Lenda do pop, Duran Duran anuncia disco com clipe inteiramente feito por inteligência artificial

Com toques de industrial e ar vanguardista, “Invisible” é a primeira mostra de “Future Past”

 

Com 40 anos de estrada, inúmeros hits globais e nome marcado na história da música mundial, o Duran Duran se mantém como uma banda inquieta e sempre em busca do novo. Prestes a lançar seu 15° disco de estúdio, o quarteto inova ao trazer seu primeiro single “Invisible”, com clipe inteiramente realizado por Huxley, um artista criado em inteligência artificial. Este é um lançamento BMG disponível em todas as plataformas de música digital.

 

Assista ao clipe de “Invisible”: https://duranduran.lnk.to/InvisibleVideoPR

 

Ouça “Invisible”: https://duranduran.lnk.to/InvisiblePR

 

Faça pré-save e compra do álbum “Future Past”: https://duranduran.lnk.to/FuturePastPR

 

O Duran Duran foi a primeira banda a vender downloads de música e buscou inovar nos modos de transmissão de vídeo e dos telões nos shows, mas o que os artistas estão propondo em “Invisible” é muito mais radical. Tudo o é visto na tela – cada imagem, animações, edição, a forma como os membros da banda aparecem em cena e o que cantam – veio de Huxley, em um processo que permanece intocado por mãos humanas.

 

Ao criar o vídeo para a banda, Huxley absorveu as letras da música, os vídeos e as fotos, juntamente com informações sobre o grupo e fez uma análise própria do sentimento da música. Essa é a primeira colaboração do tipo na história. Huxley é uma criação do Nested Minds Solutions com base no trabalho inovador do neurocientista Karl Friston.

 

Esse olhar pro futuro está presente em cada passo deste novo álbum, que será lançado no dia 22 de outubro com o preciso nome de “Future Past”. O primeiro single tem produção de Erol Alkan, conhecido por seu trabalho na cena britânica do disco punk e por colaborações aclamadas com o The Killers e o Ride e tem participação especial de Graham Coxon (Blur) nas guitarras.

 

“A arquitetura sonora sempre foi algo importante para nós e sinto que em ‘Invisible’ realmente esculpimos algo do modo como queríamos. Sonoramente, é uma música incomum. Quando você mescla todos os instrumentos juntos, cria um som que talvez traga ao ouvinte a sensação de nunca ter ouvido aquilo antes”, conta o tecladista e fundador do Duran Duran, Nick Rhodes.

 

Rhodes incorporou ao projeto o trabalho do artista visual japonês Daisuke Yokota, responsável pela capa do single e do disco – ambas disponíveis para aquisição como NFT. Nick o conheceu ao fazer um documentário sobre fotografia japonesa do pós-guerra e a banda se apaixonou pelo trabalho.

 

 

Além de Yokota, Coxon e Alkan, “Future Past” traz colaborações que ampliam o universo do Duran Duran. O lendário Giorgio Moroder assina produção de faixas, assim como o aclamado Mark Ronson. Lykke Li canta no álbum e Mike Garson, conhecido por seu trabalho com David Bowie, é um dos instrumentistas.

 

“Quando entramos em estúdio pela primeira vez, no final de 2018, eu estava tentando convencer os caras que tudo o que precisávamos fazer era escrever duas ou três faixas para um EP. Quatro dias depois, tínhamos a base de 25 canções muito fortes, que precisamos desenvolver com calma. Então aqui nós estamos, em 2021, com nosso 15º álbum de estúdio querendo se libertar. Nós abrimos os trabalhos com ‘Invisible’, uma música sobre um relacionamento unilateral que se tornou algo maior, sobre uma multidão que não quer ser silenciada ou deixada de lado. Parece algo certo para o agora”, reflete o vocalista Simon Le Bon.

 

“Invisible” poderá ser vista pela primeira vez ao vivo no Billboard Music Awards 2021, no dia 23/05. “Future Past” já se encontra em pré-venda.

 

Assista ao clipe de “Invisible”: https://duranduran.lnk.to/InvisibleVideoPR

 

Ouça “Invisible”: https://duranduran.lnk.to/InvisiblePR

 

Faça pré-save e compra do álbum “Future Past”: https://duranduran.lnk.to/FuturePastPR

 

 

Siga Duran Duran: https://www.duranduran.com

 

 

Siga HQ Music:

 

https://www.instagram.com/hqmusicbr

http://www.hqmusic.com.br

 

 

 

 

 

Com informações: BUILD UP MEDIA