Benziê lança duas canções inéditas, “Vida Bonita” e “Meu Próprio Mundo”

Música tem o poder de transportar as pessoas a sensações e locais inusitados. No caso do Benziê, que lança hoje (30) o EP de duas músicas em todas as plataformas digitais pelo Midas Music, o som do duo é tão carregado de amor e boas vibrações que consegue transportar quem escuta para o universo de afetividade do casal que o cria.

Ouça aqui – https://onerpm.com.br/al/9014620063

 

Sim, Benziê é o casal Vic Conegero e Du Pessoa. O grupo nasceu do amor dos dois. E a cria desse amor vem sendo músicas embebidas no propósito de compartilhamento de energia boa.

 

Atente para o título das duas canções que lançam: “Vida Bonita” e “Meu Próprio Mundo“. Sobre textos confessionais, os dois derramam uma mistura suave de nova MPB com reggae, pop, rock e samba.

 

Vic vem de família de músicos e desde os 14 anos, cantava em bares e rodas de samba. Du sempre esteve envolvido com música, mesmo quando tocava uma agência de comunicação. Um dia ele assistiu a um vídeo dela cantando uma música do Criolo na Internet e a equação fechou – difícil dizer se foi paixão musical ou de vida à primeira vista. Quando se encontraram pela primeira vez, o certo é que os astros musicais se alinharam e eles formaram o que é o Benziê – o nome é uma variante de “meu bem”, assim como “mainhê” é uma variante de “mãe”.

 

Sobre dedilhado de violão, a voz de Vic entra suave em “Vida Bonita“, é intercalada com a de Du até as duas se encontrarem na canção que é o primeiro single do trabalho.

 

Já em “Meu Próprio Mundo” o violão é seguido de uma guitarra em slide e os arranjos tecem um caminho latino até citarem a primeira aventura internacional do casal, quando viajaram para a Colômbia e trocaram hospedagem por apresentações de um repertório de música brasileira.

 

Em 2017, registraram o primeiro EP, “Alucinante Demais“, começaram a correr principalmente apresentações em praias – convenientemente, já que batem ponto no litoral paulista e têm influência explícita da cultura do surf – até baterem à porta do Midas e receberem a produção prima de Giu Daga e a direção artística de Rick Bonadio.

 

Conquistaram espaço entre os 50 mais virais do Spotify, o que fez crescer a disposição em seguir esse caminho de criarem música que traz conforto à alma e faz carinho à audição. Não à toa eles recebem inúmeros pedidos para tocarem em festas de casamento em que os noivos se identificam com eles e crianças costumam se apaixonar de cara pelo som da banda. O propósito de ser trilha-sonora amorosa e a pureza são explícitos.

 

Assessoria de Imprensa – Perfexx / Sony Music