Hermínio Bello de Carvalho lança Cataventos pelo Selo Sesc

Disco com 15 faixas, 12 delas inéditas, homenageia Cartola, Clementina de Jesus, Pixinguinha e Mário de Andrade e conta com as participações de novos e antigos parceiros, como Fernanda Montenegro (na leitura de poemas), Maria Bethânia, Paulinho da Viola, Alaíde Costa, Áurea Martins, Joyce Moreno, Ayrton Montarroyos e Gabi Buarque

 

Lançamento do álbum nas plataformas digitais no dia 12 de julho, quarta-feira

 

Shows de lançamento no Sesc Pinheiros nos dias 15 e 16 de julho 

Vendas online a partir de 4/7 (terça), às 17h. Venda presencial nas unidades do Sesc SP no dia 5/7 (quarta), às 17h

  

Ouça nas plataformas ou no Sesc Digital

 

Parceiro de Cartola, Dona Ivone Lara, Paulinho da Viola, Pixinguinha. Letrista de choros de Jacob do Bandolim e cantado por Chico Buarque, Elizeth Cardoso, Elza Soares, Gal Costa, Ney Matogrosso e uma infinidade de outros nomes da música brasileira. Escritor, compositor, letrista, poeta, apresentador e produtor, Hermínio Bello de Carvalho celebra seus mais de 70 anos de carreira com o lançamento digital do disco Cataventos pelo Selo Sesc no dia 12 de julho, com shows de lançamento nos dias 15 e 16 de julho no Sesc Pinheiros.

 

Com direção de produção de Helton Altman e produção musical e arranjos de Lucas Porto, Cataventos conta com sambas, sambas-canção e uma valsa em 15 faixas (12 delas inéditas) de Hermínio Bello de Carvalho ao lado de novos e antigos parceiros, nomes consagrados e revelações da música brasileira. São eles: Alaíde Costa, Alfredo Del-Penho, Ayrton Montarroyos, Áurea Martins, Gabi Buarque, Giulia Drummond, Joyce Moreno, Maria Bethânia, Marcos Sacramento, Paulinho da Viola, Pedro Miranda, Pedro Paulo Malta, Vidal Assis e Zé Renato. Ainda, abrindo e fechando o trabalho, a voz da atriz Fernanda Montenegro na leitura de dois poemas: “Fica evidente que este é um disco de música e poesia, com a primeira e a últimas faixas dando-nos o privilégio da voz de Fernanda Montenegro. Nunca, nunca mesmo, poderia imaginar que ela um dia estaria recitando um poema meu”, conta Hermínio.

 

Segundo Lucas Porto, parceiro e amigo desde 2007 quando se conheceram na Escola Portátil de Música no Rio de Janeiro, a lista de composições  é  “um prato cheio para qualquer arranjador, pelo contraste natural entre músicas inéditas recentes e outras com mais de 30 anos que foram redescobertas, como “Labaredas” que é cantada pelo Ayrton Montarroyos, uma parceria de Hermínio com Cartola que foi gravada apenas uma vez na década de 1980”, conta ele.

 

“Valsa da Solidão” foi a primeira música feita com Paulinho da Viola, mas só agora foi gravada pelo artista, enquanto “Cobras e Lagartos”, a mais exitosa parceria com Sueli Costa, falecida este ano antes de completar 80 anos de idade, ganhou uma homenagem inesperada de Maria Bethânia, que a gravou com arranjo e violões de João Camarero.

 

Entre as inéditas, destaque para “Louva-a-Deus”, parceria com Vidal Assis e Luis Barcelos na voz de Joyce Moreno e Alfredo Del-Penho, e “Só se for agora”, interpretada pela cantora Alaíde Costa.

 

Para Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo, “Ao lançar o álbum Cataventos, o Selo Sesc reafirma o duplo compromisso com a difusão de obras basilares da música brasileira e de novas composições, mantendo o diálogo e a troca entre diferentes gerações de artistas”. O poeta, que “cultiva cataventos” há 70 anos, continua, de fato, a apurar a direção dos ventos, com renovada aptidão para descobrir e reunir talentos, além de manejar com maestria a arte de combinar a letra com a melodia de seus ilustres parceiros”.

