MALBÊ reflete a rotina da quarentena no single “Pra mim tá sempre igual”

“Pra mim tá sempre Igual” antecipa seu EP

 

Letras intimistas e pessoais com sonoridades dançantes marcam o trabalho do produtor e compositor MALBÊ, que lança seu primeiro single “Pra mim tá sempre Igual”. A faixa, que chega com um lyric video animado, mostra as variações de humor e ânimo durante a quarentena. A música está disponível em todas as plataformas de streaming de música.

 

Assista ao vídeo: https://youtu.be/WYYq4OD2_vQ 

 

Ouça “Pra mim tá sempre Igual”: https://orcd.co/malbe

 

Produtor e compositor MALBÊ usa de elementos do alternativo e do experimental para criar uma música pop brasileira e intimista. Prestes a lançar seu EP de estreia, o artista radicado em São Paulo prepara seu debut no mercado musical.

 

Fazendo música desde jovem, as canções eram projetos deixados na gaveta, mas com a quarentena, ele começou a mexer em demos do passado unindo samples, midis e todos os instrumentos e arranjos unindo referências sonoras de sua jornada em um caldeirão brasileiríssimo.

 

“Como cresci escutando de jazz a funk brasileiro, acredito que meu primeiro projeto espelha e mistura meus gostos musicais e cria uma espécie de novo gênero, ou talvez só uma bagunça sem regras”, se diverte o artista.

 

O resultado é “MALBÊ DEMO”, um EP que misturará letras pessoais e vulneráveis com sonoridades únicas e pra cima. “Como a criação do EP foi feita 100% em quarentena o resultado foi muita reflexão e solidão, mas também muita energia para tentar ressaltar o lado bom de estar vivo. Assim cheguei a um tom único e especial para as músicas, que com certeza serão melhor aproveitadas durante a quarentena”, conclui MALBÊ.

 

“Pra mim tá sempre Igual” tem produção musical, animação e arte da capa feito pelo artista e está disponível em todas as plataformas de música digital.

 

Assista ao vídeo: https://youtu.be/WYYq4OD2_vQ 

 

Ouça “Pra mim tá sempre Igual”: https://orcd.co/malbe

 

Letra:

Eu não quero acordar

Então me deixa dormir

(é eu sei)

 

o que você vai falar

Tão só me deixa aqui

(é eu sei)

 

Porque se eu acordar

Eu vou ter que

Acabar

Mais um dia sozinho

 

Dançando no meu quarto

pra mim tá sempre igual.

 

 

Nathália Pandeló Corrêa – Build Up Media

http://www.buildupmedia.com.br