Carnavelhas 2020 – Bloco das Velhas Virgens chega à sua 2ª edição com música inédita e referências ao forró nordestino

Desfile do projeto carnavalesco da banda de rock Velhas Virgens acontece no dia 29/02, no centro de São Paulo, e conta com marchinha sobre Fake News

 

Pelo segundo ano consecutivo, a banda de rock Velhas Virgens desfila com seu bloco de rua, o Carnavelhas. A ideia é levar as tradicionais marchinhas de Carnaval com uma roupagem rock’n’roll. Nesse ano, a apresentação da banda será marcada por uma série de referências ao forró nordestino de duplo sentido e o lançamento de Fake News, a nova marchinha carnavalesca da Banda. As apresentações acontecem nos dias 23/02, no Pátio do Colégio, no dia 24/02, na Cervejaria Invicta e 29/02, na Praça do Ouvidor, no Deck do Largo São Francisco.

 

A nova marcha da banda aborda um tema muito presente em nosso cotidiano: as fake News. “A ideia é abordar, de forma bem-humorada, a enxurrada de notícias falsas que circulam pelas redes sociais e na internet como um todo”, explica Paulão de Carvalho, vocalista da banda.

 

O repertório da apresentação conta com músicas que exploram mais de um sentido para uma determinada palavra ou um conjunto de palavras. “Nossas referências são os grandes nomes da cena do Forró de duplo sentido, que é muito popular no Nordeste do Brasil, como Jackson do Pandeiro Cremilda, Tiririca, Sandro Becker, entre outros”, diz Paulão.

 

Carnavelhas

 

A proposta do Carnavelhas, tocada e cantada pela banda de rock Velhas Virgens, é tocar marchinhas e músicas carnavalescas com uma pegada rock and roll. Em meados de 1997, um dos integrantes da banda apresentou para os demais uma marchinha carnavalesca chamada “Marcha do Tora a Roupa”. A partir daí o conjunto passou a gravar suas marchinhas e lançou seu primeiro disco do gênero em 2001. O conteúdo desses discos passa pelo samba e outros ritmos que não cabiam nos álbuns normais das Velhas Virgens.

 

Em 2019, o projeto cresceu e se tornou um bloco de rua que desfilou pelo centro de São Paulo. A ideia é ser uma opção para os roqueiros que querem curtir o Carnaval sem deixar de escutar os riffs de guitarra enquanto se divertem na festa brasileira mais popular no mundo.

 

Serviço:

Dia 23/02 – Estreia do bloco

Local: Pátio do Colégio

Agenda: Concentração às 15h

Desfile às 16h

Dispersão às 18h

 

Dia 24/02 – Festa do bloco Carnavelhas

Local: Cervejaria Invicta – Rua Aimberê, 236 – Perdizes

Das 14h às 20h

 

Dia 29/02 – Segunda apresentação

Local: Praça do Ouvidor – Largo São Francisco

Agenda: Concentração às 14h

Dispersão às 16h

 

Sobre as Velhas Virgens:

 

As Velhas Virgens têm muita história para contar e para cantar. São 32 anos de uma longa e tortuosa estrada que rendeu 16 CDs, cinco DVDs, dois livros, uma gravadora, um bar e algumas cervejas artesanais. Os números são surpreendentes para uma banda independente: Mais de 600 mil seguidores nas mídias sociais, música no Youtube com 2,5 milhões de acessos, mais de três mil shows e quatro rótulos de cerveja com a marca da banda e receita própria com venda em todo país.

 

Sobre o Carnavelhas:

 

A proposta do Carnavelhas, tocada e cantada pela banda de rock Velhas Virgens, é tocar marchinhas e músicas carnavalescas com uma pegada rock and roll. Em meados de 1997, um dos integrantes da banda apresentou para os demais uma marchinha carnavalesca chamada “Marcha do Tora a Roupa”. A partir daí o conjunto passou a gravar suas marchinhas e lançou seu primeiro disco do gênero em 2001. O conteúdo desses discos passa pelo samba e outros ritmos que não cabiam nos álbuns normais das Velhas Virgens. E em 2019, o projeto cresceu e se tornou um bloco de rua que desfilará pelo centro de São Paulo.

 

Informações para a imprensa i4u Agency