Pato Fu se apresenta em live pela plataforma #CulturaEmCasa

A plataforma #CulturaEmCasa, a primeira plataforma de streaming de conteúdo cultural das mais diferentes linguagens artísticas, totalmente gratuita, traz neste fim de semana lives de Pato Fu, do cantor Gabeu e do espetáculo Paixões da Alma, baseado na obra do filósofo francês René Descartes. A programação integra o Festival #CulturaEmCasa, veiculado pela plataforma #CulturaEmCasa. Criada em abril do ano passado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e com gestão da Organização Social Amigos da Arte, a plataforma já registrou 5,4 milhões de visualizações em mais de 3 mil conteúdos disponibilizados, atingindo 3.300 mil cidades e 135 países. E envolvendo 13 mil profissionais do setor. (Confira programação deste fim de semana abaixo).

 

O cantor Gabeu se apresenta nesta 6ª feira (11/6), às 21h30. Filho de Solimões (da dupla Rionegro e Solimões), Gabeu descreve seu estilo musical como mistura do pop com suas raízes. O cantor usa o termo Queernejo e prepara o lançamento de seu primeiro álbum sertanejo queer, valorizando as narrativas cujo a figura heteronormativa seja questionada. “É possível encontrar na minha playlist desde Lady Gaga até Minlionário e José Rico”, diz o cantor sobre suas referências.

 

No sábado (12/6), no mesmo horário, é a vez Pato Fu com Fernanda Takai e John Ulhoa. Neste show especial para a plataforma #CulturaEmCasa, o casal apresenta repertório do Pato Fu em formato intimista. A banda, que completa 30 anos em 2022, está celebrando sua discografia ao longo deste ano. Nesta live Fernanda e John tocarão ao menos uma canção de cada álbum autoral já lançado. O repertório contará com canções muito queridas dos fãs.

 

E, no domingo (13/6), também às 21h30, será transmitido o espetáculo Paixões da Alma com a atriz Cláudia Missura. A peça, baseada na obra de René Descartes, concentra-se na expressividade poética de suas ideias. Cláudia Missura prepara um ensopado e dá a receita de como se proteger das paixões que atacam nossa alma. A direção é de Marcelo Romagnoli.

 

“A plataforma #CulturaEmCasa tem como objetivo ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade e contribuindo para estimular a difusão cultural para todo país, disponibilizando conteúdos da mais diferentes linguagens artísticas”, afirma Danielle Nigromonte.

 

Sobre #CulturaEmCasa

 

Lançada em 21 de abril de 2020, a plataforma tem a missão de ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade, 100% gratuitos e difundir a intensa produção cultural do Estado de São Paulo, seus equipamentos e municípios. Até o momento, a plataforma registrou 5,4 milhões de visualizações em 3 mil conteúdos disponibilizados, atingindo 3.300 mil cidades e 135 países. E envolvendo 13 mil profissionais do setor. Este ano, em comemoração ao aniversário de um ano, o #CulturaEmCasa, transmitiu lives de artistas como Tom Zé, Angela Ro Ro, Oswaldo Montenegro e Camila Pitanga.

 

A ferramenta reúne também conteúdos do Teatro Sérgio Cardoso, do Museu da Diversidade Sexual e das instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, entre as quais a OSESP, a Jazz Sinfônica, a Pinacoteca, a São Paulo Companhia de Dança, o Conservatório de Tatuí, o Projeto Guri, Fábricas de Cultura, TV Cultura, Poiesis, Bibliotecas, e os Museus da Imagem e do Som, do Futebol, Índia Vanuíre, Casa de Portinari Felícia Leirner/ Auditório Claudio Santoro.

 

A ideia de difundir o conteúdo produzido por São Paulo se expandiu e a plataforma #CulturaEmCasa firmou parcerias com outras Secretarias Estaduais de Cultura, dentro do projeto Ponte Aérea. Atualmente a plataforma detém e transmite conteúdos do Rio Grande do Sul, como por exemplo, o “Festival de Cinema Negro em Ação” e os concertos da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre; o projeto “Música Conecta” com o Espírito Santo Este mês também foi lançada parceria com o estado do Ceará, em que são transmitidos eventos artísticos de grande porte do cenário cearense como o “Cineteatro São Luiz”, “Porto Dragão Sessions” e “Zona de Criação”.

 

Sobre a Amigos da Arte

 

A Amigos da Arte, Organização Social de Cultura responsável pela gestão dos teatros Sérgio Cardoso e de Araras e do Museu de Diversidade Sexual (MDS), trabalha em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e iniciativa privada desde 2004. Música, literatura, dança, teatro, circo e atividades de artes integradas fazem parte da atuação da Amigos da Arte, que tem como objetivo difundir a produção cultural por meio de festivais, programas continuados e da gestão de equipamentos culturais públicos. Em seus mais de 15 anos, a entidade desenvolveu 58 mil ações que atingem mais de 25 milhões de pessoas.

 

Programação:

11/06 (sexta-feira)

21h30 Festival #CC Gabeu

 

12/06 (sábado)

21h30 Festival #CC Pato Fu – Fernanda Takai e John Ulhoa (foto Ryo Mitamura)

 

13/6 (domingo)

21h30 Festival #CC Paixões da Alma com Cláudia Missura / direção de Marcelo Romagnoli

 

Plataforma #CulturaEmCasa

 

www.culturaemcasa.com.br

 

 

Redes Sociais:

https://www.facebook.com/culturaemcasasp/

https://www.instragram.com/culturaemcasasp/

https://twitter.com/culturaemcasasp

 

 

 

 

 

Com informações: Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo Assessoria de Imprensa