DALI, formada pela dupla Lia Paris e por Daniel Carlomagno, lançam “Alone”

DALI é a dupla formada pela cantora e artista multimídia Lia Paris e pelo compositor e produtor Daniel Carlomagno.

 

Assista “Alone” aqui: https://www.youtube.com/watch?v=tF4btjDhVx4

 

Ouça “Alone” aqui: https://linktr.ee/DALImusic

 

O projeto nasceu naturalmente das canções que a dupla vem criando para filmes e séries; caso de “Stay” que fez parte de “Sessão de Terapia” (GNT, Globo Play). A partir daí surgiu a possibilidade de explorar sonoridades tendo como inspiração e linguagem, a narrativa dos filmes, trazendo para a canção uma experiência cinematográfica.

 

ALONE é o mais novo single de DALI, minimalista em sua construção, Alone é conduzida por uma guitarra envolvente que dança com a voz e frases leves do piano. Assim vai dando asas ao Eu Lírico, tal qual um pássaro em seu vôo incerto à procura de terra firme, até pousar no refrão: uma valsa que emula sutilmente os jazz waltz brasileiros, tais como Chovendo na Roseira de Jobim, entre outros. Numa des-coincidência, a canção que foi escrita bem antes da pandemia, fala de auto-confinamento e solidão, porém de um jeito bem diferente do sentimento de angústia dos dias atuais. Aqui há a constatação de uma solidão original, o tal do “ser ou não ser ” do famoso dramaturgo.

 

É o estar só, que todos nós, inconscientemente ou não, vivemos no dia-a-dia. Ou seja, seria possível um encontro real e pleno entre duas pessoas, mesmo quando juntas fisicamente, ou sempre haverá muito, mas muito mais de nós mesmos nesse encontro?

 

Para o Eu Poético da canção, esta solidão já está bem assimilada e com notas de esperança, até dança uma valsa com seu par (?) como que perguntando: o que é se sentir acompanhado afinal? Muito além das palavras, a música responde: pra cada ouvido, uma resposta.

 

Clique aqui e ouça ALONE: https://linktr.ee/DALImusic

 

 

ALONE (letra)

 

Like a bird flying through the clouds

in a sad gray sky

Alone, alone, alone, alone, alone, alone, alone

I’m so lost searching for a safe ground to land

and ease my mind

Alone, alone, alone, alone, alone, alone, alone

There’s a place in my dreams

a quiet and sunny green field

Where we both in silence

dance and soothe our misery

 

O primeiro single, Shadow, foi gravado ao vivo em estúdio com o som orgânico de um velho piano de armário sob a voz precisa e em close up de Lia, tem os elementos hipnóticos de uma chacona, com sua progressão harmônica descendente que vai loopando e nos arrastando cada vez para o lamento do personagem que parece caminhar numa rua escura, ora aparecendo, ora desaparecendo, oscilando entre as luzes e sombras da noite.

 

CLIQUE e ouça o single SHADOW: https://www.youtube.com/watch?v=pESjNtyOu-s

 

Mini Bio DALI 

 

Lia Paris, cantora, compositora e artista multimídia, já teve parcerias com artistas como Fredo Ortiz (Bestie Boys), Daniel Hunt (Ladytron) e Samuel Rosa (Skank), e agora ao lado de Daniel Carlomagno, autor de hits como“Simples Desejo” gravado por Ney Matogrosso, Gilberto Gil e Luciana Mello com mais de 16M de visualizações, tem o duo DALI. O projeto nasceu da vontade da dupla em explorar sonoridades fora do universo de seus trabalhos solos em canções com conceito cinematográfico, como se fossem sempre trilhas sonoras de histórias.

 

O primeiro single “Shadow”, lançado no final de 2020, mostra a essênciado duo em um arranjo de nada mais além que voz da Lia e piano de Daniel.

