Sesc Pompéia traz uma programação cheia de atrações em janeiro/2019

Jorge Aragão, Paulinho Moska, Alice Caymmi, Karol Conka, Moraes Moreira e Humberto Gessinger (foto destaque ) são as principais atrações

 

crédito foto Humberto Gessinger – Marco Antonio V. Cunha

 

PROGRAMAÇÃO DE MÚSICA DE JANEIRO NO SESC POMPEIA

 

Jorge Aragão

Considerado o pai do samba, Jorge Aragão faz três apresentações no Sesc Pompeia. “Malandro”, “Coisinha do Pai”, “Vou Festejar”, “Enredo do Meu Samba”, “Eu e Você Sempre”, “Coisa de Pele” e até uma versão para cavaquinho da clássica “Ave Maria”’, de Gounod, estão no repertório. No palco, Jorge estará acompanhado pelos músicos Daniel Aranha (cavaquinho), Luciano Santiago (bateria), Gabriel da Cruz (contrabaixo) e pelos percussionistas Francisco Wilson, José Henrique Andrade, Leandro Maia, Marcia Cristina e Jonas Pinheiro.

 

SERVIÇO:

Jorge Aragão

Dias 03, 04 e 05 de janeiro, quinta a sábado, às 21h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.
Ingressos: R$12 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$20 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$40 (inteira).

Venda online a partir de 18 de dezembro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 19 de dezembro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

 

Thiago Espirito Santo

“Pra te fazer sonhar” é o mais novo trabalho do músico Thiago Espirito Santo. Recheado de composições próprias, entre valsas, baladas e sambas, o disco mostra a maturidade dessa nova fase do artista, expressando um outro significado no tocar. Tocar para emocionar, para compartilhar sensações e sabores com os outros músicos e com a plateia. Esse é o ponto principal desse show. Thiago reuniu seus “irmãos de som”, Cuca Teixeira (bateria) e Bruno Cardozo (piano e teclados), além de convidados especialíssimos, que fazem parte da sua história desde os primeiros anos de vida e pontuam as faixas do disco. Filó Machado, nos swingados vocalizes, Robertinho Silva, na percussão, Walmir Gil, Nailor Proveta e Lea Freire, nos sopros, Fábio Peron, no bandolim de 10 cordas, e Arismar do Espirito Santo, na guitarra.

 

SERVIÇO:
Thiago Espirito Santo

Dia 04 de janeiro de 2019. Sábado, às 21h.

Teatro
*O Teatro do Sesc Pompeia possui lugares marcados e galerias superiores não numeradas. Por motivo de segurança, não é permitida a permanência de menores de 12 anos nas galerias, mesmo que acompanhados dos pais ou responsáveis. Abertura da casa com 30 minutos de antecedência ao início do show.

Ingressos: R$9 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30 (inteira).

Venda online a partir de 18 de dezembro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 19 de dezembro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.

 

Morais Moreira

“Ser Tão” é o novo álbum de Moraes Moreira. E é mais do que isso: o compositor dos Novos Baianos, o homem que colocou voz nos Trios Elétricos da Bahia, o filho de Ituaçu, criador de frevos, cordéis, marchinhas e clássicos inesquecíveis, deu um passo além. Aliás, deu um passo histórico: retomou os primeiros ritmos nordestinos, como a chula, o xaxado, o coco, o maxixe, o lundu e outros, num verdadeiro trabalho antropológico dessas referências da primeira metade do século passado, tomando pra si o legado e levando adiante a riqueza da cultura musical nordestina, tão importante para nosso país.

 

SERVIÇO:
Morais Moreira

Dias 05 e 06 de janeiro de 2019. Sábado, às 21h e domingo às 18h.

Teatro
*O Teatro do Sesc Pompeia possui lugares marcados e galerias superiores não numeradas. Por motivo de segurança, não é permitida a permanência de menores de 12 anos nas galerias, mesmo que acompanhados dos pais ou responsáveis. Abertura da casa com 30 minutos de antecedência ao início do show.

Ingressos: R$12 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$20 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$40 (inteira).

Venda online a partir de 18 de dezembro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 19 de dezembro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.

 

Kerlaveo

Kerlaveo, em bretão, significa “Lar do audacioso”. A palavra audacioso refere-se àquele que realiza ações difíceis e não se imobiliza diante dos obstáculos e perigos. E também qualifica o que é novo, arrojado, que se opõe ao que já está estabelecido. É, portanto, um lugar onde a criação de possibilidades acontece de maneira espontânea, sem medo de não ser compreendida ou não ser aceita. Será o show de lançamento do primeiro disco do Grupo.

