SALEM ILESE LANÇA SEU AGUARDADO EP DE ESTREIA, “(L)ONLY CHILD”

A cantora e compositora norte-americana salem ilese, de apenas 21 anos, acaba de apresentar em todas as plataformas digitais, seu tão aguardado EP de estreia “(L)only Child“.

 

Ouça e baixe aqui: https://umusicbrazil.lnk.to/SILonlyChildPR .

 

Com seis canções, o compilado traz três músicas inéditas, além das já apresentadas “(L)only Child”, faixa que leva o título do EP, “About a Breakup” e “Dinosaurs (S4E7)”.

 

Divulgada na última quarta-feira (19), “Dinosaurs (S4E7)” chegou acompanhada de um videoclipe (https://youtu.be/N4M_O3-C1PQ), dirigido por Jason Lester. O single que traz em seus versos o trecho “será que os dinossauros previram isso?” aborda a mudança climática, a mortalidade e as incertezas gerais da vida. O título da faixa faz referência ao icônico episódio final do programa dos anos 90 “A Família Dinossauros”, que mostra as temidas consequências de maltratar a natureza em favor dos lucros, tema pra lá de relevante atualmente.

 

Recentemente, salem ilese coescreveu[SR1]  a faixa de sucesso “Build a Bitch”, da estrela do TikTok e cantora Bella Poarch. O single já ultrapassou mais de sete milhões de streams e já é considerado um hino do empoderamento feminino, transformando as normas de gênero e quebrando paradigmas.

 

“About a Breakup” é o segundo single de seu mais novo projeto de estreia. Boa parte da construção do novo EP foi feita durante o período de quarentena e isolamento social, via Zoom, o que ela admite ser “um pouco estranho”. O lyric video (https://youtu.be/1ackKyd5fqk) da faixa já bateu mais de 1 milhão de visualizações. Recentemente, ela divulgou em seu canal oficial no YouTube mais um vídeo para “About a Breakup”, diretamente da piscina de sua casa.

 

Assista aqui: https://youtu.be/yLHNZ9VitkU .

 

No final de março, a artista compartilhou em suas redes sociais o primeiro single desta nova era, “(L)only child”, e anunciou para o grande público a chegada do compilado homônimo. A música, que demorou cerca de dois anos para ser finalizada, traz detalhes de sua experiência em ser filha única. O clipe oficial de “(l)only child” já ultrapassa a marca de dois milhões de views. Confira: https://youtu.be/4GAqC-aG2Ic .

 

“‘(L)only Child’ levou cerca de dois anos para ser feita e passei por inúmeras versões no processo. Eu sinto que essa música diz mais sobre mim do que qualquer biografia poderia. Na superfície, ela detalha minhas experiências de ser filha única, mas, na raiz, é sobre a minha aceitação de que tudo o que tenho é que sou eu mesma no final do dia. Ser filha única me ensinou como ser minha melhor amiga”, disse.

 

Com um talento nato para a música, salem ilese foi incentivada pelos pais a fazer aulas de música e apresentaram à então menina nomes como David Bowie e The Beatles. Suas referências musicais foram moldadas por ser pai, que se considera um “ouvinte especialista de música”.

 

“Meu pai gosta de se definir como um ‘ouvinte especialista em música’. Mesmo que ele e minha mãe não sejam musicistas, eles se certificaram de que eu ouvisse os grandes artistas. Escutar muito Bowie teve uma grande influência em mim, porque eu amo música pop, mas meu gosto sempre vai variando também”, dispara.

 

Dona do hit viral “Mad At Disney”, que já acumula mais de 174 milhões de streams no Spotify e ficou mais de 15 semanas no Today’s Top Hits da plataforma, salem desvendou, com a faixa, os estereótipos nocivos da Disney sobre as mulheres. Com seu novo EP, “(L)only Child”, a cantora norte-americana reúne músicas que exploram o eletropop e letras que abordam o amadurecimento, autoaceitação e questões sociais.

 

 

 

 

 

Com informações: www.universalmusic.com.br

Universal Music Brasil : Departamento de Imprensa e Comunicação / PR