Música instrumental brasileira: Buena Onda Reggae Club concorre ao Prêmio Dynamite 2021

Banda é do ABC paulista, celeiro de grandes nomes da música brasileira

 

A banda instrumental Buena Onda Reggae Club, uma das maiores revelações da música instrumental brasileira contemporânea, foi indicada ao prêmio Dynamite de Música Independente 2021.

 

O evento, criado pelo produtor cultural André “Pomba”, é um dos mais tradicionais da música independente brasileira e acontece desde 2002. Em 2021, premiará em 19 categorias músicos, bandas, programas de rádio, TV e revistas.

 

A banda concorre na categoria “Melhor lançamento de Música Instrumental” com o álbum “Disco 2”. O trabalho foi lançado no início de 2020, pouco antes do início da pandemia. O show de estreia do álbum, realizado no Sesc Pompeia, na capital paulista, contou com a participação de Samuel Rosa.

 

A votação está aberta no site www.dynamite.com.br/premio/ até o dia 15 de junho de 2021. É possível votar não só na banda, mas também em outros artistas das demais categorias. A Cerimônia de Premiação Online acontecerá em junho, no já tradicional palco do evento em suas últimas edições, o Teatro Sérgio Cardoso.

 

Siga Buena Onda Reggae Club: INSTAGRAM / FACEBOOK / YOUTUBE

 

Sobre Buena Onda Reggae Club

 

Surgida em 2016 entre a capital paulista e a Região do Grande ABC, a banda instrumental Buena Onda Reggae Club é, atualmente, um dos nomes mais fortes da cena independente de SP. Formada por integrantes de grandes bandas e projetos do cenário contemporâneo como Nomade Orquestra, Samuca e a Selva, Black Mantra, Jah-Van, Leões de Israel, entre outras, a Buena Onda Reggae Club conta com Kiko Bonato nos teclados, Eduardo Marmo no baixo, Marcos Mossi na guitarra, Felipe Guedes na bateria, Cauê Vieira no saxofone e flauta, Rodrigo Ribeiro no trompete e Victor Fão no trombone.

 

O grupo realiza uma fusão musical, combinando ritmos jamaicanos como ska, reggae, rocksteady e dub com salsa, jazz, afrobeat e a música caribenha e brasileira. O primeiro disco de estúdio, Buena Onda Reggae Club, tem produção musical de Pedro Lobo (Braza) e foi lançado em 2017. O segundo álbum, “Disco 2”, foi lançado em 2020, com produção musical do produtor americano Victor Rice. O show de lançamento contou com a participação do cantor e compositor Samuel Rosa.

 

Buena Onda Reggae Club já passou por dezenas de palcos como Sesc Pompeia, Sesc Paulista, Sesc Araraquara, Sesc Belenzinho, Mundo Pensante, Estúdio Bixiga, Citylights Hostel, Zé Presidente, Casa das Caldeiras, Hangar 110, Bourbon Street, CavePool, Estrella Galícia Estação Rio Verde, Al Janiah, Carioca Club, Casa Azul, Dog Lab, Centro Cultural da Juventude – CCJ, Lar Mar, além de espaços no ABC paulista, no litoral e também no interior do estado. Em 2020, realizou uma série de lives com apoio da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo. Em 2021, foi indicada ao Prêmio Dynamite, um dos mais tradicionais e conceituados prêmios da música independente nacional.

 

Foto: Fabio Ponce

 

 

 

 

 

 

Com informações: Agência Temma