Menina do Céu lança EP “A Face Oculta da Lua” com faixas inéditas para os fãs.

A pandemia fez todos nós olharmos para nossa história, nossa trajetória. E com a Menina do Céu, não poderia ter sido diferente. O grupo de Belo Horizonte, centrado na bela voz de Izabella Brant e o sanfoneiro Theo Lustosa, depois de 12 anos de parceria, Cds e DVDs, interrompeu suas atividades em 2017. Theo lançou um disco solo recentemente e Izabella trabalhou em projetos que passearam pelo pop e o jazz, além de viver a maternidade por duas vezes.

 

Foi arrumando os arquivos do computador nesta pandemia que ela se deparou com algumas faixas que foram gravadas em 2013 para o disco Festa no Céu. Pela qualidade, pelos detalhes do registro em apenas um take (sem correções), e o ineditismo das faixas dentro do repertório da banda (ainda que executadas nos shows) é que decidiram tornar público este trabalho num formato de EP, que sai no dia 11 de Junho em todas as plataformas musicais.

 

A Face Oculta da Lua tem o seu título tirado dos versos de seu maior sucesso, Lilith (Theo Lustosa, Paulinho Mota), e revela, em suas três faixas, o mesmo vigor daquela banda que conquistou Minas Gerais a partir dos idos de 2005. O disco abre com Banquete dos Signos (Zé Ramalho), canção que abriu os shows da banda por muitos anos. Em seguida, a leitura xote para Nobre Vagabundo (Márcio Melo) e finaliza com uma versão pra lá de animada de Chiclete com Banana (Jackson do Pandeiro).

 

O tempo pode passar, mas a Menina do Céu é receita certa para animar qualquer pista de forró. Mesmo que seja dentro de casa, com distanciamento. Um presente para fãs saudosos. Aproveitem!

 

 

 

 

Com informações: Produção Menina do Céu