 

A cantora e amiga de longa data Joyce Moreno estende os elogios: “O álbum é um espanto. Faz a gente se perguntar: como um homem de 88 anos, com a história e as realizações de Hermínio Bello de Carvalho, consegue ainda ter fôlego para lançar uma obra inédita desse porte? Quando tantos bem mais novos que ele já se aposentaram, penduraram as chuteiras ou se mantiveram num círculo de eternas repetições, vivendo de antigas glórias?

 

É o próprio HBC, como é carinhosamente chamado, que responde: “Sou curioso, de ouvido bom, comentarista de música desde os 16 anos de idade. Gosto de trabalhar com estranhezas. Durmo pouco, leio muito e produzo muito também. Tenho mais uns cinco livros por editar e mais uns dois discos prontos. E sim, cultivo cataventos. E estou permanentemente cataventando, exposto aos raios e às ventanias, abençoado por meus anjos da guarda desde menino:  Pixinguinha e Cartola, parceiros fúlgidos, luzentes; e Clementina de Jesus, baobá iluminado pelo olhar incandescente de Mário de Andrade, meu farol.  Sigo meu destino pisando um chão coruscado de esmeraldas e estrelas – sina dos poetas”, define.

 

  • Cataventos, o show:

 

O trabalho terá show de lançamento no Sesc Pinheiros nos dias 15 e 16 de julho. Com direção e roteiro de Helton Altman, a apresentação trará Hermínio Bello de Carvalho e as participações de Alaíde Costa, Ayrton Montarroyos, Áurea Martins e Vidal Farias. No setlist, músicas do disco como “Louva-a-Deus” (Vidal Assis/Luis Barcelos/Hermínio B. de Carvalho), ”Só se for agora” (Lucas Porto/Hermínio Bello de Carvalho), “Cobras e lagartos” (Sueli Costa/Hermínio Bello de Carvalho) e “Pressentimento” (Elton Medeiros/Hermínio Bello de Carvalho), clássicos feitos em parceria com Paulinho da Viola, “Timoneiro”, “Sei lá, Mangueira”) e Dona Ivone Lara (“Mas quem disse que eu te esqueço”), entre outras surpresas.

 

Vendas online a partir de 4/7 (terça), às 17h. Venda presencial nas unidades do Sesc SP no dia 5/7 (quarta), às 17h.

 

  • Mais sobre Hermínio Bello de Carvalho

 

Compositor em atividade ininterrupta desde 1951, Hermínio Bello de Carvalho completou 88 anos em 28 de março deste ano. Foi repórter e colunista de discos da revista “Rádio-entrevista”,  colaborador de “O Cruzeiro” (Internacional), “Leitura”,  “Revista da Música Popular” e do jornal “Pasquim”, além de ter colaborado por anos na programação de emissoras como a Rádio MEC e a Rádio Nacional. Foi também diretor-roteirista, assinando espetáculos antológicos como “Rosa de Ouro”, de 1965, que lançou Clementina de Jesus e Paulinho da Viola no cenário artístico, e “Elizeth Cardoso, Jacob do Bandolim, Zimbo Trio e o Época de Ouro”, de 1968, além de musicais de sucesso com nomes como Alcione, Chico Buarque, Herivelto Martins, Luiz Gonzaga, Marlene, Simone e Radamés Gnattali & Camerata Carioca.

 

Foi parceiro, além dos já citados, de Baden Powell, Cristóvão Bastos, Elton Medeiros, Francis Hime, Martinho da Vila, Maurício Tapajós, Roberto Frejat, Rildo Hora e Sueli Costa, e tem músicas interpretadas também por Alcione, Caetano Veloso, Cyro Monteiro, Dalva de Oliveira, Elba Ramalho, Isaurinha Garcia, Nara Leão e Zélia Duncan.

 

Como produtor, participou de projetos de formação de novas platéias, monografias, apoio à prática de conjunto e edição de partituras, entre outros projetos de pesquisa e documentação. É um dos idealizadores do programa da Escola Portátil de Música, no Rio de Janeiro. Tem 14 livros lançados, sendo o mais recente Passageiro de relâmpagos : crônicas friccionais e perfis inexatos,  recém lançado pela Edições Sesc São Paulo.

