Confira a Agenda de Música Setembro Sesc Belenzinho

SETEMBRO 2023

 

1/9 (SEXTA)
20h30 A Cor do Som (Comedoria)
21h Amelinha (Teatro)

 

2/9 (SÁBADO)
20h30 A Cor do Som (Comedoria)
21h Amelinha (Teatro)

 

3/9 (DOMINGO)
18h Amelinha (Teatro)

 

7/9 (QUINTA FERIADO)
18h Fernanda Takai (Teatro)

 

8/9 (SEXTA)
20h30 Pinha Presidente, Beto Guilherme e Carica Sensação (Comedoria)
21h Fernanda Takai (Teatro)

 

9/9 (SÁBADO)
20h30 Pinha Presidente, Beto Guilherme e Carica Sensação (Comedoria)
21h Sued Nunes (Teatro)

 

10/9 (DOMINGO)
18h Erik Escobar & New Brazilian Trio (Teatro)

 

15/9 (SEXTA)
20h30 Fuá do Guegué convida Jota Pê (Comedoria)
21h Tagua Tagua (Teatro)

 

16/9 (SÁBADO)
20h30 Yago Oproprio (Comedoria)
21h Bia Góes (Teatro)

 

17/9 (DOMINGO)
18h Caetano Brasil (Teatro)

 

22/9 (SEXTA)
20h30 Bullet Bane (Comedoria)
21h Wado (Teatro)

 

23/9 (SÁBADO)
20h30 Afrodizia e Quique Neira (Comedoria)
21h Maíra Baldaia (Teatro)

 

24/9 (DOMINGO)
21h Eutrópica (Teatro)

 

29/9 (SEXTA)
20h30 Vulcano (Comedoria)
21h Carlos Careqa (Teatro)

 

30/9 (SÁBADO)
20h30 Zimbra (Comedoria)
21h Metá Metá (Teatro)

 

A Cor do Som

Dias 1 e 2/9. Sexta e sábado, 20h30.
Local: Comedoria (400 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos

Com 45 anos de carreira completados em 2022, vencedor do Grammy Latino 2021 na categoria de melhor álbum de rock ou música alternativa, o grupo carioca formado por Dadi Carvalho (baixo), Armandinho Macêdo (guitarra e bandolim), Mú Carvalho (teclados), Ary Dias (percussão) e Gustavo Schroeter (bateria), apresenta show com sucessos que marcaram gerações.

 

Amelinha

De 1 a 3/9. Sexta e Sábado, 21h. Domingo, 18h.
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

Acompanhada por Julio Brau (guitarra), Francisco Falcon (contrabaixo), Leandro Campanate (teclados), Tamir Souza (percussão), Dodo Vicente (sanfona), Cesar Rebechi (violão) e Moacyr Neves (bateria), a cantora passeia por um repertório de amigos e compositores de sua terra, o Ceará, com canções de Fagner, Ednardo, Belchior, além de músicas inéditas de seu último disco Todo Mundo vai Saber, com canções dos cearenses Caio Silvio e Ricardo Alcântara, além dos clássicos Foi Deus que Fez Você, Mulher Nova, Bonita e Carinhosa Faz um Homem Gemer Sem Sentir Dor, Frevo Mulher.

 

Fernanda Takai

Dias 7 e 8/9. Quinta, 18h. Sexta, 21h
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 50 (inteira); R$ 25 (meia entrada); R$ 15 (Credencial Sesc)
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

A cantora e compositora mineira apresenta faixas do disco finalista do Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Pop Contemporânea de 2020, com repertório que mescla rock alternativo, bossa nova, MPB e pop.

 

Pinha Presidente, Beto Guilherme e Carica Sensação

Dias 8 e 9/9. Sexta e sábado, 20h30.
Local: Comedoria (400 lugares)
Ingressos: R$ 50 (inteira); R$ 25 (meia entrada); R$ 15 (Credencial Sesc)
Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos

 

Show em homenagem às incontáveis comunidades do samba, espalhadas pelas periferias das grandes cidades do Brasil, cujo repertório passeia pelos clássicos do samba de roda, partido alto, samba de terreiro e pagode, além dos sucessos de carreira.

 

Sued Nunes

Dia 9/9. Sábado, 21h.
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 12 anos
Duração: 60 minutos

 

Sued Nunes, cantora e compositora nascida no Recôncavo da Bahia, é um dos mais novos nomes da Música Preta Brasileira e tem se destacado no cenário nacional após o lançamento do seu primeiro álbum, Travessia. Produzido e gravado pela Mugunzá Records em 2021, o projeto conta com 13 canções autorais, transitando entre o ancestral e o futurismo, aliando-se à oralidade, à cultura local e a influência direta da religião da artista, o candomblé.

