Sesc Belenzinho apresenta shows com Siba (8 e 9) e Bruna Caram canta Gonzaguinha (10)

SESC BELENZINHO RECEBE SIBA COM SHOW “A TURMA TÁ SUBINDO”

 

Apresentação leva o mesmo nome do frevo recém-lançado pelo cantor e compositor pernambucano

 

Nos dias 8 e 9 de abril de 2022, o Sesc Belenzinho recebe o cantor, compositor e rabequeiro pernambucano Siba. As apresentações ocorrem sexta e sábado, às 21h.
Em clima carnavalesco, o músico apresenta o show A Turma Tá Subindo, nome da mesma canção que lançou ao final de fevereiro de 2022, um frevo carnavalesco com diversas participações de artistas pernambucanos.

 

Além da música recém-lançada, o repertório conta com músicas de seu último disco, Coruja Muda (2019) e sucessos tanto da carreira solo, como dos tempos do Fuloresta.

 

Acompanham Siba (voz e guitarra) os músicos Rafael dos Santos (bateria) e Mestre Nico (voz, percussão e sopro).

 

SOBRE SIBA

 

Nascido em Recife, de família com forte ligação com as origens rurais, Siba cresceu entre a cidade e o interior. Desde cedo, teve contato com as tradições da Mata Norte e começou uma longa história de aprendizado e colaboração com os fundamentos da poesia ritmada. Veio a se tornar um dos principais mestres da nova geração do maracatu e dos cirandeiros e, como membro da banda Mestre Ambrósio, desenvolveu um estilo musical inovador e singular.

 

Em 2002, formou o grupo Fuloresta; em 2012, gravou seu primeiro disco solo com nova formação e voltou a tocar guitarra, lançando o disco Avante, aclamado pela crítica.  Em 2015, lançou De Baile Solto e, em 2019, o álbum Coruja Muda.

 

SERVIÇO SIBA

Dias 8 e 9 de abril de 2022. Sexta e sábado, 21h

Local: Teatro (374 lugares)

Ingressos: R$ 40,00 (inteira); R$20,00 (Meia entrada/Credencial Sesc)

Recomendação etária: 12 anos

Duração: 90 minutos

 

BRUNA CARAM CANTA GONZAGUINHA EM SHOW NO SESC BELENZINHO

 

“Afeto e Luta” é celebração ao cantor e compositor carioca, com roteiro assinado por Jean Wyllys

[fotos: bit.ly/bcaram_sesc]

 

No dia 10 de abril de 2022, o Sesc Belenzinho recebe Bruna Caram com o show Afeto e Luta, com interpretações de músicas do Gonzaguinha. A apresentação ocorre domingo, 18h.

 

Concebido originalmente como uma live, apresentada em 2020 pelos canais oficiais da cantora, o show Afeto e Luta foi atualizado para os palcos, a partir do repertório reescrito pelo político, jornalista e professor universitário Jean Wyllys. “Tive a oportunidade de cantar Gonzaguinha e percebi o quão pertinentes são as canções dele até hoje e como é importante que o artista se coloque, dê suas opiniões, e tente transformar o mundo com a sua arte. Acho que foi isso que me trouxe.” conta Bruna.

 

Gonzaguinha era mestre em juntar afetividade com a luta para cantar sobre a realidade brasileira. O clássico O Que É, O Que É?, por exemplo: “Viver e não ter a vergonha de ser feliz | Cantar a beleza de ser um eterno aprendiz| Eu sei que a vida devia ser bem melhor e será |Mas isso não impede que eu repita: É bonita, é bonita e é bonita!”. O ritmo contagiante traz também uma letra com sentido político. E foi no reencontro com o trabalho do artista e enxergando o passado e o presente tão comum, que Bruna Caram viu a necessidade de criar o projeto Afeto e Luta.

 

O músico fez parte de sua adolescência e juventude com a mãe e o irmão ouvindo dentro de casa. Quando começou a tocar sanfona, Bruna passeou mais para o lado de Gonzaga pai. E após surgir a oportunidade de cantar na live de 2020 que a cantora se emocionou com as lembranças e com as letras que se encaixam com o momento atual.

