Zé Bigode Orquestra inicia nova fase com clipe e single “Tikulafe”

Big band homenageia início do afrobeat

 

Um dos destaques da música instrumental carioca, a Zé Bigode Orquestra abre nova fase na sua carreira com o single “Tikulafe”. A composição foi inspirada na postura política e social do pai do afrobeat Fela Kuti. A faixa está disponível em todas as plataformas de música digital e ganha um clipe.

 

Veja o clipe “Tikulafe”: https://youtu.be/T8nJCNBaP4s

Ouça o single: https://smarturl.it/TikulafeSingle

 

Cria da Zona Norte do Rio de Janeiro, eles são uma big band que desafia as classificações de gênero. Transitando entre a música brasileira e o jazz, o reggae e o afrobeat, o septeto convida a dançar  em um verdadeiro bailão rítmico e cheio de groove.

 

“A ideia do clipe foi passar o ambiente de gravação, mostrar o processo que foi gravado toda em um dia só. Pra deixar a coisa mais bonita chamamos o Gabriel Kalegário pra fazer umas animações e ele surgiu com a ideia de colocar a música como uma arma contra o atual presidente e todas as ideias que ele representa, afinal ‘Tikulafe’ é uma variação das sílabas de Fela Kuti e ele sempre deixou isso bem latente que a música dele é a arma que ele tinha contra variadas formas de opressão”, conta o guitarrista José Roberto Rocha.

 

A Zé Bigode Orquestra surgiu em junho de 2016 por iniciativa de José Roberto com o objetivo de democratizar o acesso à música instrumental para os mais variados públicos. Além dele, a banda é atualmente formada por Daniel Bento (baixo), Eric Brandão (bateria), Thiago Garcia (trompete), Victor Lemos (saxofone tenor), Pedro Petrutes (teclado) e Victor Hugo (percussão).

 

Naquele mesmo ano, foi lançado o EP de estreia, “Zé Bigode”. O trabalho foi bem recebido e chegou à segunda posição como melhor EP de 2016 no Genius Awards. Já em maio de 2017 viria o primeiro álbum completo, “Fluxo”. O disco ampliou a sonoridade da banda e entrou para a lista de 50 melhores lançamentos do ano divulgada pela conceituada Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA).

 

2018 trouxe o single “Impulso” e uma turnê por diversas casas importantes. No ano seguinte, a Zé Bigode Orquestra lançou o remix “Amalá Adubado”, assinado por Buguinha Dub e trazendo novas sensações para a faixa de destaque no álbum “Fluxo”. Naquele ano também se apresentou no Blue Note Rio, com um show em tributo ao disco “Exodus”, do cantor jamaicano Bob Marley, que teve participação da cantora carioca Luciane Dom. Desse show surgiu a ideia de gravar um álbum visual com releituras de quatro músicas de Marley, registrado ao vivo em vídeo no lendário estúdio Toca do Bandido e contou com as participações das cantoras Luana Karoo, Luciane Dom e Clara Anastácia.

 

“Tikulafe” abre uma série de lançamentos para 2020 e está disponível em todos os serviços de streaming de música.

 

Veja o clipe “Tikulafe”: https://youtu.be/T8nJCNBaP4s

Ouça o single: https://smarturl.it/TikulafeSingle

 

Crédito: Flávio Charchar

 

Ficha Técnica:

 

Gravado no dia 9 de fevereiro de 2020 no estúdio Carolina, em Santa Tereza

 

Técnico de Gravação – Tércio Marques

Edição- Tércio Marques

Mixagem – Tércio Marques

Masterização – Buguinha Dub no estúdio Mundo Novo, em Olinda

 

Composição: José Roberto Rocha, Victor Lemos e Daniel Bento

 

Eric Brandão – Bateria

José Roberto – Guitarra e Coro

Pedro Petrutes – Teclado e Sintetizador e Coro

Daniel Bento – Baixo e Coro

Victor Hugo –  Percussão e voz

Thiago Garcia – Trompete

Victor Lemos –  Saxofone Tenor e Coro

 

Participações especiais:

 

Cecilia Salles – Trombone e Voz

Eduardo Rezende – Sax Baritono

Vitor Monteiro – Guitarra e Coro

Pablo Carvalho – Percussão

Lyncoll – Coro

 

Filmado e editado por Guilherme Bezerra (Pelo Mar Produção)

Animações –  Gabriel Kalegario

Fotografia – Guilherme Bizerra

 

Concepção e Montagem da arte da capa – José Roberto

Fotografia – Victor Caldas

 

Acompanhe a Zé Bigode Orquestra:

 

http://www.zebigodeorquestra.com

http://www.instagram.com/zebigodeorquestra

http://www.facebook.com/zebigodeorquestra

 

Nathália Pandeló Corrêa – Build Up Media