Gustavo Bertoni e Giovanna Moraes divulgam colab inédita com a música “Como Queria Te Deixar Entrar”

Faixa sai pelo slap, selo da Som Livre, e está disponível em todas as plataformas de áudio a partir desta sexta-feira (23)

 

Nesta sexta-feira, dia 23 de abril, chega às plataformas digitais via slap, selo da Som Livre, a parceria inédita de Gustavo Bertoni com Giovanna Moraes. A faixa “Como Queria Te Deixar Entrar” tem produção musical de Lucas Mayer – ouça aqui -, que já havia atuado com Gustavo no lançamento anterior do músico, ” Ricochet “, música dele e do Apeles (Balaclava Records).

 

“Trabalhar com música e conhecer pessoas através dela é algo que me alimenta muito. Gosto da sensação de como os aspectos daquela pessoa vão surgindo na composição e no processo criativo também”, reflete Gustavo. “É um privilégio materializar um encontro de duas pessoas que estão se conhecendo durante um processo artístico. Muitas vezes, o momento da composição com alguém pode ser bem vulnerável, sabe? Acaba sendo muito especial – ainda mais durante os tempos de isolamento – acessar esse calor humano, sentir e entrar em contato com essas emoções todas, que são muito genuínas”, completa o músico.

 

Ele descobriu Giovanna na internet, via redes sociais. “Bateu bem demais, soou orgânico e atemporal”, comenta Gustavo a respeito de seu primeiro contato com o trabalho da cantora paulistana. “Nos seguimos e falamos de vários assuntos, o papo seguiu para essa ideia de fazermos uma parceria. Eu tinha uma melodia em mente e mandei para ela, que por sua vez já começou a trabalhar em cima da letra na hora”.

 

A partir daí, Giovanna e Gustavo foram afinando timbres e ideias e completaram o processo criativo com a entrada de Lucas Mayer na produção. “Buscamos um som orgânico, a partir das nossas afinidades sonoras. Eu e a Giovanna gostamos de coisas do jazz contemporâneo, algo mais experimental. Acho que tem um pouco disso e, ao mesmo tempo, evoca um certo minimalismo do R&B moderno, até um pouco abrasileirado também, se pensarmos na composição e na melodia”, discorre Gustavo, que pela primeira vez canta em português na sua carreira solo .

 

Para Giovanna Moraes, “Como Queria Te Deixar Entrar” se destaca também pelos possíveis caminhos temáticos que a letra oferece a quem a escuta. “Para escrevê-la, ouvi bastante o The Fine Line Between Loneliness and Solitude (slap/2020), disco mais recente do Gustavo. Reparei no universo introspectivo que esse disco construía e fiz um gancho explorando a dúvida, a tentação. Se o Gustavo celebrou o espaço para introspecção e solitude no seu último trabalho, imaginei-o sentindo falta de conectar, de fazer parte, algo ressaltado em todos nós neste período de isolamento. Construí a letra a partir daí, aproveitando que formávamos um dueto e por isso dava para trazer elementos de um jogo de sedução. Adoro!“, complementa.

 

Letrista de mão cheia, ela apresenta esta colab com Gustavo na esteira de seu lançamento mais recente, o álbum III (2021), divulgado via digital no último mês de março.

 

“O trabalho colaborativo traz um desafio maravilhoso. Como artista, você precisa ter uma imersão na perspectiva do outro – sua poética, seu estilo, e estética musical – para então tentar se encaixar junto. Deixa de ser um trabalho só seu, e passa a ser uma dança contendo elementos de cada um. O que aumenta, e muito, o alcance por trás da verdade do trabalho”, celebra Giovanna. “Como Queria Te Deixar Entrar” também teve as participações de Ricardo Wolff e Lucas Mayer na letra e foi gravada no estúdio Da House, em São Paulo (SP).

“Como Queria Te Deixar Entrar” – Gustavo Bertoni e Giovanna Moraes


Lançamento slap/Som Livre – 23 de abril/2021

 

Ficha técnica – “Como Queria Te Deixar Entrar”

 

 Produção Musical: Lucas Mayer
Mixagem: Rodrigo Del Toro
Masterização: Erwin Mass
Gravado no estúdio Da House, São Paulo
Vozes: Gustavo Bertoni e Giovanna Moraes
Bateria e Percussão: Kabe Pinheiro
Sintetizadores e Teclado: Lucas Mayer
Guitarra: Lucas Mayer
Piano: Gustavo Bertoni
Wurlitzer e Hammond: Pedro Kremer
Baixo: Marcelo Brandão
Música: Gustavo Bertoni e Giovanna Moraes
Letra: Giovanna Moraes, Ricardo Wolff e Lucas Mayer
Capa e fotos: Breno Galtier

 

Sobre o slap

 

O slap faz parte da vida de quem busca novas experiências musicais e orgulha-se de, desde 2007, fomentar a cena indie e abrir as portas do mercado para novos artistas. Sua missão é potencializar e empoderar a cena musical independente do país, incentivando o midstream e fazendo com que novos sons, originais e arrojados, cheguem a cada vez mais pessoas. O slap carrega em sua história grandes lançamentos de nomes como Maria Gadú e Scalene. Seus representantes têm todos a autenticidade como característica, e entre eles estão Céu, Luthuly, Marcelo Jeneci, Maria Gadú, Gustavo Bertoni e Scalene.

 

@slapmusica

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: Assessoria de comunicação Som Livre – InPress Porter Novelli