Thaysa Pizzolato lança EP de estreia solo e instrumental, “Low Hype Machine”

Tecladista reúne influências de pop com synthwave e eletrônico

 

Após os singles “Runaway” e “Fly Girl Fly”, a instrumentista e produtora musical Thaysa Pizzolato revela o universo completo de seu EP de estreia, “Low Hype Machine”. O primeiro trabalho solo da artista, conhecida por integrar a banda Auri, é uma viagem climática em que as influências de synthwave e retrowave guiam as sensações. O EP está disponível nas principais plataformas de streaming de música.

 

Ouça “Low Hype Machine”: https://smarturl.it/LowHypeMachine

 

Pensado como uma trilha sonora, “Low Hype Machine” constrói uma ambiência atmosférica em que os sintetizadores são condutores para um outro universo. A estética oitentista dos timbres dá um tom moderno, e ao mesmo tempo, nostálgico para essa narrativa e remete a filmes e jogos que dialogam com o “futuro do passado” de antigas ficções científicas.

 

“Escutando todas as músicas, o EP parece ser uma grande trilha sonora, como se cada música abrangesse um cenário ou um trecho de um filme, série, livro ou jogo. Cada música te leva pra um lugar diferente. Tentei explorar bastante isso”, reflete Thaysa.

 

Cada faixa ganha um visual no YouTube ilustrado por imagens de grandes centros urbanos assinados por Enzo Salviato.

 

“Como primeiro projeto, decidi pelo instrumental pela ampla possibilidade criativa. A escolha do estilo foi bem do coração, é o rolê que mais tenho escutado nesse ano. As influências vem muito do retrowave/synthwave, música eletrônica, synthpop e trilhas sonoras. Tentei misturar esses universos e chegar nessa sonoridade retro moderna”, completa Pizzolato, que gravou todo o EP em seu home studio durante a atual pandemia. A mixagem e masterização são assinadas por Bernardo John, que também toca baixo em “Fly Girl Fly”. Já a capa do EP é de Everton Radaell.

 

Capixaba de coração, Thaysa acompanha e trabalha com diversos artistas, de estilos musicais variados, em gravações de estúdio e shows ao vivo. Além de sua banda Auri, ela dividiu palco com projetos como My Magical Glowing Lens, A Transe, Melanina MCs, Gabi Brown, Dan Abranches e Bernardo John. A tecladista é apaixonada por sintetizadores e suas influências se sobressaem nas modulações, experimentações e performance nos palcos.

 

Agora, toda essa vivência ganha forma em “Low Hype Machine”, já disponível para streaming.

 

Ouça “Low Hype Machine”: https://smarturl.it/LowHypeMachine

 

 

Foto por Bernardo John

 

Ficha técnica

 

Gravação e composição: Thaysa Pizzolato

Mix e Master: Bernardo John (Estúdio Mantra)

Capa do EP: Everton Radaell

Convidado: Bernardo John (baixo em Fly Girl Fly)

Vídeos: Enzo Salviato

 

 

Siga Thaysa Pizzolato:

 

https://www.instagram.com/thaysa_pizzolato/

https://www.facebook.com/thaysapizzolatosynth

 

 

 

 

 

Com informações: Nathália Pandeló Corrêa – Build Up Media – http://www.buildupmedia.com.br