Juliana Lima lança o CD “Esperança”

Oitavo álbum da artista traz canções que despertam a reflexão sobre temas como o amor, a saudade e o luto, além dos desafios causados pela pandemia

 

“Esperança” é o oitavo CD da artista Juliana Lima que chegou recentemente às plataformas digitais.

 

Produzido durante o período da pandemia, o álbum traz canções que falam sobre os desafios do isolamento social, como “Silencio das Cidades”, e músicas que discorrem sobre o tema da saudade como “Mãe” e “Licença”. Outro destaque é para a faixa “Eu Vou Lembrar de Você”, que aborda a perda de pessoas queridas.

 

Ouça: https://tratore.ffm.to/esperanca- 

 

Compositora de mão cheia, Juliana Lima apresenta no CD a autobiográfica “Que Seja Leve” e o primeiro reggae da carreira em “A gente se Mistura”. Como não poderia faltar, a artista contempla no projeto o amor em obras como “Temporal” e “Meus Planos”.

 

O CD traz ainda uma linda homenagem em “Mulher” – música que exalta a força feminina, capaz de transcender os mais severos desafios e culmina com “Esperança”, faixa intimista e que nos leva a um profundo mergulho em nós mesmos. “Essa é a primeira canção que faço com arranjo em voz e piano. A intenção é mesmo arrancar suspiros e encher de esperança os nossos corações”, comenta a artista que assina mais de 500 composições.

 

Quem assina a produção do CD “Esperança” é Augusto Albuquerque, carioca, radicado em São Paulo há 15 anos. Baixista do grande Moraes Moreira por 16 anos (até a sua morte, em 2020), o músico já trabalhou com artistas como Carlinhos Brown, Maria Rita, Banda Black Rio, Banda Grooveria e Lucy Alves.

 

CD “Esperança” /  Artista: Juliana Lima

 

1.Que seja leve (Juliana Lima)
2.Meus planos (Juliana Lima/Analiss)
3.Temporal (Juliana Lima)
4.A gente se mistura (Juliana Lima/Juliana Cranchi)
5.Mãe (Juliana Lima)
6.Eu vou lembrar de você (Juliana Lima)
7.Mulher (Juliana Lima)
8.Licença (Juliana Lima/Valéria Pisauro)
9.Silêncio das cidades (Juliana Lima/Natalia Bueno)
10.Esperança (Juliana Lima)

 

Sobre Juliana Lima:

 

Juliana Lima possui oito CDs lançados e assina mais de 500 composições. Aos 14 anos, gravou o primeiro álbum intitulado “Procuro um amor”. Em 2002, foi a vez do seu segundo CD “Raios de Sol” e dois anos depois apresentou o terceiro trabalho, “Tudo e Mais”.

 

Formada em Musicoterapia, pela Faculdade Paulista de Artes em 2006, Juliana Lima lançou no ano seguinte o quarto CD, “O Dom”- trabalho que se caracterizou pela mistura de ritmos da música brasileira, baião, balada, samba e bossa nova, definindo assim as diversas influências recebidas pela artista.

 

Em 2009, emplacou a canção “Mesmo sem te ver”, de autoria própria, na trilha sonora do curta-metragem “Ópera de Arame”. Já em 2013, veio o quinto álbum da carreira, “Aquariana”, produzido por Thiago Varzé, que tem trabalhando com artistas como Max Viana, Marcelo Mariano e Pedro Mariano.

 

No ano de 2014, Juliana Lima especializou-se em Gestão de projetos Culturais na USP e realizou a primeira turnê na Argentina, fazendo oito shows entre as cidades de Buenos Aires e La Plata.
Em 2015, lançou um DVD, formou-se em Music & Business, na EM&T, 
e em 2016  fez sua primeira turnê na Europa, passando por Portugal, Irlanda, Italia e Espanha.

 

Com o Trio Beijo de Moça, Juliana Lima apresentou o primeiro CD do grupo em 2017. Dando sequência a sua discografia solo, lançou o EP “Bem Mais” em 2018.

 

Em 2019, cantou com Elba Ramalho, abriu shows de Ana Carolina e Roupa Nova e venceu o concurso Jeunesse Next Talent, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, onde cantou para 18 mil pessoas.

 

Agora em 2021, ano em que forma-se em Música e Negócio no Instituto Genesis pela PUC-Rio, Juliana Lima brinda o público com o CD “Esperança” (oitavo da carreira solo) e com o CD “Chega Pra Cá” do Trio Beijo de Moça.

 

Para saber mais, acesse:

 

www.julianalimaoficial.com.br

facebook.com/oficialjulianalima

instagram.com/oficialjulianalima

youtube.com/julianalimavevo

youtube.com/julianalimaoficial

 

 

 

 

 

 

 

Com informações:  Great Assessoria e Comunicação