Parceria de Flavia K com Roberto Menescal, “Canção do Sol”, ganha webclipe

(Foto – Gabriel Brasil)

 

Quando conheceu Flavia K, Roberto Menescal se atentou ao blues que sobressaia na voz da cantora, uma adolescente na época. Este brilho que saltou à atenção dele, figura-chave da música brasileira e da bossa nova, vinha também da execução dela ao piano, quando a viu interpretando versões e também as primeiras autorais que estariam, mais tarde, no EP de estreia, Tudo que Soul (2014). A improvável amizade entre a jovem e o músico resultou, depois de algum tempo, na parceria “Canção do Sol”, composta por ela e sua mãe, Anete K, com quem divide a composição das letras, e presente no álbum Janelas Imprevisíveis, lançado em outubro.

 

Na música, Menescal contribui com a guitarra solo que guia, junto ao piano, toda a base da melodia que revive a bossa nova através da boa poesia e de um instrumental notável com leveza e ritmo. Ainda que não intencional, o tema naturalista da letra resgata o estilo dos sonetos parnasianos e, embora escape à erudição, traz em si as qualidades da estética poética, a importância da forma, das figuras de linguagem e do universalismo, tratando de algo tão corriqueiro (mas global) quanto o sol. Essa “arte pela arte”, como deixou registrada a escola literária, abriu o espaço necessário para Flavia e Menescal criarem a identidade de “Canção do Sol” de maneira livre mas que privilegiasse a técnica.

 

Agora, a faixa ganha versão em vídeo com o lançamento de um webclipe com cenas de estúdio. As imagens de gravação mostram Flavia e Roberto em atividade, e também os outros músicos que participam da composição instrumental: Leandro Cabral (piano), Sidiel Vieira (baixo) e Renato Melo (bateria).

 

O álbum Janelas Imprevisíveis é um trabalho autoral com dez faixas que transitam pelo jazz, soul e pela diversidade do contemporâneo e do tradicional, com temas de MPB, bossa nova e até trip hop. O disco é marcado pelos contrastes, como o orgânico e o sintético, e pelo uso de arranjos instrumentais e vocais. Distribuído nos serviços de streaming, Janelas Imprevisíveis foi lançado também em versão física em CD, vendido nos shows. A próxima apresentação de Flavia K acontece na quarta-feira, 18 de dezembro, na Jazz Factory, em São Paulo.

 

Assista “Canção do Sol” aqui.

 

Ficha técnica:

Música:

Flavia K: voz, vocais e piano rhodes

Flavia K e Anete K: letra

Roberto Menescal: guitarra

Leandro Cabral: piano

Sidiel Vieira: baixo

Renato Melo: bateria

Julio Mossil: produção musical

Vander Carneiro (Atelier Studio): mixagem

Luis Lopes (Flap C4 Studio): masterização

Flavia K e Julio Mossil: edição

Voz, pianos e baixo gravados no Estúdio S.A.L.A. (SP)

Guitarra e bateria gravados no Atelier Studio (SP)

 

Vídeo:

Imagens Flavia K e Roberto Menescal: Wanderson de Souza (Focomonster)

Imagens Sidiel Vieira e Renato Melo: Karú Martins

Imagens Leandro Cabral e Flavia K gravando voz: Flavia K

Edição e finalização: Flavia K

 

Serviço show:

Flavia K: show Janelas Imprevisíveis 

Quarta-feira, 18 de dezembro

Jazz Factory Music & Art | Rua Bárbara Heliodora, 536 – Vila Romana | São Paulo

Show às 21h

Ingresso: R$15

 

Siga Flava K: Site oficial | Spotify | YouTube | Instagram | Facebook | Twitter

 

www.supernova.mus.br

Comunicação Musical | Produção Cultural