 

  • Passageiro de relâmpagos : crônicas friccionais e perfis inexatos, o livro:

 

Além do disco e do show, o Sesc SP está lançando o livro Passageiro de relâmpagos : crônicas friccionais e perfis inexatos (Edições Sesc São Paulo), que reúne um compilado de textos, em sua maioria inéditos. Organizado pela cantora Joyce Moreno e entremeado por caricaturas feitas por Eduardo Baptistão, o livro traz à tona as memórias do autor, a maioria traçando perfis de artistas que conviveram e trabalharam com ele. A publicação teve pré-lançamento na Feira do Livro, festival literário de São Paulo que aconteceu de 7 a 11 de junho.

 

Os títulos das Edições Sesc São Paulo podem ser adquiridos em todas as unidades do Sesc São Paulo, nas principais livrarias, em aplicativos como Apple Store e Google Play, e pelo portal http://www.sescsp.org.br/loja

SOBRE O SELO SESC 

 

Desde 2004 o Selo Sesc traz a público obras que revelam a diversidade e a amplitude da produção artística brasileira, tanto em obras contemporâneas quanto naquelas que repercutem a memória cultural, estabelecendo diálogos entre a inovação e o histórico. Em catálogo, constam álbuns em formatos físico e digital que vão de registros folclóricos às realizações atuais da música de concerto, passando pelas vertentes da música popular e projetos especiais. Entre as obras audiovisuais em DVD, destacam-se a convergência de linguagens e a abordagem de diferentes aspectos da música, da literatura, da dança e das artes visuais. Os títulos estão disponíveis nas principais plataformas de áudio, Sesc Digital e Lojas Sesc. Saiba+: https://portal.sescsp.org.br

 

SOBRE O SESC SÃO PAULO

 

Com 76 anos de atuação, o Sesc – Serviço Social do Comércio conta com uma rede de 40 unidades operacionais no estado de São Paulo e desenvolve ações com o objetivo de promover bem-estar e qualidade de vida aos trabalhadores do comércio, serviços, turismo e para toda a sociedade. Mantido pelos empresários do setor, o Sesc é uma entidade privada que atua nas dimensões físico-esportiva, meio ambiente, saúde, odontologia, turismo social, artes, alimentação e segurança alimentar, inclusão, diversidade e cidadania. As iniciativas da instituição partem das perspectivas cultural e educativa voltadas para todas as faixas etárias, com o objetivo de contribuir para experiências mais duradouras e significativas. São atendidas nas unidades do estado de São Paulo cerca de 30 milhões de pessoas por ano. Hoje, aproximadamente 50 organizações nacionais e internacionais do campo das artes, esportes, cultura, saúde, meio ambiente, turismo, serviço social e direitos humanos contam com representantes do Sesc São Paulo em suas instâncias consultivas e deliberativas. Mais informações, clique aqui

 

Lista de faixas e ficha-técnica:

 

1. Labirinto (Autor: Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Fernanda Montenegro

 

  1. Cobras e Lagartos(Autores: Sueli Costa e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Maria Bethânia / Violão sete cordas: João Camarero

 

  1. Louva-a-Deus(Autores: Vidal Assis, Luis Barcelos e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Joyce Moreno e Alfredo Del-Penho / Sax Alto: Denize Rodrigues e Rui Alvim / Sax Tenor: Joana Saraiva e Diego Terra / Violão e Violão sete cordas: Lucas Porto / Cavaquinho: Binha Thomaz / Agogô, Conga, Ganzá, Surdo, Tamborim: Magno Júlio / Conga, Pandeiro, Repique de anel, Tantam e Tamborim: Marcus Thadeu / Coro: Beatriz Rabello, Marina Íris, Nina Wirtti, Léo Pereira e Marcelo Menezes

 

  1. Pandemônio(Autores: Tuninho Galante e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Pedro Miranda / Flauta: Aline Gonçalves / Clarinete: Rui Alvim / Clarone: Pedro Paes / Violão e Violão sete cordas: Lucas Porto / Cavaquinho: Binha Thomaz / Agogô, Surdo, Reco-reco e Tamborim: Magno Júlio / Pandeiro, Repique de anel e Tantam: Marcus Thadeu

 

  1. Foi Mal(Autores: Gabi Buarque e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Gabi Buarque / Vocal: Joyce Moreno / Sax Tenor: Denize Rodrigues / Piano Itamar Assiere / Violão: Lucas Porto / Contrabaixo: Pedro Aune / Bateria e Tamborim: Marcus Thadeu

 

