João Suplicy lança o primeiro volume do projeto “Samblues”

O EP “Samblues, Vol. 1” chega às plataformas digitais

 

Chega às plataformas digitais nesta sexta-feira (29), “Samblues, Vol. 1”, novo EP de João Suplicy. O primeiro EP do projeto “Samblues” traz 6 poderosas faixas, que afirmam a contundência da proposta do artista em promover, de diversas formas, o encontro entre esses dois gêneros tão simbólicos como o samba e o blues.

 

Ouça “Samblues, Vol. 1”

 

Embora ambos tenham sua origem como consequência da diáspora africana, são dois estilos bem distintos musicalmente, além de servirem de matrizes para grande parte da música popular feita, desde então, em seus respectivos campos.

 

 

Parte dessas diferenças entre os estilos é abordada na faixa autoral “Lágrimas de um Blues”, com participação de Leci Brandão, numa reflexão sobre a ausência do batuque no gênero norte-americano, enquanto a envolvente “Quando A Bahia Se Mudou Pra Lá” (parceria com Mombaça), fala da origem do samba e dos seus infinitos desdobramentos.

 

Através do seu peculiar violão, por vezes distorcido, onde mescla influências tanto do afro-samba e da bossa-nova, como do blues e do rock, João promove essa fusão de forma instigante, em faixas como a instrumental “Sambluseando”, onde ele dialoga com o Vitor da Candelária que, por sua vez, traz a sonoridade de uma escola de samba, ou em sua versão apenas de voz e violão de  “As Rosas Não Falam” (Cartola).

 

“Mulher” traz um tema muito presente em ambos os estilos, que é a dor de um amor não correspondido. Composta originalmente como um blues, a faixa ganha uma levada de violão de bossa-nova e um arranjo envolvente de Pepe Cisneiros, que também se destaca ao piano. O violão distorcido de João potencializa ainda mais a dramaticidade da canção. Não por acaso, o EP começa com a introspectiva “O Tambor”, que fala da presença deste no nosso inconsciente coletivo e nas nossas sensações mais primárias.

 

O novo EP de João Suplicy, “Samblues, Vol. 1”, chega às plataformas digitais via ONErpm e o vídeo da faixa “Quando A Bahia Se Mudou Pra Lá” está disponível no YouTube.

 

Assista “Quando A Bahia Se Mudou Pra Lá”

 

Sobre a ONErpm: Considerada uma potência na redefinição da nova indústria da música, a desenvolvedora ONErpm é uma das empresas do ramo que mais crescem no mercado global. Com mais de 3 mil canais do YouTube que geram coletivamente mais de 8,5 bilhões de views por mês, a ONErpm é também a maior network de música da América Latina e uma das maiores do mundo.

 

Com escritórios e estúdios em Nova York, Nashville, Miami, Atlanta, Los Angeles, São Francisco, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Lima, Santiago do Chile, Buenos Aires, Bogotá, Cidade do México, Kingston, Madrid, Kiev, Abuja e Moscou, a ONErpm ocupa um espaço único entre gravadora tradicional e distribuidora, aproveitando da sua tecnologia própria, análise de dados e time especializado de marketing e promoção, a empresa consegue fornecer, de forma única, soluções de negócios com suporte local e alcance global para mais de mais de 250.000 artistas, selos e criadores de vídeos em todo o mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: MATEUS ALÉO – ONErpm