Johnny Monster aspira mudanças em “Sonho Profundo”

Single inédito integra relançamento de disco de estreia do artista, Solstício de Inverno Reloaded, que chega às plataformas digitais em dezembro

 

Capa por Rodrigo Akiti | Foto por Ciro Boro

 

OUÇA ‘SONHO PROFUNDO’ AQUI

 

“Ontem à noite eu sonhei, que tudo ia se transformar. De repente eu acordei, e estava tudo no mesmo lugar.” Este verso do novo single de Johnny Monster, “Sonho Profundo” descreve um sentimento mundialmente compartilhado em 2020. Apesar de não ter sido pensada para um cenário de pandemia, a música, que chega às plataformas digitais nesta sexta-feira, 20, se encaixa em uma realidade na qual continuamente ansiamos por algo novo.

 

“Sonho Profundo” antecipa o lançamento de Solstício de Inverno Reloaded, em 18 de dezembro pelo selo ForMusic. Esta será uma nova versão de Solstício de Inverno, primeiro disco solo do artista, lançado em 2009. Para celebrar estes 11 anos se apresentando como Johnny Monster, a novidade foi remasterizada por Michel Kuaker, e traz faixas bônus, uma nova tracklist e identidade visual reinventada. Esta também será a estreia das faixas de Solstício de Inverno em grande parte das plataformas digitais, já que no lançamento original elas ficaram restritas ao Soundcloud, apesar de terem chego a importantes palcos da cena paulista, como os do Sesc Pompeia e do Prata da Casa.

 

O single completa a prévia dada por “A Estrada” (ouça aqui), “O Sol” (ouça aqui) e “O Tempo Não Erra Jamais” (ouça aqui). “O single é um resgate dos meus arquivos, um b-side que acabou não entrando no primeiro lançamento. É uma música que estampa um descontentamento com o modo em que vivemos no Brasil que estava lá em 2009, e que persiste em 2020”, diz Johnny Monster sobre a música que flerta com o brit-pop, com inspirações em Doves, Oasis e Suede.

 

“Sonho Profundo” têm uma sonoridade cru que é característica de Solstício de Inverno Reloaded, disco de tom urgente baseado em guitarras e violões. “O álbum tem uma importância grande para mim, por ser o primeiro”, diz Johnny Monster. E o relançamento pareceu uma escolha óbvia para o artista pela atemporalidade do trabalho. “Muita coisa mudou [entre 2009 e 2020]. Estou muito mais confiante hoje em relação ao meu trabalho e minhas composições. Pois compor, além de depender de inspiração, é um exercício diário, e realmente sinto uma evolução em todo esse tempo. Mas, os temas, os sentimentos, minhas visões e aspirações permanecem similares, infelizmente o mundo não mudou muito, acho que, pelo contrário, piorou bastante em diversos aspectos.”

 

Solstício de Inverno Reloaded revive a primeira experiência do artista sem as bandas Rip Monsters, onde atuou como baixista e vocalista durante 8 anos e com quem lançou 4 discos, e Daniel Belleza e os Corações em Fúria, com quem gravou 3 álbuns e participou de importantes festivais, incluindo o Lollapalooza Brasil em 2012. Em carreira solo, também lançou os EPs Plaine de Mongolie (2014), Canções do Desapego (2019, pela ForMusic) — que contém o single “Folhas de Outono” (ouça aqui), inspirado em “Sonho Profundo”, e Abrigo em Fase de Construção (2020, pela ForMusic).

 

Siga Johnny Monster nas redes sociais: FACEBOOK | INSTAGRAM | YOUTUBE

 

“SONHO PROFUNDO” agora em todas as plataformas digitais

 

 

 Crédito: André Marothy

 

 

 

Com informações: Catto Comunicação