Fickle Friends lança novo EP ‘Weird Years: Season 2’

OUÇA AQUI

 

INCLUINDO O NOVO SINGLE ‘WON’T HURT MYSELF’– ASSISTA AO CLIPE OFICIAL AQUI

 

“Como eles moldam de forma brilhante os componentes do electro-pop clássico dos anos 80 em algo reluzente e fresco.”
– The Sunday Times

“Repleto de dores de amor e reflexões.” The Line of Best Fit

“Sintetizadores vibrantes e uma raiz pop… estamos obcecados . – Wonderland

“Escapismo puro e sem adornos.” – Clash

 

Qual é o principal elemento para criar uma segunda temporada essencial? É simples, mas muito mais fácil dizer do que fazer: mantenha o brilho da original e, ao mesmo tempo, introduza novos elementos que trazem novas ideias para um ambiente familiar. Isso é precisamente o que o quarteto de electro/indie-pop progressista Fickle Friends fez com seu novo EP ‘Weird Years: Season 2’, que está disponível agora. Ouça AQUI. Assista ao videoclipe oficial para o single ‘Won’t Hurt Myself’ AQUI.

 

Os dois primeiros singles –  ‘Not In The Mood’ e ‘Cosmic Coming of Age’ – gerou uma nova onda de aclamação, apoio nas plataformas streaming e outras reproduções por Annie Mac. Agora, Fickle Friends compartilham ‘Season 2’ com o novo single ‘Won’t Hurt Myself’. A música fecha o novo EP em estilo dramático, crescendo em direção ao céu a partir das teclas e batidas elementares de sua introdução em um turbilhão encorpado de sintetizadores crescentes e guitarras serrilhadas.

 

A escala total desses contrastes reflete a paixão de suas emoções. “Todo dia é como um Halloween mas eu só quero sair da festa (Every day’s like Halloween but I just want to leave the party),” canta Natti Shiner com um coração partido. Mas, no final das contas, é sobre se esforçar para fazer o melhor por si mesmo, independentemente do quão para baixo você se sinta. Enquanto o refrão conta, “Eu não vou me machucar do jeito que você quer que eu faça (I won’t hurt myself the way you want me to).”

 

“‘Won’t Hurt Myself’ reflete sobre quando os relacionamentos terminam e você não pode deixar de criticar cada decisão que você fez”, diz Natti. “Eu fiz tudo muito rápido? Por que eu me deixei machucar por tanto tempo? Seu coração dói tanto que você não consegue sentir mais nada. Você está dormente.”



A outra nova música do EP, ‘Turns Me Bad’, é quase um capítulo introdutório à ‘Won’t Hurt Myself’. Uma colaboração com os alt-poppers de Nashville, Nightly, é um foguete melódico que explora o hedonismo de ignorar bandeiras vermelhas reveladoras enquanto você se precipita para um novo relacionamento. É uma música que certamente se conectará em futuros shows ao vivo.

 

E o tão esperado retorno do Fickle Friends ao palco está finalmente se aproximando. Seu primeiro show desde Dezembro de 2019 está programado para ser no festival Sheffield’s Tramlines em 25 de Julho, em um projeto liderado por Richard Ashcroft, Dizzee Rascal e Tom Walker.

 

O conceito para ‘Weird Years’ está planejado para evoluir a um álbum completo ainda esse ano. No entanto, por hora, as duas temporadas contam uma história pessoal convincente de uma época de desafios e transições que é estranha, mas muito real.

 

 

 

‘Weird Years: Season 2’ tracklist:

 

1.    ‘Not In The Mood’
2.    ‘Turns Me Bad’ (featuring Nightly)
3.    ‘Cosmic Coming of Age’
4.    ‘Won’t Hurt Myself’

 

 

 

Fickle Friends
Website
| Spotify | Apple Music | YouTube | Instagram | TikTok |

 

 

 

 

 

Com informações: Catto Comunicação