 

SOBRE BRUNA CARAM

 

Bruna Caram é cantora, compositora, instrumentista (toca piano, acordeom e violão), poeta, atriz, ativista e preparadora vocal. Formada em Música pela Unesp (2010), ela tem em sua discografia seis álbuns: Essa Menina (2006, com lançamento no Japão), Feriado Pessoal (2009), Bem-Vindo (2012), Multialma (2015), Alívio (2019) e Alívio Ao Vivo (2021). Nas outras artes, Bruna atuou como atriz, em um dos papéis principais na minissérie Dois Irmãos (2017), como a personagem Rânia, irmã dos gêmeos vividos por Cauã Reymond. Também fez uma participação na série Os Dias Eram Assim, em 2018. Em 2021, Bruna passou a integrar também o júri do programa Canta Comigo, em sua terceira temporada.

 

Como poeta, Bruna lançou em 2021 o livro Pequena Poesia Presente, com texto de contracapa de Cassia Kis. Este é seu segundo livro lançado: o primeiro, Pequena Poesia Passional, é de 2015 e foi lançado de forma independente. A ideia de Bruna é lançar uma trilogia de poesia de bolso até 2025. Bruna também é ativista na campanha de proteção à criança Ninguém Mexe Comigo, e compõe as canções de conscientização para a campanha, que recebeu apoio de Cassio Scapin, Marcelo Jeneci e Tv Cultura. A primeira canção-tema da campanha foi traduzida em várias línguas, ganhou vídeo musical com mais de 20 cantores, e matérias na imprensa de diferentes países. Como preparadora vocal, Bruna é referência na área, pela empresa Cor e Voz, fundada por ela e pela fonoaudióloga Ana Terra Pompeu. Hoje a Cor e Voz atende mais de 80 cantores por semana e já assinaram a preparação vocal de artistas brasileiros importantes como Emicida, Luedji Luna, Marina Lima, Rashid, BNegão. Como compositora, Bruna é parceira de Chico Cesar, Roberta Sá, Zeca Baleiro, Pedro Luís e Paulo Novaes.

 

Em 2022, Bruna prepara o lançamento de seu sétimo disco, em homenagem a Gonzaguinha: Afeto e Luta: Bruna Caram canta Gonzaguinha conta com pesquisa de repertório de Jean Wyllys e preparação de interpretação de Nanan Gonzaga , filha de Gonzaguinha.

 

 

SERVIÇO BRUNA CARAM CANTA GONZAGUINHA

Dia 10 de abril de 2022. Domingo, às 18h

Local: Teatro (374 lugares)

Ingressos: R$ 40,00 (inteira); R$20,00 (Meia entrada/Credencial Sesc)

Recomendação etária: 12 anos

Duração: 90 minutos

 

 PROTOCOLOS DE SEGURANÇA PARA ACESSO E PERMANÊNCIA NA UNIDADE

 

 

Apresentação do comprovante de vacina

Em todas as unidades do Sesc no estado de São Paulo é necessário apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19. Desde dezembro de 2021, o acesso às unidades passa a ser realizado mediante comprovação de duas doses da vacina ou da dose única, e um documento oficial com foto. O público pode apresentar o comprovante físico, recebido no ato da vacinação, ou o comprovante digital, disponibilizado pelas plataformas VaciVida e Conecte SUS, ou pelo aplicativo e-saúdeSP.

 

Máscaras

Recomendamos o uso de máscaras, cobrindo adequadamente boca e nariz.

 

Sesc Belenzinho

Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.

Belenzinho – São Paulo (SP)

Telefone: (11) 2076-9700

www.sescsp.org.br/belenzinho

 

Estacionamento

De terça a sábado, das 9h às 22h. Domingos e feriados, das 9h às 20h.

Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional.

 

Para espetáculos pagos, após as 17h: R$ 7,50 (Credencial Plena do Sesc – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo). R$ 15,00 (não credenciados).

 

Transporte Público

Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: Assessoria de Imprensa Sesc Belenzinho