Marcelo Falcão chega ao Espaço das Américas com primeiro álbum solo e turnê “Viver”

Apresentação acontece na sexta-feira, 23 de agosto; ingressos já estão à venda

 

Espaço das Américas recebe na sexta-feira, 23 de agostoMarcelo Falcão e seu primeiro álbum solo e turnê “Viver”.

 

Como costumam brincar os fãs de reggae, “coloca o capacete aí, que lá vem pedrada”. O termo é usado para descrever as mais empolgantes gravações do ritmo jamaicano e de outros gêneros musicais a ele relacionados (dub, ragga, rocksteady, ska etc.). E pedrada é o que não falta no primeiro álbum solo de Marcelo Falcão, que por 25 anos colocou voz, carisma, melodias marcantes e uma entrega imensa nos palcos a serviço de um grupo que pode ser incluído sem favor algum entre os três mais importantes do país de 1990 para cá.

 

Sua aguardada estreia individual trilha, a partir da indissociável trajetória à frente do Rappa, rotas por roots, rock, reggae, pop, hip hop, mar e ar, em receitas e vibes pessoais e intransferíveis. O legendário maestro e arranjador Arthur Verocai (Jorge Ben, Marcos Valle, Gal), que contribui com belíssima orquestração na épica faixa “Eu quero ver o mar”, sintetizou bem na observação que fez para Falcão: “Você fala as coisas sérias sem rancor”.

 

Marcelo Falcão avisa que está botando o bloco “na humildade”, usando a voz para “falar coisas direto do coração”, seguindo caminhos que foram se apresentando naturalmente ao longo dos últimos anos. “A grandiosidade eu deixo para o que fizemos no Rappa”, pontua.

 

Mesmo envolvido com a turnê de despedida do grupo, ele foi acumulando ideias e esboços de canções em cerca de 650 arquivos de gravação, cuidadosamente organizados por seu irmão, Vinicius Falcão. A escolha do parceiro para produtor do disco saiu a partir de décadas de afinidade. Mas foi definida por um encontro casual no Baixo Gávea, no Rio de Janeiro, com Felipe Rodarte, que comanda, junto com Constança Scofield, o estúdio Toca do Bandido, fundado por Tom Capone (1966-2004) de histórica importância para o Rappa e para o pop/rock nacional. “Sou timidão, mas quando os vi, pensei: ‘Ih, tá resolvido!’”, explica o cantor.

 

Falcão botou em prática muito do que aprendeu nos anos de janela, ralando e criando em estúdio com feras como Liminha, Bill Laswell, Dennis Bovell, como o uso sagaz de microfones diversos em uma mesma faixa. E também botou as manguinhas de fora tocando sintetizador, synth de baixo, violão, caixa de fósforo e a clássica “guitarra pica-pau” do reggae.

 

Doze das 13 faixas levam a assinatura de Marcelo Falcão. A quarta, “Mais leve que o ar”, em parceria com o mestre pernambucano Lula Queiroga, tem scratches, concisão e grande apelo pop. “Ele escaneou minha alma”, elogia Falcão.

 

Os ingressos já estão disponíveis. Para efetuar a compra, basta ir pessoalmente às bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência) ou acessar o site da Ticket 360 (https://goo.gl/xgibPV). Os ingressos vão de PISTA 1º LOTE: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia).

 

 

Serviço – Marcelo Falcão  | Espaço das Américas 

 

Show: Marcelo Falcão no Espaço das Américas 
Data: 23 de agosto de 2019 (sexta-feira)
Abertura da casa: 21h
Início do show: 23h
Censura: 18 anos
Local:Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)
Capacidade para este evento: 7.500
Acesso para deficientes: sim
Ingressos: PISTA 1º LOTE: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia). 
Compras de ingressos:Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência ) ou Online pelo site Ticket 360 (https://goo.gl/xgibPV)
Formas de Pagamento:Dinheiro, Cartões de CreditoeDebito, Visa, Visa Electron, MasterCard, Diners Club, Rede Shop. Cheques não são aceitos.

Objetos proibidos:Câmera fotográfica profissional ou semi profissional (câmeras grandes com zoom externo ou que trocam de lente), filmadoras de vídeo, gravadores de audio, canetas laser, qualquer tipo de tripé, pau de selfie, camisas de time, correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcóolicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, objetos que possam causar ferimentos, armas de fogo, armas brancas, copos de vidro e vidros em geral, frutas inteiras, latas de alumínio, guarda-chuva, jornais, revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares.

 

Informações a imprensa:

Assessoria Espaço das Américas | Talento Comunicação

#SIGA NO INSTAGRAM
@colinhay @midiorama
Hoje (19/02), é aniversário da jovem atriz Millie Bob Brown @milliebobbybrown que completa 20 anos.

#milliebobbybrown #boomerangmusic #happybirthday #strangerthings
Hoje (19/02), é aniversário do cantor, compositor e ator Evandro Mesquita @evandromesquita que completa 72 anos.

Vocalista da banda Blitz @blitzoficial 

#evandromesquita #Blitz #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (19/02), é aniversário do cantor e compositor Seal @seal que completa 61 anos.

Um dos maiores nomes da música pop.

#seal #happybirthday #boomerangmusic
Se preparem que em agosto vai rolar o Australian Connection Festival @australianconnectionfestival com grandes bandas da Surf Music 

Hoodoo Gurus @hoodoogurus_official 
GangGajang @ganggajang 
SpyS 

Em breve passamos mais informações pra vocês!!

#hoodoogurus #australianconnectionfestival #Surfmusic #boomerangmusic
Lançado em 1984, o filme Footloose completa 40 anos.

O filme conta a história do recém-chegado de Chicago, o jovem Ren McCormak fica frustrado quando descobre que a pequena cidade do interior para a qual se mudou proíbe a dança e a música pop. Com a ajuda de seu novo amigo Willard e da adolescente rebelde Ariel, ele enfrenta uma árdua batalha para mudar a situação local. Mas o reverendo Shaw Moore, pai de Ariel, acaba se transformando em um grande obstáculo.

Dirigido por Herbert Ross e que conta com Kevin Bacon @kevinbacon Lori Singer, Sarah Jessica Parker @sarahjessicaparker John Lithgow e Diane West no elenco.

Clássico dos anos 80.

#footloose #boomerangmusic #40years