  1. Labaredas(Autores: Cartola e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Ayrton Montarroyos / Flauta: Aline Gonçalves / Clarinete: Rui Alvim / Clarone: Pedro Paes / Violão e Violão sete cordas: Lucas Porto / Cavaquinho: Binha Thomaz / Caixa e Pandeiro: Marcus Thadeu

 

  1. Dona Felicidade (Autores: Vidal Assis e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Vidal Assis / Flauta: Aline Gonçalves / Bandolim: Marcílio Lopes / Violão e Violão sete cordas: Lucas Porto / Cavaquinho: Binha Thomaz / Ganzá, Surdo e Tamborim: Magno Júlio / Pandeiro e Tantam: Marcus Thadeu

 

  1. Cataventos – A Chave do Alçapão(Autores: Saulo Battesini e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Giulia Drummond e Hermínio Bello de Carvalho / Vocal: Saulo Battesini /

Acordeom: Kiko Horta / Violão: Lucas Porto / Contrabaixo: Pedro Aune / Coquinho, Pandeiro, Triângulo e Zabumba: Marcus Thadeu

 

  1. Não convém que me traias(Autores: Tuninho Galante e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Marcos Sacramento / Trompete: Aquiles Moraes / Acordeom: Kiko Horta / Guitarra: Pedro Franco / Piano: Itamar Assiere / Contrabaixo: Pedro Aune / Bateria e Bongô: Marcus Thadeu / Clave, Ganzá e Reco-reco: Magno Júlio

 

  1. Só se for agora(Autores: Lucas Porto e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Alaíde Costa / Violão: Lucas Porto / Piano: Itamar Assiere / Contrabaixo: Pedro Aune / Bateria: Marcus Thadeu

 

  1. Rastejando(Autores: Henrique Annes e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Zé Renato / Flauta: Aline Gonçalves / Bandolim: Marcílio Lopes / Violão e Violão sete cordas: Lucas Porto / Cavaquinho: Binha Thomaz / Pandeiro: Marcus Thadeu

 

  1. Aos rés do chão(Autores: Tuninho Galante e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Pedro Paulo Malta / Trompete: Aquiles Moraes / Sax Alto: Rui Alvim / Sax Tenor: Diego Terra / Trombone: Everson Moraes / Violão e Violão sete cordas: Lucas Porto / Cavaquinho: Binha Thomaz / Agogô, Conga, Surdo e Tamborim: Magno Júlio / Conga, Cuíca, Ganzá, Pandeiro e Tantan: Marcus Thadeu / Coro: Beatriz Rabello, Marina Íris, Nina Wirtti, Léo Pereira e Marcelo Menezes

 

  1. Trapaças da Sorte(Autores: Kiko Horta e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Áurea Martins / Acordeom: Kiko Horta / Piano: Itamar Assiere / Contrabaixo: Pedro Aune / Bateria: Marcus Thadeu

 

  1. Valsa da Solidão(Autores: Paulinho da Viola e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Paulinho da Viola / Piano: Cristovão Bastos / Violão sete cordas: Lucas Porto

 

  1. Enunciação(Autores: Vital Lima e Hermínio Bello de Carvalho)

Voz: Fernanda Montenegro / Voz e Violão: Vital Lima / Flugelhorn: Aquiles Moraes / Moringa: Marcus Thadeu

 

Direção de produção: Helton Altman

Produção artística e musical: Lucas Porto

Produção executiva: Memeca Moschkovich

 

Todos os arranjos são de Lucas Porto, exceto “Cobras e Lagartos” (arranjo de

João Camarero) e “Valsa da Solidão” (arranjo de Paulinho da Viola).

CD gravado, mixado e masterizado por João Ferraz no Estúdio Lontra Music (RJ), exceto “Cobras e Lagartos”, gravada e mixada por Eduardo Costa no Estúdio Biscoito Fino (RJ).

 

Capa/ilustrações: Mello Menezes

Projeto gráfico: Nilton Bergamini

Fotos: Philippe Leon Anastassakis

 

SERVIÇO

Cataventos

 

Show de lançamento do álbum Cataventos em homenagem ao compositor Hermínio Bello de Carvalho. Participações de Alaíde Costa, Áurea Martins, Ayrton Montarroyos, Vidal Assis e Hermínio Bello de Carvalho.

Datas:  15 e 16/7. Sábado, às 21h. Domingo, às 18h.