 

Kerlaveo é formado por: Carlinhos Antunes, mundano andarilho que faz vibrar cordas africanas e de latino América; Gabriel Levy, maestro do acordeon e do piano, conhecedor de idiomas orientais e do leste europeu; Pedro Ito, tocando bateria e percussões do mundo com rara sensibilidade; Rui Barossi, baixista apaixonado pela música do mundo e suas recriações; Toninho Carrasqueira, flautista que transita como um dançarino nas mais diversas formas musicais, do clássico ao improviso; Vitor Lopes, gaitista enfeitiçado pelo chorinho brasileiro em suas infinitas conexões. Como o integrante Jean-Luc Thomas não estará na data, Carlos Malta foi convidado para integrar o time.

 

SERVIÇO:
Kerlaveo

Dia 10 de janeiro de 2019, quinta, às 21h

Teatro
*O Teatro do Sesc Pompeia possui lugares marcados e galerias superiores não numeradas. Por motivo de segurança, não é permitida a permanência de menores de 12 anos nas galerias, mesmo que acompanhados dos pais ou responsáveis. Abertura da casa com 30 minutos de antecedência ao início do show.

Ingressos: R$6 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$10 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$20 (inteira).

Venda online a partir de 18 de dezembro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 19 de dezembro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.

 

Karol Conka

Show do novo álbum “Ambulante”. Além do Dj Hadji, Karol estará acompanhada de bateria, teclado e baixo.

 

SERVIÇO:

Karol Conka

Dias 10 e 11 de janeiro, quinta-feira e sexta-feira às 21h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.
Ingressos: R$9 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30 (inteira).

Venda online a partir de 18 de dezembro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 19 de dezembro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

 

Amaro Freitas

Amaro é um tour de force de experimentação e renovação das tradicionais estruturas do jazz. Após ser premiado no MIMO Festival, tocado em festivais prestigiados do Brasil e aplaudido pela crítica nacional com o álbum de estreia “Sangue Negro” (2016), o pianista Amaro Freitas consolida em “RASIF”, o seu segundo álbum, a proposta artística de cruzar elementos da cultura popular afro-brasileira com o jazz em uma única espiral sonora.

Os ritmos são o ponto chave para o conceito do trabalho. Ao lado de Jean Elton (baixo acústico), Hugo Medeiros (bateria) e Henrique Albino (flauta, saxofone e clarone), Amaro explora as capacidades percussivas do piano em complexos padrões matemáticos. Seus ritmos imprevisíveis e hipnóticos misturam diferentes tipos de compassos e imprimem a sensação surrealista de uma temporalidade dilatada como se estivéssemos ouvindo os relógios derretidos pintados por Salvador Dalí em faixas como “Mantra”, “Dona Eni”, “Trupé” e “Afrocatu”. Em contraste com os momentos frenéticos, “Aurora”, “Plenilúnio” e “Rasif” evocam momentos de plenitude.

 

SERVIÇO:
Amaro Freitas

Dia 11 de janeiro, sexta-feira às 21h00

Teatro
*O Teatro do Sesc Pompeia possui lugares marcados e galerias superiores não numeradas. Por motivo de segurança, não é permitida a permanência de menores de 12 anos nas galerias, mesmo que acompanhados dos pais ou responsáveis. Abertura da casa com 30 minutos de antecedência ao início do show.

Ingressos: R$6 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$10 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$20 (inteira).

Venda online a partir de 18 de dezembro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 19 de dezembro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.

 

ALICE CAYMMI

A cantora e compositora Alice Caymmi faz show de seu terceiro disco, “Alice”, com produção da também cantora e compositora Bárbara Ohana. O álbum, lançado pela Universal Music, expõe cores mais cruas e despidas de camadas da artista carioca. Com nove faixas e muitas parceiras inéditas, como Ana Carolina, Pablo Vittar e Rincon Sapiência, “Alice” é considerado o trabalho mais autoral da artista.

 

SERVIÇO:

Alice Caymmi

Dia 12 de janeiro, sábado às 21h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.
Ingressos: R$9 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30 (inteira).

Venda online a partir de 18 de dezembro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 19 de dezembro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

 

AZYMUTH

Ivan Conti “Mamão” (bateria), Alex Malheiros (baixo) e Roberto Bertrami (teclados), se conheceram no início dos anos 70. Juntos, formam o grupo Seleção, na intenção de animar as noites dançantes no Rio de Janeiro da época. Mais tarde, por sugestão de Marcos Valle, o grupo passa a se chamar Azymuth; conquistando um mercado instrumental e sendo a primeira participação brasileira no Festival de Jazz de Montreaux (Suíça). Após a morte de Bertrami, Kiko Continentino assume os teclados da trupe.

