Selo Sesc recupera gravação inédita de Zélia Duncan e entrevista com Zuza Homem de Mello pelo projeto Relicário

Álbum digital Relicário: Zélia Duncan (ao vivo no Sesc 1997) será lançado com exclusividade na plataforma Sesc Digital, dia 6 de junho

 

Show fazia parte do projeto “Ouvindo Estrelas” comandado pelo pesquisador musical Zuza Homem de Mello

 

Zélia Duncan em show realizado em 1997 no Sesc Pompeia | Crédito: Acervo Sesc Audiovisual/ Nilton Silva

 

São Paulo, maio de 2023 – No dia 6 de junho, o Selo Sesc apresenta o segundo lançamento do projeto Relicário: o álbum Zélia Duncan (ao vivo no Sesc 1997), disponível com exclusividade na plataforma Sesc Digital. O show era parte da série de entrevistas “Ouvindo Estrelas”, comandada pelo jornalista e pesquisador musical Zuza Homem de Mello, seguido de uma apresentação com os grandes sucessos e interpretações da artista.

 

Carioca, mas vivendo boa parte da juventude em Brasília, Zélia Duncan já acumula mais de 40 anos de carreira, sendo um dos principais nomes da música brasileira. Em julho de 1997, quando subia ao palco do Sesc Pompeia, Zélia estava em seu terceiro álbum, “Intimidade”, e já havia conquistado o público com a clássica “Catedral”, um dos seus maiores sucessos. A canção também é um grande marco da relação da artista com o Sesc Pompeia, pois foi nesse palco, no mesmo ano do lançamento da música em 1994, que Zélia Duncan ouviu o público cantar com ela uma de suas próprias composições. Três anos depois, já com a carreira consolidada, após retornar de um show no Central Park, em Nova York, uma miniturnê na Europa e conquistar um Disco de Ouro pelas 100 mil cópias vendidas por “Intimidade”, Zélia voltou ao mesmo palco para um papo divertido com Zuza Homem de Mello.

 

Zuza Homem de Mello

 

Referência no mundo da música, Zuza foi um grande pesquisador, jornalista, curador, diretor de shows e produtor musical. Falecido em 2020, aos 87 anos, Zuza Homem de Mello sempre foi apaixonado por música, com passagem pela Juilliard School of Music, de New York, e School of Jazz, em Londres, grandes centros musicais do mundo. Sua história se confunde com a da música popular brasileira, estando presente em grandes momentos e testemunhando o surgimento de nomes que iriam revolucionar o cenário nacional, como João Gilberto, Os Mutantes, toda a tropicália, entre outros.

 

Entre seus grandes trabalhos, está o projeto “Ouvindo Estrelas”, um talk show apresentado no Sesc Pompeia entre 1994 e 1997, onde recebeu artistas como Maria Bethânia, Ivan Lins, João Bosco, Gal Costa e Gilberto Gil, além da própria Zélia Duncan. Em mais um trabalho de resgate histórico, o Selo Sesc apresenta ao público, 26 anos depois, o animado papo entre Zuza e Zélia, em que a artista compartilha histórias do seu início de carreira. O álbum Zélia Duncan (ao vivo no Sesc 1997) também é uma homenagem a essa grande figura da cultura nacional.

 

“Eu estava no meu momento, a gravação que estamos lançando juntos é um documento lindo, para mim, também da minha cumplicidade com essa plateia que abriu para mim ouvidos e coração”, conta Zélia Duncan.  “Lembro a minha entrada, daquele zumbido bom no ouvido, quando o público quer mostrar que te ama. Lembro o abraço no Zuza, lembro do quanto eu estava feliz”, recorda a cantora.

 

No show de 1997, recuperado pelo Selo Sesc, Zélia Duncan apresenta um repertório baseado nos discos “Zélia Duncan” (1994) e “Intimidade” (1996), com grandes sucessos como “Catedral”, “Não Vá Ainda”, “Sentidos” e “Nos Lençóis Desse Reggae”, além de grandes interpretações como “Boomerang Blues” e “Quase Sem Querer”, de Renato Russo, “Am I Blue For You” de Joan Armatrading, e um trecho de “A Cidade”, de Chico Science. A cantora foi acompanhada pelos músicos Ezio Filho (baixo e direção musical), Ricardo Brasil (percussão), Wallace Cardia (bateria), Luis Hiroshi (teclados) e Luiz Chaffin (guitarra, violão e bandolim).

 

Bate-papo de lançamento

 

E para celebrar o lançamento de Relicário: Zélia Duncan (ao vivo no Sesc 1997), o pesquisador musical e DJ Zé Pedro conversa com a cantora e compositora Zélia Duncan no mesmo palco de 26 anos atrás, no Sesc Pompeia, dia 6 de junho. A conversa irá traçar um panorama da carreira da artista até os momentos atuais, rememorando também o papo com Zuza Homem de Mello e espetáculo que deu origem a mais um lançamento do projeto Relicário.

 

SOBRE RELICÁRIO

 

O projeto Relicário foi inaugurado em abril com o álbum João Gilberto (ao vivo no Sesc 1998). Este é um projeto do Selo Sesc que tem resgatado os áudios de shows históricos realizados em unidades do Sesc em São Paulo nas décadas de 1970, 1980 e 1990, remasterizados e formatados como álbuns digitais.

