The White Buffalo lança anuncia novo disco On The Widow’s Walk

Primeiro single “The Rapture” já está disponível

 

On The Widow’s Walk é o novo álbum de estúdio do The White Buffalo, a persona musical de Jake Smith – cantor, compositor, guitarrista, contador de histórias dos EUA; o indicado ao Emmy, cuja voz barítona parece alimentada por uma verdade maior.
Ouça o primeiro single “The Rapture” aqui.

 

Das meias dúzias de álbuns lançados por The White Buffalo, este mais recente de 11 faixas – uma coleção frouxamente ligada de emoções obscuras, produzida pelo Shooter Jennings, que também toca piano e teclados – é o mais colaborativo e orgânico, o mais sonoro.

 

On The Widow’s Walk está disponível para pré-venda a partir de 21 de fevereiro, sinalizando o início de um novo relacionamento mundial com a Snakefarm Records, uma jovem gravadora do Universal Music Group que destaca country rock, blues e Americana.

 

Desde o início, Smith, nascido em Oregon, tem um gênero próprio, incorporando uma variedade de estilos musicais – do Americana ao punk, do folk ao rock’n’roll – enquanto mantém um estilo forte e característico. Sua entrega espontânea e letras narrativas estão no centro de tudo, instilando as músicas – efetivamente, minifilmes – com uma qualidade cinematográfica e artesanal, e isso vale muito para On The Widow’s Walk.

 

Fiquei chocado com a voz de Jake e seu lirismo“, lembra Shooter. “Foi intimidador. Mas nos divertimos muito compartilhando nossas inspirações juntos. Jake é um dos melhores por aí. Porque eu tive a chance de fazer esse disco ganhar vida com ele e sua banda. Eles me deixaram entrar e fizemos algumas músicas boas juntos. Viva a Jelly Crew!

 

A Jelly Crew em questão, além de Smith, inclui o baterista Matt Lynott e o baixista Christopher Hoffee, também responsável por muitas partes da guitarra. Eles gravaram ao vivo e o mais rápido possível, usando violino e aço para pedais, quando necessário.

 

Com uma história eclética em seu nome, Shooter simplesmente não tem interesse em ficar na zona de conforto; ele lado a lado com uma seleção diversificada de talentos, e sua colaboração com o The White Buffalo produziu um corpo especial de trabalho que é despido e espiritual.

 

A certa altura, a ideia de um álbum conceitual foi considerada, mas Smith queria deixar de fora as músicas de qualidade apenas porque elas não se encaixavam em um conceito específico; portanto, On The Widow’s Walk tem água e oceano em oposição a temas dominantes, uma sensação de saudade também, algo refletido em músicas como “Sycamore”, “River Of Love And Loss” e a faixa-título.

 

Outros tópicos abordados incluem viver para o momento (“Problem Solution” / “No History”), a marcha sem alma da tecnologia (“Cursive”), a força indiscriminada da mãe natureza (“Faster Than Fire”), mais o que acontece quando a bússola moral fica descontrolada (“The Rapture”, acompanhada de clipe único e lírico).

 

Estávamos dirigindo pela cidade portuária da Costa Leste e perguntei quais eram as pequenas varandas no topo dos edifícios“, lembra Smith. “Matt explicou que as esposas dos marinheiros passeavam pelos telhados, desejando que seus maridos voltassem para casa em segurança. Há muito romance nisso, a Caminhada da Viúva, além da possibilidade de coisas perturbadoras e dramáticas acontecerem.”

 

On The Widow’s Walk é uma declaração convincente e sem truques de um artista, agora baseado no sul da Califórnia, cuja ação está em ascensão, tocando para um milhão de seguidores em todo o mundo e atingindo mais de 200 milhões de streams até o momento.

 

Siga The White Buffalo
https://thewhitebuffalo.com/

https://www.facebook.com/thewhitebuffalomusic/
https://www.instagram.com/buffaloco/
https://twitter.com/blancobuffalo

 

 

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic
info@formusic.com.br

 

Informações  à imprensa: Catto Comunicação