Para comemorar a trajetória do grupo, Azymuth traz no repertório canções como: “Linha do Horizonte”, “Partido Alto” e “May I have this dance?”, além de algumas canções clássicas que não podem faltar, dentre elas: “Last summer in Rio” e “Tempos atrás”.

 

SERVIÇO:
Azymuth

Dia 12 e 13 de janeiro, sábado às 21h00 e domingo às 18h00

Teatro
*O Teatro do Sesc Pompeia possui lugares marcados e galerias superiores não numeradas. Por motivo de segurança, não é permitida a permanência de menores de 12 anos nas galerias, mesmo que acompanhados dos pais ou responsáveis. Abertura da casa com 30 minutos de antecedência ao início do show.

Ingressos: R$9 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30 (inteira).

Venda online a partir de 18 de dezembro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 19 de dezembro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.

 

BARRO

Artista de seu tempo, em que a tecnologia e as redes sociais são parte fundamental do processo de criação/distribuição/consumo, o pernambucano Barro faz discos à moda antiga. Assim como em “Miocardio”, sua estreia solo, “Somos” segue um conceito, conta uma história, foge da mera sucessão de faixas. Juntando o pop com ritmos tradicionais brasileiros, como o coco e o frevo, Barro é considerado um cantautor pernambucano da nova geração, influenciado por Alceu Valença, Marco Polo, Lula Cortes, Lenine, entre outros.

 

SERVIÇO:

Barro

Dia 17 de janeiro, quinta-feira às 21h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.
Ingressos: R$6 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$10 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$20 (inteira).

Venda online a partir de 8 de janeiro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 9 de janeiro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

 

Mulamba

O álbum “Mulamba” traz músicas já conhecidas pelo público, mas em versões repaginadas. São oito canções que abordam, de uma forma muito honesta e confidencial, temas importantes na vida dessas mulheres: amor, amizade, família e indignação sócio-política. Suas influências musicais vão do rock à música erudita, com letras bem trabalhadas e muito contundentes. Munidas de instrumentos de cordas e percussão, Amanda Pacífico (voz), Cacau de Sá (voz), Caro Pisco (bateria), Fer Koppe (violoncelo), Naira Debértolis (baixo) e Nat Fragoso (guitarra) estão juntas desde dezembro de 2015.

 

SERVIÇO:

Mulamba

Dia 18 de janeiro, sexta-feira às 21h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.
Ingressos: R$6 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$10 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$20 (inteira).

Venda online a partir de 8 de janeiro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 9 de janeiro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

 

BOWIE LET’S DANCE – Com Ritchie, Filipe Cato, Léo Cavalcanti, Laura Lavieri e Charly Coombes

O projeto homenageia o multiartista britânico passando por diversas fases de sua carreira. Com Zé Antônio Algodoal (Pin Ups), Victor José (Antiprisma), Alf (Rumbora), Pedro Pelotas (Cachorro Grande) e Rogério Bastos (Tom Zé).

 

SERVIÇO:

BOWIE LET’S DANCE – Com Ritchie, Filipe Cato, Léo Cavalcanti, Laura Lavieri e Charly Coombes

Dia 19 de janeiro, sábado às 21h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.
Ingressos: R$9 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30 (inteira).

Venda online a partir de 8 de janeiro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 9 de janeiro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

 

ILU INÃ

O show de lançamento do disco é a celebração de abertura de caminhos para os cantos e ritmos do Bloco Afirmativo Ilu Inã. No repertório, cantigas de candomblé, corridos de samba de roda, homenagens aos blocos afro-brasileiros e as escolas de samba de São Paulo e Rio de Janeiro e, em especial, ao padrinho do grupo: o Ilê Aiyê.

 

SERVIÇO:

Ilu Inã

Dia 19 de janeiro, sábado às 16h00

Local: Deck Solariun

Ingressos: grátis
Classificação indicativa: livre.

 

TUYO

Com uma estética que une voz, beat e outros elementos a temas existenciais, a Tuyo é formada por Machado, Lio e Lay Soares. O trio curitibano lançou seu EP de estreia em 2017, intitulado “Pra Doer”. Fluindo entre o orgânico e o sintético, o disco é marcado por uma identidade consistente que toca a alma e reverbera o encontro da violência com a elegância.

 

Agora os artistas lançam o álbum “Pra Curar”, que desenvolve nuances de seu estilo contemplativo apostando em um trabalho vocal audacioso, letras abstratas e beats mais complexos. Sem medo de sair da superfície, a Tuyo traz ao show um som flutuante, repleto de força e sensibilidade. Uma simbiose mística entre o belo, o triste e o visceral.

