como um adesivo ou cartão postal para os fãs.

Aguardem !!

#mrbig #boomerangmusic
A Netflix @netflix soltou o poster da quinta e última temporada da série Stranger Things @strangerthingstv 

A primeira parte da última temporada estreia em 2025, lembrando que ela será dividida em duas partes.

Estão curiosos? 

#strangerthings #boomerangmusic #netflix
Hoje (09/07), é aniversário do brilhante ator e produtor Tom Hanks @tomhanks que completa 68 anos.

#tomhanks #happybirthday #boomerangmusic