Wanderléa Canta Choros: Selo Sesc lança single “Delicado” com participação de Hamilton de Holanda

Álbum é o primeiro trabalho de Wanderléa dedicado ao chorinho e reúne time de sete arranjadores

 

Dia 12 de maio, disco completo, com clássicos do choro e canção inédita inspirada na cantora, chega ao Sesc Digital e nas plataformas de streaming

 

Ouça no Spotifyhttps://open.spotify.com/album/1HAEiRCywPtOziQ0ynd5IH

 

Assista no You Tubehttps://www.youtube.com/watch?v=XzAyCO6jhV0&list=OLAK5uy_mZNIKtbQGRDuWLVfahBsGaVxj8-rt9JO8

 

Produzido pelo Selo Sesc, o álbum Wanderléa Canta Choros faz um duplo movimento da cantora de volta às suas origens: ela revisita seu início de carreira como intérprete em programas da Rádio Mayrink Veiga, quando era acompanhada por um dos mais importantes grupos de choro da época, o Regional do Canhoto, e, ainda, realiza seu projeto de valorização do choro, destacando o caráter original e primevo desse gênero na música brasileira. Com a direção e produção musical de Mario Gil, direção artística de Luiz Nogueira, pesquisa de Roberta Valente e direção de mixagem de Lalo Califórnia, o disco Wanderléa Canta Choros, o trabalho chegará ao público primeiro pelo single “Delicado”, canção de Waldir Azevedo e Ary Vieira, e gravada com a participação especial de Hamilton de Holanda, disponível em todas as plataformas.

 

“Wanderléa se entrega — com dedicação e conhecimento — a esse gênero fundador, marcado por uma mistura entre o erudito e o popular e pela genialidade de seus instrumentistas na criação e na execução das composições”, conta Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo. “Ao lançar mais esta obra, o Sesc SP reforça sua ação eminentemente educativa de democratização do acesso aos bens culturais, ao contribuir para a difusão de um dos marcos da música popular e da cultura brasileiras, estabelecendo um diálogo entre a produção contemporânea e o legado histórico. A homenagem de Wanderléa ao choro enriquece o repertório da cantora e valoriza um gênero musical centenário, em constante renovação”, comenta.

 

O choro surgiu em meados do século XIX, no Rio de Janeiro, trazendo em sua raiz a mistura rítmica oriunda da África e das formas europeias. Nessa época, formados inicialmente por flauta, violão e cavaquinho, surgiram os grupos regionais de choro. As mãos habilidosas de Chiquinha Gonzaga fizeram história na evolução do gênero ao levar o chorinho ao piano, o que a consagrou como a primeira e mais influente pianeira — como eram chamados os pianistas do estilo musical — sendo uma das poucas figuras femininas a cravar o seu nome no choro.

 

A associação automática da figura de Wanderléa com a Jovem Guarda, ainda é muito presente, dado seu sucesso no que se constituiu um dos grandes movimentos culturais de massa do país. Embora Wanderléa tenha um espaço preeminente na memória afetiva dos brasileiros, ela trilhou diversas vertentes da música popular, tendo gravado compositores como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gonzaguinha, Sueli Costa e Egberto Gismonti.

 

Agora, através do Selo Sesc, Wanderléa pela primeira vez lança um trabalho dedicado ao choro, com um repertório que traz clássicos como “Carinhoso”, de João de Barro e Pixinguinha, “Brasileirinho”, de Waldir Azevedo e Pereira da Costa, e “Pedacinhos do Céu”, também de Waldir Azevedo e Miguel Lima, incluindo a canção inédita “Um Chorinho para Wandeca”, composta por Douglas Germano e João Poleto em homenagem à relação da cantora com o gênero. As 12 canções que compõem o álbum serão lançadas no dia 12 de maio em todas as plataformas de streaming.

 

“O choro me encantou desde pequena. Quando ouvia Ademilde Fonseca, articulando com extrema maestria a poesia daqueles versos, que se encaixavam com perfeição na sonoridade daquele repertório musical, era tudo muito mágico e eu, ainda bem menina, me divertia tentando acompanhar a rapidez poética daqueles versos, dentro do malabarismo e da beleza daquelas lindas melodias”, conta Wanderléa. “Hoje, neste disco de choros, neste resgate afetivo, realizo um sonho trazendo minha contribuição com autores pioneiros na criação desse ritmo que tanto valoriza nossa cultura nacional”, complementa.

 

Wanderléa influenciou gerações e, com seu estilo de cantar, abriu portas em gêneros musicais que ainda tinham pouca ou nenhuma presença feminina. Sua figura ditou moda, comportamento, estilo de vida e empoderamento feminino no campo social. “Este encontro de uma intérprete, que faz parte da formação afetiva do povo brasileiro, com o choro está pautado por quem ela é, por tudo o que canta, pelas pessoas que ela toca e pela plenitude do que vive”, conta o diretor artístico Luiz Nogueira.