Local: Teatro Paulo Autran
Classificação: 10 anos

Duração: 90 minutos

Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros, São Paulo – SP

Ingressos: R$ 15 (Credencial Plena), R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira) à venda no site e aplicativo Credencial Sesc a partir de 4/7, às 12h, e nas bilheterias a partir de 5/7, às 17h.

 

Ficha técnica do show

 

Direção e roteiro: Helton Altman

 

Lucas porto – Violão 7 e direção musical

Itamar Assiere – Piano

Aline Gonçalves – sopros

Marcus Thadeu – Bateria e percussão

 

Pedro Altman – Luz

Alberto Ranellucci – Som

Guete Oliveira – Produção executiva

 

 

 

 

 

 

Com informações: Assessoria de Imprensa SELO SESC

#SIGA NO INSTAGRAM
The Blues Brothers Live
Hoje (16/07), é aniversário do brilhante cantor e compositor Ed Kowalczky @edkowalczyk da banda Live @livetheband que completa 53 anos.

#edkowalczyk #happybirthday #Live #boomerangmusic
Hoje (16/07), é aniversário do brilhante baterista Stewart Coperland @stewart_copeland da banda The Police @thepolicebandofficial que completa 72 anos.

#thepolice #boomerangmusic #stewartcopeland
A banda MR. BIG FINALIZA SUA CARREIRA COM ‘THE BIG FINISH LIVE’ com dois lançamentos

MR. BIG formada por Eric Martin (vocal principal), Paul Gilbert (guitarra, vocal), Billy Sheehan (baixo, vocal), Nick D'Virgilio (bateria, vocal) - está encerrando sua carreira de 35 anos em GRANDE… com não um, mas dois lançamentos de álbuns. 

O primeiro é o décimo álbum de estúdio, TEN, lançado em 12 de julho. O último álbum ao vivo lançado será The BIG Finish Live, que será lançado em 6 de setembro.

 Lista de músicas 
 
1. Addicted To That Rush
2. Take Cover
3. Undertow
4. Daddy, Brother, Lover, Little Boy (The Electric Drill Song)
5. Alive And Kickin'
6. Green-Tinted Sixties Mind
7. CDFF- Lucky This Time
8. Voodoo Kiss
9. Never Say Never
10. Just Take My Heart
11. My Kinda Woman
12. A Little Too Loose
13. Road To Ruin
14. To Be With You
15. Big Love
16. The Chain
17. Promise Her The Moon
18. Where Do I Fit In
19. Wild World
20. Paul Gilbert Guitar Solo
21. Colorado Bulldog
22. Billy Sheehan Bass Solo
23. Shy Boy
24. 30 Days in the hole
25. Good Lovin'
26. Baba O' Riley

The BIG Finish Live é um novo álbum ao vivo e filme-concerto da turnê de despedida “The BIG Finish” do MR.BIG, onde a banda tocou seu álbum LEAN INTO IT, que vendeu um milhão de cópias, na íntegra, além de clássicos adicionais do MR.BIG. 

Filmado em 4K no Budokan em Tóquio, Japão, em 26 de agosto de 2023, esta performance histórica estará disponível em diversos formatos de alta qualidade: Vinil Preto 180g (3 LP), SACDs Estéreo Híbrido Multicanal (2), MQA -CDs (2), CDs MQA + Blu-Ray (2), Blu-ray 4K Ultra HD (apresentando bastidores e filmagens de entrevistas) e cassete (2). 

Todos esses formatos virão com um livreto/inserção que inclui fotos inéditas de sua apresentação no Budokan, bem como um adesivo ou cartão postal para os fãs.

Aguardem !!

#mrbig #boomerangmusic
A Netflix @netflix soltou o poster da quinta e última temporada da série Stranger Things @strangerthingstv 

A primeira parte da última temporada estreia em 2025, lembrando que ela será dividida em duas partes.

Estão curiosos? 

#strangerthings #boomerangmusic #netflix
Hoje (09/07), é aniversário do brilhante ator e produtor Tom Hanks @tomhanks que completa 68 anos.

#tomhanks #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (09/07), é aniversário do cantor e compositor Jack White @officialjackwhite que completa 49 anos.

Fundador das bandas The White Stripes e The Raconteurs

#jackwhite #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (09/07), é aniversário do cantor, compositor e vocalista da banda Siimple Minds @simplemindsmusic Mr. Jim Kerr @jim_kerr_official_  que completa 65 anos.

#jimkerr #happybirthday #boomerangmusic