Álbum Estrada Branca reúne Mônica Salmaso e o músico e cantor português José Pedro Gil, em torno da obra dos compositores Vinícius de Moraes e José Afonso

Ouça o álbum – https://orcd.co/estradabranca

 

O álbum Estrada Branca promove o encontro das vozes de Mônica Salmaso e do músico e cantor português José Pedro Gil, em torno da obra dos compositores Vinícius de Moraes e José Afonso, dois dos mais importantes compositores do Brasil e de Portugal. Além do álbum – que chega agora ao Brasil via Biscoito Fino em versão digital e em breve no formato de CD físico -, Mônica e José Pedro Gil fizeram apresentações no Porto, em Sintra e em Lisboa, em Portugal. João Pedro Gil participou de projetos de vários artistas, como Maria João, Carminho, Pedro Jóia e Ney Matogrosso.

 

 

A origem de Estrada Branca está na participação de Mônica Salmaso no disco “Outro tempo, José Afonso”, que José Pedro Gil lançou em 2015. Foi naquele momento que os dois artistas decidiram convidar o escritor português Carlos Tê para a dramaturgia de um novo espetáculo que entrelaçasse as obras de José Afonso e Vinicius de Moraes.

 

Além de Mônica e José Pedro, Estrada Branca (originalmente lançado em 2019, em Portugal) foi concebido por Emanuel de Andrade, Teco Cardoso, Nelson Ayres e Carlos Tê.  Emanuel, Teco Cardoso e Nelson Ayres assinam ainda a direção musical. À improbabilidade inicial de convivência entre as canções de Vinícius e José Afonso, sucedeu-se uma sensação de familiaridade capaz e aproximar com maestria as culturas.

 

Repertório

 

Chora Coração (ACJobim/Vinícius de Moraes)

As Pombas (José Afonso/Oliveira de Andrade)

Estrada Branca (ACJobim/Vinícius de Moraes)

Canção  de Embalar (José Afon)

Mulher da Erva (José Afonso)

Derradeira Primavera (ACJobim/Vinícius de Moraes)

Era um redondo vocabulário (José Afonso)

Olha Maria (ACJobim/Vinícius de Moraes/Chico Buarque)

Os índios da meia-praia (José Afonso)

A casa (Vinícius de Moraes)

Odeon (Ernesto Nazareth/Vinícius de Moraes)

Pau de Arara (Carlo Lyra/Vinícius de Moraes)

Que amor não me engana (José Afonso)

Adeus, ó Serra da Lapa (José Afonso)

Valsinha (Vinícius de Moraes/Chico Buarque)

 

Ficha Técnica

 

Um projeto de José Pedro Gil, Emanuel de Andrade, Mônica Salmaso, Teco Cardoso, Nelson Ayres, Carlos Tê

Direção musical: Nelson Ayres, Teco Cardoso e Emanuel de Andrade

Voz: Mônica Salmaso e José Pedro Gil

Plano e acordeão: Nelson Ayres

Flautas: Teco Cardoso

Plano: Emanuel de Andrade

Violino: Lyza Valdman

Violino: Marcelo Caldeira

Viola: Sérgio Sousa

Violoncelo: Tatiana Leonor

 

 

 

 

 

Com informações: Coringa Comunicação