Tom Brasil apresenta: Os Paralamas do Sucesso

Uma das mais importantes bandas da história da música brasileira e latina, Os Paralamas do Sucesso, se apresenta no Tom Brasildia 29 de janeiro. Com 38 anos de carreira, 27 discos lançados, dezenas de sucessos e incontáveis shows pelo Brasil e pelo mundo, o grupo segue na estrada, influenciando novas gerações e arrebatando plateias de todas as idades. 

 

Em 2021, o trio formado por Herbert Vianna (guitarra e voz), Bi Ribeiro (baixo) e João Barone (bateria) dá início a um novo espetáculo, “Paralamas Clássicos”, em que olham para a própria história sob o filtro dos sucessos absolutos. No palco junto com eles, estão os três músicos que acompanham a banda há décadas: João Fera (teclados), Monteiro Jr. (saxofone) e Bidu Cordeiro (trombone). 


O trio selecionou 31 faixas que sobrevoam as quase quatro décadas de carreira, numa viagem que começa pelo disco de estreia, “Cinema Mudo” (1983), e passa pelo mais recente álbum, “Sinais do Sim” (2017). O trajeto entre um ponto e outro é a história dos Paralamas contada em forma de música. 


Estão lá, por exemplo, as canções políticas que nos ajudam a entender a história recente do Brasil: “Alagados”, “O Beco”, “Perplexo”, “O Calibre”. Também não faltam músicas que cantam o amor em suas mais diversas facetas, como “Meu Erro”, “Lanterna dos Afogados”, “Aonde Quer Que Eu Vá”, “Seguindo Estrelas”. Fora “Vital”, “Óculos”, “Ela Disse Adeus”, faixas tão peculiares quanto atemporais. 


O repertório estrelado de “Paralamas Clássicos” é também um passeio pela variedade rítmica dos Paralamas, certamente o grupo que mais misturou gêneros musicais no país. É possível ver a influência do rock inglês no começo da carreira (“Fui Eu”, “Mensagem de Amor”), do reggae e do dub (“A Novidade”, “Melô do Marinheiro”), do requinte pop que se destacou na produção dos anos 90 (“Tendo a Lua”, Busca Vida”), o diálogo com a música latina (“TracTrac”, “Lourinha Bombril”)… 


É também a chance de ver três músicos excepcionais que, a despeito da longa lista de serviços prestados, continuam produzindo uma das performances ao vivo mais vigorosas de que se tem notícia. Em “Caleidoscópio”, por exemplo, é impactante ver Herbert Vianna tocando guitarra e dirigindo a canção através de solos com sotaque blues. Vale observar João Barone em “O Beco”, apenas um entre os muitos momentos do show em que sua destreza salta aos olhos. E acompanhar o grave absurdo que sai do baixo de Bi, fazendo a cama sonora do show do início ao fim. 


Muito mais do que um show, “Paralamas Clássicos” é a história de uma paixão que se renova: da banda pelos palcos, do público pela banda, e de ambos pela obra.


Datas: 29 de janeiro (sábado) 

 

Horário da sessão: 22h     

Horário de abertura: 20h  

Local: Tom Brasil     

Endereço: Rua Bragança Paulista, 1281 – Chácara Santo Antônio – São Paulo/SP     

 

Ingressos:  Camarote – R$280,00     

                     Frisa – R$240,00     

                     Cadeira Alta – R$160,00     

                     Setor Vip – R$280,00 

                     Setor 01 – R$220,00

                     Setor 02 – R$160,00 

                     Setor 03 – R$120,00 

 

Informações e vendas:       

Vendas:  https://www.eventim.com.br/   

 

Informações e compra de ingressos:     

 

# BILHETERIAS  – Rua Bragança Paulista, 1281 / Chácara Santo Antônio     

(Horário de atendimento: segunda a sábado, das 10h às 20h e domingos e feriados, das 10h às 18h)     

 

* Em dias de espetáculo a bilheteria terá seu horário estendido em 30 minutos após o início do show, ou o quanto for necessário.     

(Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners);     

 

# COMPRA PELA INTERNET     – www.grupotombrasil.com.br     

 

(Formas de Pagamento:  cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners);     

Compra em ponto-de-venda:  20% do valor do ingresso     

Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei     

Ar Condicionado     

Estacionamento:  Hot Valet (com manobrista)     

Aceitamos dinheiro e cartões de débito e crédito (Visa, Mastercard, Credicard e Diners) Não aceitamos cheque. 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: Miriam Martinez Assessoria de Imprensa