 

A série também oferece o contexto histórico de cada registro, através de textos, vídeos, fotografias e material iconográfico com folhetos, cartazes e notícias jornalísticas veiculadas na época, que poderão ser acessados pelo público, de forma gratuita no site sescsp.org.br/relicario

 

Os trabalhos são disponibilizados na plataforma Sesc Digital, que realizou uma adaptação especial para receber materiais em áudio, complementando o catálogo de filmes, cursos e outros 24 mil conteúdos que compõem o serviço sob demanda do Sesc São Paulo.

 

SOBRE O SELO SESC

 

Desde 2004 o Selo Sesc traz a público obras que revelam a diversidade e a amplitude da produção artística brasileira, tanto em obras contemporâneas quanto naquelas que repercutem a memória cultural, estabelecendo diálogos entre a inovação e o histórico. Em catálogo, constam álbuns em formatos físico e digital que vão de registros folclóricos às realizações atuais da música de concerto, passando pelas vertentes da música popular e projetos especiais. Entre as obras audiovisuais em DVD, destacam-se a convergência de linguagens e a abordagem de diferentes aspectos da música, da literatura, da dança e das artes visuais. Os títulos estão disponíveis nas principais plataformas de áudio, Sesc Digital e Lojas Sesc.

 

SOBRE O SESC SÃO PAULO

 

Com 76 anos de atuação, o Sesc – Serviço Social do Comércio conta com uma rede de 40 unidades operacionais no estado de São Paulo e desenvolve ações com o objetivo de promover bem-estar e qualidade de vida aos trabalhadores do comércio, serviços, turismo e para toda a sociedade. Mantido pelos empresários do setor, o Sesc é uma entidade privada que atua nas dimensões físico-esportiva, meio ambiente, saúde, odontologia, turismo social, artes, alimentação e segurança alimentar, inclusão, diversidade e cidadania. As iniciativas da instituição partem das perspectivas cultural e educativa voltadas para todas as faixas etárias, com o objetivo de contribuir para experiências mais duradouras e significativas. São atendidas nas unidades do estado de São Paulo cerca de 30 milhões de pessoas por ano. Hoje, aproximadamente 50 organizações nacionais e internacionais do campo das artes, esportes, cultura, saúde, meio ambiente, turismo, serviço social e direitos humanos contam com representantes do Sesc São Paulo em suas instâncias consultivas e deliberativas. Mais informações, clique aqui.

 

 

Ficha técnica

 

Título: Relicário: Zélia Duncan (ao vivo no Sesc 1997)
20 Faixas

 

Selo Sesc

 

Faixas:


01 – Bate-papo Zuza Homem de Mello

02 – Boomerang Blues

03 – Quase Sem Querer

04 – Lá Vou Eu

05 – Não Vá Ainda

06 – Enquanto Durmo

07 – Tempestade A Cidade (medley)

08 – Am I Blue For You

09 – Não tem Volta

10 – Minha Fé

11 – Coração Na Boca

12 – Sentidos

13 – Experimenta

14 – Vou Tirar Você do Dicionário

15 – Intimidade

16 – Bom Pra Você

17 – Assim Que Eu Gosto

18 – A Diferença

19 – Nos Lençóis Desse Reggae

20 – Catedral

 

SERVIÇO

 

Relicário: Zélia Duncan (ao vivo no Sesc 1997)

Conteúdo: Álbum Digital.

Local: Com exclusividade no Sesc Digital (sescsp.org.br/relicario)

Data: 6 de junho

 

Evento de lançamento

Bate-papo de lançamento com Zélia Duncan e DJ Zé Pedro
Data: 6 de junho, terça-feira, às 20h

 

Local: Sesc Pompeia (Teatro)
Retirada de convites com 2h de antecedência na bilheteria da unidade. Limite de 2 ingressos por pessoa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: Agência Lema

#SIGA NO INSTAGRAM
Hoje (22/06), é aniversário do cantor e compositor Péricles @pericles que completa 55 anos.

Foto 📷  @duzitos 

#pericles #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (22/06), é aniversário da cantora, compositora e atriz Cyndi Lauper @cyndilauper que completa 71 anos.

Logo mais a artista vem ao Brasil para se apresentar no Rock In Rio @rockinrio 

#cyndilauper #boomerangmusic #happybirthday
Em junho de 1986, há exatamente 38 anos atrás era lançado o clássico "Karatê Kid - A Hora da Verdade continua", segundo filme da trilogia.

Também foi um grande sucesso de bilheteria. 

Novamente Pat Morita e Ralph Macchio são os grandes protagonistas nessa nova aventura. 

#karatekidii #38years #boomerangmusic
Em junho de 1984, nos EUA, era lançado o clássico filme "Karatê Kid - A Hora da Verdade".

O filme foi um enorme sucesso no mundo inteiro, principalmente no Brasil. 

No elenco do primeiro filme além de Ralph Macchio @ralph_macchio e Pat Morita @morethanmiyagi, Elisabeth Shue @elisabthshue e William Zabka @william_zabka

#karatekid #40years #boomerangmusic
Hoje (21/06), é aniversário da cantora, compositora e atriz Juliette Lewis @juliettelewis que completa 51 anos.

#juliettelewis #happybirthday #boomerangmusic
Hoje (21/06), é aniversário do Joey Kramer, baterista da banda Aerosmith @aerosmith que completa 74 anos.

#joeykramer #aerosmith #happybirthday #boomerangmusic