O TÃO AGUARDADO NOVO ÁLBUM DO BASTILLE “GIVE ME THE FUTURE”, JÁ ESTÁ DISPONÍVEL

OUÇA “GIVE ME THE FUTURE” AQUI

 

’Give Me The Future’ consegue tudo o que um álbum pop precisa e se destaca como o melhor e mais expansivo trabalho de Bastille.” –  Clash

 

Uma trilha sonora perfeita para a vida após a quarentena”. – NME

 

Um disco pop cintilante… dentro dos ganchos cativantes e imaginativos de Bastille abrangendo a produção e, de repente, o que está por vir não é tão terrível – o futuro é brilhante.” – INDEPENDENT

 

Seu registro mais envolvente, vital e brilhantemente divertido.” – Dork

 

Seu melhor registro desde ‘Bad Blood’.” – GIGWISE

 

O melhor e mais surpreendente álbum de sua carreira até hoje.” – Rolling Stone UK

 

Depois de criar um grande burburinho para sua chegada, o Bastille lança hoje seu tão aguardado novo álbum, “Give Me The Future.

 

Ouça e baixe aqui: https://umusicbrazil.lnk.to/BGiveMeTheFuturePR .

 

A banda preparou a chegada do álbum com seu último single, “Shut Off The Lights”, que já acumula quase cinco milhões de streams globais no Spotify em poucas semanas. Assista ao vídeo oficial de “Shut Off The Lights”: https://youtu.be/RgrndTeoJFA .

 

Para celebrar o álbum, Bastille embarcará na “Give Me The Future Tour” nesta primavera/verão, realizando shows pelo Reino Unido e Estados Unidos. Em setembro, a banda retorna ao Brasil para se apresentar no Palco Mundo do Rock In Rio. Os ingressos da turnê já estão à venda em https://www.bastillebastille.com.

 

Repleto de referências a filmes de ficção científica e literatura, videogames e VR, o novo álbum de Bastille, “Give Me The Future”, explora um país das maravilhas futurista livre de restrições — cada canção traz uma diferente paisagem de sonhos, um lugar onde você pode viajar no tempo, para o passado e para o futuro, para ser qualquer pessoa, fazer qualquer coisa e abraçar uma nova onda de tecnologia, o que nos permite nos perder dentro de nossa imaginação.

 

É um registro que leva a ideia das possibilidades ilimitadas do futuro e viagens por toda parte, desde um passeio no edificante “Thelma + Louise” – uma homenagem ao icônico filme feminista em seu 20º aniversário – até a Nova York dos anos 80, com o artista Keith Haring no brilhante e magnifico “Club 57”, até uma cama de hospital na Austrália para o devastador, mas esperançoso, “No Bad Days”. Você ouvirá basslines de discotecas, orquestras de sintetizadores, guitarras, gospel futurista, sons de naves espaciais, cordas eufóricas, vocoders, talk boxes, um coro de roadies e diferentes beats. A faixa-título, “Give Me The Future”, é um tributo a Phil Collins e The Police, “Shut Off The Lights” é uma carta de amor sônica para “Graceland”, de Paul Simon, e “Stay Awake” é uma homenagem a Daft Punk e Quincy Jones.

 

Tendo coescrito músicas para outros artistas nos últimos anos, pela primeira vez em um álbum da Bastille, a banda abriu a porta para colaboradores. Embora produzida principalmente por Dan Smith e pelo parceiro de produção de longo tempo Mark Crew, a banda também trabalhou com um punhado de compositores e produtores para expandir seu universo musical. “Distorted Light Beam” foi coescrita e produzida com Ryan Tedder (Adele, Paul McCartney, Taylor Swift), que também ajudou na acústica e como produtor executivo do álbum. “Thelma + Louise”, “Stay Awake” e “Back To The Future” foram coescritos com o lendário compositor Rami Yacoub (Britney Spears’ “…Baby One More Time”, o álbum “Chromatica” de Lady Gaga). Eles também trabalharam com os compositores britânicos Jonny Coffer, Plested e Dan Priddy para dar mais vida ao álbum.

