Novo álbum de Ina Forsman é uma paleta de cores, formas e timbres

All There Is aproxima Ina Forsman de nomes como Black Pumas, Andra Day e Joss Stone. Ouça AQUI. Na jornada para encontrar seu verdadeiro eu, Ina descobriu versões de sua própria personalidade. O novo álbum da cantora e compositora finlandesa de 27 anos é como um caleidoscópio com muitas cores, formas, timbres e referências, através do qual a artista nos encanta com sua poderosa voz. Forsman ficou conhecida por aqui por conta das músicas “Now You Want Me Back”, “Devil May Dance Tonight” e “Hanging Loose”, de seu álbum de estreia, de 2018, que fizeram parte de trilhas sonoras de novelas.

 

Uma voz é sempre uma voz. Nenhum outro instrumento no mundo da música pode ser abraçado por um verdadeiro artista tão inequivocamente quanto o canto humano. Se uma voz extraordinária pode assumir diferentes formas e comunicar histórias extraordinárias, então algo especial é garantido. All There Is, o terceiro álbum de estúdio de Ina Forsman é dessas coisas. A própria artista descreve sua arte como cinematic soul, com canções fortemente influenciadas pela música soul dos anos 1960 e 1970 que dão insights indisfarçáveis ​​sobre estágios da mente humana, com enredos e personagens dramáticos pincelados por uma paleta de cores explosivas.

 

No segundo álbum da cantora finlandesa radicada em Berlim, Been Meaning To Tell You (2019), e em seu álbum de estreia homônimo, Ina Forsman (2016), Ina se apresentou como uma intérprete promissora influenciada por seus ídolos. Em All There Is, ela reflete sobre as inquietudes que afligem nosso tempo em uma linguagem soul atmosférica. “Quem sou eu, o que estou fazendo aqui”, ela parece nos perguntar em todas as músicas. “Procuro melodias que sejam tão emotivas e orgânicas quanto possível”, diz Ina. “No novo álbum, pela primeira vez, escrevi tudo sozinha. A pandemia me deixou sem outra opção. Produzi minhas próprias demos, aprendi a tocar piano e até desenvolvi alguns arranjos de metais e backing vocals. Foi um grande desafio para mim escrever todo o material deste álbum, mas ao longo do caminho, finalmente descobri que tipo de música combina comigo”, finaliza.

 

All There Is chega às plataformas de streaming com 10 canções inéditas compostas por Ina Forsman, que também produziu o álbum ao lado de Guy Sternberg e Michael Bleu. O álbum sai pelo prestigiado selo Jazzhaus Records. Na América do Sul o disco sai via LAB 344. Ina Forsman já dividiu o palco com nomes como Toto e Christina Aguilera. Antes da pandemia, a artista havia rodado a Europa durante o ano de 2019, fazendo mais de 100 shows em diferentes cidades e festivais.

 

Crédito foto: Johanna Rontu

 

‘ALL THERE IS’ 

TRACK LISTING

 

Ouça AQUI

 

Love Me

Don’t Lose Today

All There Is

We Could Be Gold Diggers

Poor Heart

One Night In Berlin

Promises

Dive

April Song

Raw Honey

 

INSTAGRAM: https://www.instagram.com/inaforsman

 

FACEBOOK: https://www.facebook.com/InaForsman

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: PRESS LAB 344

#SIGA NO INSTAGRAM
Rocksoulblues no @sesc14bis 

Lançamento do novo álbum do cantor Nasi @oficialnasi 

Vídeo: Jailson /Produção Boomerang Music 

#nasi #rocksoulblues #sesc14bis #boomerangmusic
Hoje (11/04), é aniversário da cantora e compositora Lisa Stanfield @lisajstansfield que completa 58 anos.

#lisastanfield #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (11/04), é aniversário do cantor, compositor e baixista Pit Passarell @oficialpitpassarell da banda Viper @viper_brazil que completa 56 anos.

#pitpassarell #happybirthday #viper #boomerangmusic
Hoje (11/04), é aniversário do cantor e compositor Zeca Baleiro @zbaleiro que completa 58 anos.

#zecabaleiro #happybirthday #MPB #boomerangmusic
Hoje (08/04), é aniversário do cantor e compositor Leoni @leonioficial que completa 63 anos.

Foi integrante da bandas Kid Abelha e Heróis da Resistência.

Sábado e domingo (13 e 14/04), tem show no Sesc Avenida Paulista @sescavpaulista pra comemorar.

#leoni #happybirthday #sescavenidapaulista