 

Lia Paris, cantora, compositora e artista multimídia, após o show de pré-estreia no Rio2C na cidade das artes, lançou seu álbum Multiverso no Auditório Ibirapuera seguido de turnê que passou por importantes casas de show na Europa como Music Box em Lisboa, Casa da Música em Porto, Sonido-Fest em Berlin e Silêncio em Paris, Club concebido por David Lynch). Em outubro de 2019 Lia trouxe para o Brasil quatro prêmios, o de melhor videoclipe e artista revelação internacional pelo LAHFF na BBC Club em Londres, e melhor cinematografia e edição no LABRIFF em Los Angeles.

 

A tour Multiverso abriu em 2020 na The NAMM show em Los Angeles e seguiu com datas pela Califórnia.

 

Ainda no início do ano, o lançamento do álbum MultiVerso no Reino Unido foi marcado pelo show de abertura para a banda Ladytron em Londres na icônica Heaven, palco onde se apresentaram Madonna, Lady Gaga, The Chemical Brothers, Tame Impala, Lilly Allen, Lana Del Rey entre outros.

 

Multiverso apresenta composições que nasceram na estrada ao longo de dois anos em tour com o show multimídia Lva vermelha ( 2016 ). O álbum mantém a abordagem surrealista usual da artista, mas faz pouso em solo

terrestre em uma dimensão pop já anunciada em seu single “Coração Cigano”. Co-produzido por ela, o álbum traz colaborações de grandes produtores, entre eles, Dudu Marote, Ugot, L_Cio e Daniel Hunt. O resultado é um álbum consistente através do fio condutor de suas músicas autorais unindo os tão distintos universos particulares dos demais produtores.

O videoclipe Andaluz, último lançamento da artista, estreou no Drive in do Memorial da América Latina sob curadoria do Cine Belas Artes. Andaluz também fez parte da programação do Burning Man2020. Em setembro de2020 Lia foi a vez de mostrar aos fãs um novo projeto, o do duo DALI, com seu parceiro de composições Daniel Carlomagno, explorando novas sonoridades com o primeiro single da dupla “Shadow”, uma romântica canção em voz e piano. Alone, o segundo single, estará disponível nos canais da dupla a partir do dia 23 de abril.

 

DANIEL CARLOMAGNO é compositor, cantor, produtor e músico multi-instrumentista. São dele alguns sucessos nacionais como “Simples Desejo” e “Assim que se Faz”, gravadas por artistas como Ney Matogrosso, Gilberto Gil, Thiaguinho e Luciana Mello. Possui parcerias com Marcos Valle, Ed Motta, César Camargo Mariano, Renato Teixeira, Daniel Jobim entre outros. Trabalhou em gravações com Milton Nascimento, Jorge Ben Jor, Jair Rodrigues, Nelson Motta, Laura Pausini, Lenine entre outros. Se apresentou no Festival Fiato al Brasile – Itália, Beny Moré International Music Festival – Cuba; Canecão – Rio de Janeiro; Palace – São Paulo, circuito Sesc SP. Com o projeto Artistas Reunidos, ficou em cartaz por 2 anos consecutivos nos palcos tradicionais do Supremo e do Blen-Blen.

 

Daniel gravou 3 álbuns pela lendária gravadora Trama, além de produzir dezenas de álbuns de outros artistas como por exemplo “Assim Que Se Faz” de Luciana Mello que lhe rendeu disco de ouro ou o DVD Renato Teixeira Ao Vivo No Ibirapuera, consagrado pela crítica. Teve várias músicas em trilhas sonoras de telenovelas e séries. Também escreve música para filmes como Luz nas Trevas de Helena Inês e Sganzerla, Pintura Intima – João Grilo (Portugal). Atualmente, criou ao lado de Lia Paris o colab DALI que produz canções para filmes e séries, além de fazer shows ao vivo. A estreia foi a música “Stay” para a série Sessão de Terapia de Selton Mello (Brasil). Atualmente Daniel é membro da diretoria da ABRAMUS, associação de direitos autorais de execução pública. Após o primeiro single, Shadow, DALI lançará o novo single, Alone, dia 23 de abril no Youtube, canal escolhido pela dupla por permitir maior interação e construção de histórias com os fãs e apreciadores.

 

 

 

 

Com informações: Produção Lia Paris