 

Também é possível ouvir a voz do premiado ator, músico, escritor, criador, produtor, diretor e ativista Riz Ahmed em uma peça de palavras faladas evocativa e encantadora chamada “Promises”. A peça de Riz é uma reação ao álbum e traz seu tema abrangente em um foco acentuado.

 

Ao longo de seus três álbuns anteriores, Bastille consolidou uma reputação de construir um novo mundo em torno de seus lançamentos, muitas vezes fazendo isso com criatividade inovadora e premiada. “Give Me The Future não é diferente e desta vez é acompanhado por uma gigante tecnologia fictícia, mas familiar, chamada Future Inc., que são os criadores de uma invenção chamada “Futurescape”, um dispositivo que permite aos usuários viverem seus sonhos virtualmente. O dispositivo é preparado através de cada elemento e pode ser visto nos vídeos dos singles anteriores – “Distorted Light Beam”, “Thelma + Louise” e “No Bad Days”. Assista ao Bastille falando sobre a inspiração por trás da Future Inc. AQUI. Recentemente, a banda lançou o site FutureScape Dream Analyser, onde os fãs podem inserir seus sonhos e criar vídeos curtos usando a tecnologia AI. Conheça em https://www.futureinc.world.

 

“Você não prevê o futuro, você o imagina” – Future Inc.


GIVE ME THE FUTURE TRACKLISTING:

 

  1. “Distorted Light Beam”
  2. “Thelma + Louise”
  3. “No Bad Days”
  4. “Brave New World” (Interlude)
  5. “Back To The Future”
  6. “Plug In…”
  7. “Promises” (by Riz Ahmed)
  8. “Shut Off The Lights”
  9. “Stay Awake?”
  10. “Give Me The Future”
  11. “Club 57”
  12. “Total Dissociation” (Interlude)
  13. “Future Holds” (feat. BIM)

 

SOBRE BASTILLE:

 

O quarteto vem experimentando e aumentando o som de Bastille desde o lançamento de seu último álbum, “Doom Days”, apresentado em 2019, conclusão de uma trilogia não oficial. No ano passado, eles lançaram o EP “Goosebumps, com Graham Coxon em “WHAT YOU GONNA DO???” e o produtor Kenny Beats na faixa-título, enquanto continuavam a escrever canções que buscam entender e oferecer uma fuga da condição humana moderna. “Doom Days” recebeu grande aclamação da crítica e alcançou o Top 5 tanto no Reino Unido como nos Estados Unidos, sendo a única banda britânica a ter alcançado este marco nas paradas ao lado de The Beatles e Queen. O disco encontra a banda mais liricamente provocativa, mais realizada e vital e traça o curso de uma noite em busca de distração do apocalipse circundante (soa familiar?). Durante o ano de 2019, o quarteto continuou a consolidar sua reputação como uma das bandas ao vivo mais cativantes do mundo, tendo se apresentado numa extensa turnê de dois meses nos Estados Unidos e no Reino Unido. No início de 2020, o Bastille recebeu sua sexta indicação ao Brit Awards e sua segunda indicação ao prêmio para “Grupo Britânico”. Em janeiro de 2021, o Bastille foi o tema do ReOrchestrated, um documentário que proporcionou um novo olhar revelador e corajosamente honesto sobre a jornada da banda até o momento, emoldurado através de seus shows ReOrquestrados e mergulhando em temas como motivação, ansiedade e síndrome do impostor. Com mais de 11 milhões de discos vendidos, seis singles no Top 40 do Reino Unido e 1,5 bilhões de visualizações de seus vídeos, o Bastille continua a ser uma das bandas com maior número de streams no mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações:  www.universalmusic.com.br

Universal Music Brasil : Departamento de Imprensa e Comunicação / PR