NoPorn reverencia a noite em Geleia de Morango

Faixa é o primeiro single do terceiro álbum do duo de música eletrônica

 

O novo single do NoPorn, “Geleia de Morango”, foi composto antes do fim do mundo, quando a noite ainda respirava vida em ruelas e becos, em inferninhos e boates. Liana Padilha e Lucas Freire viajavam o Brasil com uma agenda de shows bastante agitada entre festivais, festas e casas noturnas. E nesse clima, Geleia de Morango nasceu como uma celebração à noite que inspira liberdade.

 

Ouça aqui.

 

Produzida por Lucas, a faixa evoca a noite selvagem, como mesmo diz Liana, no peito do tigre. “Esta letra fala da força da noite, uma noite mítica de liberdade e experiências, de uma noite que brilha com sons, cores, barulhos de copos, fumaça e pessoas de todos os tipos. A noite como personagem ativa do drama, da vida social de gente que vive nas festas, nos clubes, nas festas de rua, nos buracos. Ela fala de desejo, sexo, amor e do tigre que mora dentro da gente e nos faz sair pra noite, pra ‘selva’, e trocar com outras pessoas.”

 

Mas, diante da pandemia, que trancou todos em casa, a faixa se tornou uma  espécie de lembrança desse espírito libertário que, às vezes, parece tão distante, como comenta Lucas: “A música traz uma melancolia do ritmo de vida pré-Covid19. Acabou virando pra nós um hino não intencional do que foi a noite e do que ainda será; um símbolo de virada, como aquele momento excitante e melancólico em que se vê o amanhecer numa festa. Acabamos trabalhando na música um sentimento que pode ficar entre o electro e o rock – sinto isso expresso na batida forte, básica e contínua do baixo com a bateria, toda molhada de reverbs; no anseio da voz; na franqueza da letra. Estamos na pista, dançando com sombras e esperanças”.

 

 

Ouça aqui e veja o teaser da música aqui.

 

Geleia de Morango” é uma faixa que celebra a noite mítica e a liberdade entre sons, cores, brilhos, fumaças, cheiros e pessoas. Composta no período pré-pandemia, quando Lucas e Liana faziam shows nas madrugadas de diversas cidades do país, a música traz essa atmosfera noturna bastante característica do universo do NoPorn. E é peça chave do novo álbum, ainda sem nome definido, que será lançado em Abril.

 

Show lados b

 

Depois da temporada online de carnaval que Liana e Lucas apresentaram na semana passada, eles se preparam para mais um show da série de apresentações aprovada pelo edital PROAC LAB (Aldir Blanc).

 

Dia 12 de Março, eles vão apresentar um line up recheado de canções lado b, como Fim de Tarde, ExCulpa e GangBang. A transmissão será com acesso gratuito pelo canal do youtube do NoPorn, a partir das 20h.

 

OUÇA GELEIA DE MORANGO AQUI

 

TEASER DA MÚSICA AQUI

 

Lucas Freire e Liana Padilha por foto por Aruan Viola

 

LINKS

 

Facebook

Instagram

Youtube

Twitch

Spotify

Apple Music

Tidal

Bandcamp

 

SOBRE O NOPORN

 

NoPorn é um projeto de poesia eletrônica para dançar. Foi criado na noite de São Paulo no começo dos anos 2000, por Liana Padilha e Luca Lauri, DJs que tocavam juntos por mais de dez anos em vários clubes e festas do Brasil. Luca soltava as músicas e Liana falava textos sobre as bases eletrônicas.

 

Lançaram dois álbuns: O primeiro (“NoPorn”, 2006), é pontual com o começo do século XXI, fala de moda, clubes noturnos, robôs sexuais, sexo casual, o amor perdido, relações com tecnologia e solidão. Já o segundo (“BOCA”, 2016) é sobre encontros, a descoberta da paixão e o amor; o amor e seus ciclos desde a paixão inicial até a entrega; o deslumbre, a moda como poder de causar espanto e prazer, sexo grupal, amores rasos, amores raros, violência. O disco, lançado depois de 10 anos do primeiro, veio num momento em que uma nova geração descobria os ecos de Baile de Peruas, Xingu e Sonia, faixas icônicas do álbum de estreia.

 

Em 2018, com a entrada de um novo integrante, Lucas Freire, que passou a acompanhar Liana nos shows, o projeto ocupou novamente a noite de São Paulo e percorreu os festivais de música de norte a sul do país. Dessa nova troca, surgiu o material para um terceiro álbum, que será lançado em 2021.

 

*“Noporn é pro escuro, estrobo, fumaça. Tem cheiro de sexo e gosto do presente. É spoken word político-romântico pra sussurrar na pista e dançar na cama. Respire fundo. Noporn é para os fortes.”

 

*parte do release do álbum BOCA, escrito pelo jornalista Jackson Araújo.

 

 

 

 

Com informações: Assessoria de Imprensa Café 8