 

Erik Escobar & New Brazilian Trio

Dia 10/9. Domingo, 18h
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

 

Show inédito no Brasil do 1º disco do pianista, compositor e produtor musical paulistano, lançado inicialmente em vinil no Reino Unido, Europa, EUA e Japão. Um trabalho de música instrumental-vocal, autoral, que expõe ritmicamente e melodicamente suas conexões às raízes na música brasileira. Com Miguel Assis (bateria), Carlinhos Noronha (baixo) e Eric Escobar (piano).

 

Fuá do Guegué convida Jota Pê

Dia 15/9. Sexta, 20h30
Local: Comedoria (400 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos

Dirigido pelo baterista, percussionista, compositor e produtor musical paraibano Guegué Medeiros, o show tem por objetivo reunir e valorizar a manifestação artística e cultural nordestina brasileira, por meio de clássicos do forró pé de serra, do baião, do xote, do xaxado, além de composições autorais do artista.

 

Tagua Tagua

Dia 15/9. Sexta, 21h
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

Tagua Tagua se destaca como um dos artistas promissores da música
brasileira. Por dois anos, o músico mergulhou num processo de produção intenso: daí nasceram as canções de Tanto, segundo disco do artista. O trabalho foi lançado pela gravadora norte-americana Wonderwheel Recordings.

 

Yago Oproprio

Dia 16/9. Sábado, 20h30
Local: Comedoria (400 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos

Nascido na Zona Leste de São Paulo, Cohab II, o rapper Yago Oproprio carrega o DNA das influências musicais periféricas. Da mistura da rua com a arte periférica, o artista constrói a sua poética urbana, que não se fecha num mundo só. Yago Oproprio, em suas canções, trilha os caminhos do diálogo com as pessoas e as cidades, salta da quebrada para o mundo, sem abandonar a raiz.

 

Bia Góes

Dia 16/9. Sábado, 21h
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

A cantora e compositora paulistana apresenta show de seu terceiro disco Nosso Chão (2022), cujo repertório contempla a brasilidade dos ritmos brasileiros, as zuelas (cantigas) aprendidas no Candomblé Angola, e retrata a beleza do canto para os Orixás e Nkises. Com Bia Góes (voz), Ricardo Valverde (vibrafone e direção musical), Cauê Silva (percussão) e Marcos Paiva (contrabaixo).

 

Caetano Brasil

Dias 17/9. Domingo, 18h.
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

O show “Pixinverso-Infinito Pixinguinha” celebra o mais recente álbum do clarinetista e compositor Caetano Brasil. O repertório é um mergulho profundo na obra de Pixinguinha – desde as canções mais conhecidas, até outros tesouros desenterrados – dialogam com o tempo de agora. A visão particular de Caetano traz à cena influências do jazz, da música de concerto europeia e de ritmos do mundo.

 

Bullet Bane

Dia 22/9. Sexta, 20h30.
Local: Comedoria (400 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos

 

Bullet Bane é a banda de rock alternativo, de São Paulo, formada por Arthur Mutanen (vocal), Danilo de Souza (guitarra), Fernando Uehara (guitarra), Rafael Goldin (baixo) e Renan Garcia (bateria). O grupo iniciou sua trajetória no ano de 2009 e já conta com mais de 10 trabalhos lançados, entre álbuns, EPs e ao vivo.

 

Wado  (FOTO DESTAQUE)

Dias 22/9. Sexta, 21h.
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

Wado volta aos palcos celebrando seus 22 anos de carreira, num passeio por seus êxitos contido nos 12 discos autorais lançados. Acompanhado de power trio paulistano, o artista apresenta novos arranjos a canções como Tarja Preta e Cidade Grande.

 

Afrodizia e Quique Neira

Dia 23/9. Sábado, 20h30.
Local: Comedoria (400 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos

Show do projeto Reggalização da banda brasileira que reuniu mais de 18 artistas nacionais e internacionais para juntos espalharem uma cultura de paz.
Neste show, a participação é do cantor e compositor chileno Quique Neira, e o repertório conta com sucessos da banda Afrodizia, o recente lançamento Tradução, além dos hits de carreira do artista de reggae chileno.

 

Maíra Baldaia

Dia 27/8. Domingo, 18h.
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

Maíra Baldaia é cantora, compositora, atriz e tamborzeira, a artista apresenta a enunciação feminina e afro pop mineira como grandes forças em seu trabalho criativo. A cantora lançou em março deste ano OBÍ, seu terceiro álbum.

