A banda Meu Funeral lança o álbum “Modo FUFU”. Assista também o videoclipe de “*94*”.

Depois de conquistar o público com uma autenticidade invejável e letras pra lá de bem-humoradas, a banda Meu Funeral está de volta para o lançamento de seu primeiro álbum de estúdio. Intitulado “Modo FUFU”, o disco contém em seu repertório oito faixas, sendo seis delas já conhecidas. As novidades ficam por conta de duas músicas inéditas, “Oops!…Eu Tô Meio Podre Again” e “94”.

 

Ouça e baixe aqui: https://umusicbrazil.lnk.to/ModoFUFUPR .

 

A divertida faixa “94” faz alusão ao ano de 1994, quando foi realizada nos Estados Unidos a Copa do Mundo de Futebol (“é tetraaa! é tetraaa!”). A música conta a história de um casal e suas particularidades, comparando um casal de namorados à dupla de ataque da Seleção Brasileira de Futebol da época, Bebeto e Romário, como diz o cômico verso: “A gente se completa de um jeito bonito / Tipo Bebeto e Romário, em 94”. A música ainda ganha um videoclipe, dirigido por Felipe Menezes, que foi todo gravado em plano sequência e inspirado em uma cena bastante famosa da série “Kidding”, estrelada pelo humorista Jim Carrey.

 

Confira: https://youtu.be/rD5QPZPtKqY .

 

“Essa é uma música que a gente já vinha tocando nos shows, na época em que existia essa maravilha no mundo antigo [risos]. A recepção dela sempre foi muito boa, temos bastante confiança na sua força. ‘94’ foi composta por mim e é o retrato da minha rotina em casa, com a minha companheira. Ela fala sobre as diferenças que temos e elas acabam se encontrando, que é o nosso querido e velho sentimento de amor, tão fora de moda no Brasil atual”, diz Luquita, vocalista da banda.

 

Com um tom sarcástico, Pepe faz um breve paralelo do momento atual e do ano da Copa. “A temática da música é toda baseada no ano de 1994, um período emblemático para todos nós. Comparando aos dias de hoje, embora o Brasil fosse bem zoado naquela época, dá até saudades de algumas coisas”, brinca.

 

A segunda faixa inédita do álbum, “Oops!…Eu Tô Meio Podre Again”, é a sequência de uma música já conhecida do público. “Ela é continuação de ‘Eu Tô Meio Podre’, que saiu no nosso EP anterior, o bem-sucedido “Coisa de Satanás”. É uma versão mais pesada, um hardcore mais tradicional, mais rápida e a ideia foi do Dan”, revela Luquita.

 

No final de fevereiro, o grupo carioca lançou em todas as plataformas digitais o EP “Coisa de Satanás”, com três faixas. Com a repercussão positiva do público, o trio não demorou muito e, no início de abril, já apresentou seu segundo EP, “Acabou”. Agora, pouco mais de um mês depois, Meu Funeral está de volta com o “Modo FUFU”, álbum de personalidade forte, que mescla irreverência, revolta, muito punk, doses precisas de amor e muito bom-humor. Recentemente, a banda também lançou a “FUFU TV”, um conjunto de ações e programas em todas as suas redes sociais para atrair e engajar mais público.

 

Formada por Luquita (voz, guitarra, ukulele), Pepe (guitarra, backing vocal) e Dan (baixo, backing vocal), a banda já é uma das revelações da cena rock nacional. Com críticas sociais ácidas, atuais, e pertinentes, o trio usa toda sua criatividade e originalidade nas suas letras para colocar o dedo na ferida, doa a quem doer. As músicas do Meu Funeral, recheadas de power acordes, bem característicos do punk e do hardcore, seguem conquistando fãs por todo o país e adeptos ao estilo “do it yourself” do grupo.

 

 

 

 

 

Com informações: www.universalmusic.com.br

 Universal Music Brasil :: Departamento de Imprensa e Comunicação / PR