 

 

SERVIÇO:

TUYO (PLATAFORMA) (GERAÇÃO Z)

Dia 20 de janeiro, domingo às 16h00

Local: Deck Solariun

Ingressos: grátis
Classificação indicativa: livre.

 

NEGRO LEO

Negro Leo é músico maranhense radicado inicialmente no Rio de Janeiro e atualmente residente em São Paulo. Lançou 8 discos autorais, entre eles “Niños Heroes” que lhe rendeu matéria no The New York Times e na Playboy americana e “Action Lekking”, seu último disco, que o levou a indicações ao prêmio APCA, matérias em importantes veículos internacionais especializados em música, como The List, Chicago Reader e Bandcamp. Negro Leo é ladeado por importantes músicos de sua geração, Sérgio Machado, Fabio Sá, Bernardo Pacheco e Renato Godoy, além do brilhante iluminador Diogo Terra Vargas.

 

SERVIÇO:

Negro Leo

Dias 24 de janeiro, quinta-feira às 21h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.
Ingressos: R$6 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$10 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$20 (inteira).

Venda online a partir de 15 de janeiro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 16 de janeiro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

 

Paulinho Moska

Paulinho Moska lançou seu disco de inéditas no segundo semestre de 2018, pela Gravadora Deck Disc. O trabalho do artista foi produzido pelo lendário produtor musical Liminha. A volta aos palcos com o formato de show com banda, e sua nova tour, de pegada mais poprock, tem relação direta com o disco e com as canções recém-gravadas por Moska.

 

O repertório do show conta com os sucessos de sua estrada, como “Pensando em Você”, “A Seta e o Alvo”, “A Idade do Céu”, “Somente Nela”, “Namora Comigo”… e canções novas e inéditas de seu novo trabalho.

 

SERVIÇO:

Paulinho Moska

Dias 25 e 26 de janeiro, sexta-feira às 18h30 (feriado) e sábado às 21h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.
Ingressos: R$9 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30 (inteira).

Venda online a partir de 15 de janeiro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 16 de janeiro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

 

ABAYOMY

A Abayomy é a primeira orquestra dedicada ao Afrobeat no Brasil. Desde 2012, quando lançou o 1º álbum, produzido por André Abujamra, a orquestra vem descobrindo uma linguagem musical própria inspirada no afrobeat e aplicada ao universo brasileiro contemporâneo de diversidades rítmicas e sonoridades modernas. ‘Abra Sua Cabeça’ (2016) foi um esperado álbum da Abayomy, que teve a produção assinada por Pupillo, baterista da Nação Zumbi. O resultado foi o aprofundamento da banda na exploração de novos elementos sonoros. Neste trabalho radicaliza-se ainda mais o afrobeat à brasileira apresentado no primeiro álbum. Espiritualidade, luta, denúncia e beleza referentes ao universo negro marcam presença nos ritmos, melodias e poesia de Abra Sua Cabeça. O show é contagiante e dançante e, além das músicas autorais, também fazem releituras de grandes nomes da música, incluindo Fela Kuti.

 

SERVIÇO:

Abayomy

Dia 31 de janeiro, Quinta às 21h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.
Ingressos: R$9 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30 (inteira).

Venda online a partir de 22 de janeiro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 23 de janeiro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

 

HUMBERTO GESSINGER

Humberto Gessinger vem ao Pompeia para apresentar o show “Ao Vivo Pra Caramba – A Revolta dos Dândis 30 anos”, resultado do DVD de mesmo nome que traz o registro da sua última turnê. Gravado em agosto de 2017 no Pepsi On Stage em Porto Alegre, o DVD/CD traz as canções que integram o disco A Revolta dos Dândis, além de outras composições de diversas fases de sua carreira. Dirigido por Pietro Grassia, o DVD conta ainda com um set acústico com quatro canções inéditas, lançadas entre novembro de 2017 e fevereiro de 2018. No show, Humberto Gessinger (vocal, baixo, harmônicas, sintetizador, guitarra, viola caipira, violão e piano) está acompanhado por Rafa Bisogno (bateria, percussão, bateria eletrônica e voz) e Felipe Rotta (guitarra, violão, bandolim e voz).

 

SERVIÇO:

Humberto Gessinger

Dias 1, 2 e 3 de fevereiro, sexta-feira e sábado às 21h30, e domingo às 18h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.
Ingressos: R$15 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$25 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$50 (inteira).

Venda online a partir de 22 de janeiro, terça-feira, às 12h.*
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 23 de janeiro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

*Horário sujeito a alteração.

 

Assessoria de Imprensa – Sesc Pompéia – SP