 

Eutrópica

Dia 24/9. Domingo, 18h.
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

Show que aprofunda os temas do disco Eutrópica (2022), que tem como concepção um conceito itinerante. Esse trabalho reflete a trajetória da
artista Andrezza Santos, promovendo o encontro com outros artistas enquanto
participação especial como eixo, para debater questões femininas, geográficas e a nova cena musical brasileira, além de permitir seu desdobramento em novas mídias.

 

Vulcano

Dia 29/9. Sexta, 20h30
Local: Comedoria (400 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos

Vulcano é uma banda de Death metal brasileira, formada em 1981 em Santos.
Formada por Zhema (guitarra), Luiz Carlos Louzada (vocais), Gerson Fajardo (guitarra), Cleiton Nunes (baixo) e Bruno Conrado (bateria).

 

Carlos Careqa

Dia 29/9. Sexta, 21h
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

 

Show do 20º disco do cantor e compositor Somos Todos Estrangeiros (2023), com produção de Márcio Nigro.
A inspiração para o disco veio da frase Todos Somos Estrangeiros, Em Quase Todos Os Lugares escrita por Dr. Umes ist Herzchirurg que migrou para Alemanha aos 13 anos, vindo do Sri Lanka.
“Sei que sou um estrangeiro em São Paulo. Aliás, sempre fui um estrangeiro!

 

Zimbra

Dia 30/9. Sábado, 20h30
Local: Comedoria (400 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos

 

Show do primeiro disco da banda santista Sala Dois (2023) que apresenta repertório de pop rock autoral. Formada em 2011, a banda conta com Rafael Costa (vocal e guitarra), Vitor Fernandes (guitarra), Guilherme Goes (baixo) e Pedro Furtado (bateria).

 

Metá Metá

Dia 30/9. Sábado, 21h
Local: Teatro (374 lugares)
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia entrada); R$ 12 (Credencial Sesc)
Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos

 

O som do Metá Metá propõe uma maneira particular de cantar e tocar instrumentos, com ênfase nos arranjos rítmicos e polifônicos. Desde o primeiro disco, a banda chama atenção com a maneira com que mostra suas influências musicais que passam pela música brasileira, free jazz, música africana e rock. Metá Metá é formado por Juçara Marçal (voz), Thiago França (sax) e Kiko Dinucci (guitarra).

 

SESC BELENZINHO

Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.

Belenzinho – São Paulo (SP)

Telefone: (11) 2076-9700

 

Estacionamento

De terça a sábado, das 9h às 21h. Domingos e feriados, das 9h às 18h.

Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional.

 

 

Transporte Público

Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: Assessoria de Imprensa SESC BELENZINHO

#SIGA NO INSTAGRAM
@colinhay @midiorama
Hoje (19/02), é aniversário da jovem atriz Millie Bob Brown @milliebobbybrown que completa 20 anos.

#milliebobbybrown #boomerangmusic #happybirthday #strangerthings
Hoje (19/02), é aniversário do cantor, compositor e ator Evandro Mesquita @evandromesquita que completa 72 anos.

Vocalista da banda Blitz @blitzoficial 

#evandromesquita #Blitz #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (19/02), é aniversário do cantor e compositor Seal @seal que completa 61 anos.

Um dos maiores nomes da música pop.

#seal #happybirthday #boomerangmusic
Se preparem que em agosto vai rolar o Australian Connection Festival @australianconnectionfestival com grandes bandas da Surf Music 

Hoodoo Gurus @hoodoogurus_official 
GangGajang @ganggajang 
SpyS 

Em breve passamos mais informações pra vocês!!

#hoodoogurus #australianconnectionfestival #Surfmusic #boomerangmusic
Lançado em 1984, o filme Footloose completa 40 anos.

O filme conta a história do recém-chegado de Chicago, o jovem Ren McCormak fica frustrado quando descobre que a pequena cidade do interior para a qual se mudou proíbe a dança e a música pop. Com a ajuda de seu novo amigo Willard e da adolescente rebelde Ariel, ele enfrenta uma árdua batalha para mudar a situação local. Mas o reverendo Shaw Moore, pai de Ariel, acaba se transformando em um grande obstáculo.

Dirigido por Herbert Ross e que conta com Kevin Bacon @kevinbacon Lori Singer, Sarah Jessica Parker @sarahjessicaparker John Lithgow e Diane West no elenco.

Clássico dos anos 80.

#footloose #boomerangmusic #40years
Hoje (17/02), é aniversário do compositor, guitarrista e vocalista da banda Green Day @greenday Billie Joe Armstrong @billiejoearmstrong que completa 52 anos.

#billiejoearmstrong #happybirthday #boomerangmusic #greenday