 

O álbum Wanderléa Canta Choros também traz um time de ouro com sete arranjadores, entre eles, Cristovão Bastos, Toninho Ferragutti, o próprio João Poletto e Milton de Mori, referências do choro paulista, e Angelo Ursini, professor da Escola Portátil de Música na Holanda.

 

Serviço

 

Wanderléa Canta Choros

Single “Delicado” disponível nas principais plataformas de streaming e Sesc Digital

Data: 5 de maio

 

Álbum completo Wanderléa Canta Choros disponível nas principais plataformas de streaming e Sesc Digital

Data: 12 de maio

 

SOBRE O SELO SESC

 

Desde 2004 o Selo Sesc traz a público obras que revelam a diversidade e a amplitude da produção artística brasileira, tanto em obras contemporâneas quanto naquelas que repercutem a memória cultural, estabelecendo diálogos entre a inovação e o histórico. Em catálogo, constam álbuns em formatos físico e digital que vão de registros folclóricos às realizações atuais da música de concerto, passando pelas vertentes da música popular e projetos especiais. Entre as obras audiovisuais em DVD, destacam-se a convergência de linguagens e a abordagem de diferentes aspectos da música, da literatura, da dança e das artes visuais. Os títulos estão disponíveis nas principais plataformas de áudio, Sesc Digital e Lojas Sesc.

 

SOBRE O SESC SÃO PAULO

 

Com 76 anos de atuação, o Sesc — Serviço Social do Comércio conta com uma rede de 40 unidades operacionais no estado de São Paulo e desenvolve ações com o objetivo de promover bem-estar e qualidade de vida aos trabalhadores do comércio, serviços, turismo e para toda a sociedade. Mantido pelos empresários do setor, o Sesc é uma entidade privada que atua nas dimensões físico-esportiva, meio ambiente, saúde, odontologia, turismo social, artes, alimentação e segurança alimentar, inclusão, diversidade e cidadania. As iniciativas da instituição partem das perspectivas cultural e educativa voltadas para todas as faixas etárias, com o objetivo de contribuir para experiências mais duradouras e significativas. São atendidas nas unidades do estado de São Paulo cerca de 30 milhões de pessoas por ano. Hoje, aproximadamente 50 organizações nacionais e internacionais do campo das artes, esportes, cultura, saúde, meio ambiente, turismo, serviço social e direitos humanos contam com representantes do Sesc São Paulo em suas instâncias consultivas e deliberativas.

 

 

Título: Wanderléa Canta Choros

 

Álbum com 12 faixas

 

Faixas

 

  1. Delicado (Waldir Azevedo e Ary Vieira)
  2. Pedacinhos do Céu (Waldir Azevedo e Miguel Lima)
  3. O Que Vier Eu Traço (Alvaiade e Zé Maria)
  4. Acariciando (Abel Ferreira e Lourival Faissal)
  5. Galo Garnizé (Luiz Gonzaga, Antônio Almeida e Miguel Lima)
  6. Doce Melodia (Abel Ferreira e Luiz Antônio)
  7. Apanhei-te, Cavaquinho (Ernesto Nazareth, Darci de Oliveira e Benedito Lacerda)
  8. Uva de Caminhão (Assis Valente)
  9. Nova Ilusão (Zé Menezes e Luiz Bittencourt)
  10. Carinhoso (João de Barro e Pixinguinha)
  11. Brasileirinho (Waldir Azevedo e Pereira da Costa)
  12. Um Chorinho Para Wandeca (Douglas Germano e João Poleto)

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: Agência Lema

#SIGA NO INSTAGRAM
Rocksoulblues no @sesc14bis 

Lançamento do novo álbum do cantor Nasi @oficialnasi 

Vídeo: Jailson /Produção Boomerang Music 

#nasi #rocksoulblues #sesc14bis #boomerangmusic
Hoje (11/04), é aniversário da cantora e compositora Lisa Stanfield @lisajstansfield que completa 58 anos.

#lisastanfield #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (11/04), é aniversário do cantor, compositor e baixista Pit Passarell @oficialpitpassarell da banda Viper @viper_brazil que completa 56 anos.

#pitpassarell #happybirthday #viper #boomerangmusic
Hoje (11/04), é aniversário do cantor e compositor Zeca Baleiro @zbaleiro que completa 58 anos.

#zecabaleiro #happybirthday #MPB #boomerangmusic
Hoje (08/04), é aniversário do cantor e compositor Leoni @leonioficial que completa 63 anos.

Foi integrante da bandas Kid Abelha e Heróis da Resistência.

Sábado e domingo (13 e 14/04), tem show no Sesc Avenida Paulista @sescavpaulista pra comemorar.

#leoni #happybirthday #sescavenidapaulista